Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 40 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




O CRISTO DA CRUZ

THE CHRIST OF THE CROSS
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Dia do Senhor de manhã, 20 de Outubro, 2013
A sermon preached on Lord’s Day Morning, October 20, 2013
at the Baptist Tabernacle of Los Angeles

“Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:1-3).


Isto é a afirmação conciso e claro de Apóstolo Paulo sobreo Evangelho Cristiano. A palavra “evangelho” simplesmente significa “boas notícias.” Paulo disse para igreja em Corintos que ele teve pregado para eles as boas notícias do Evangelho. Ele disse que eles foram salvos pelo Evangelho, se não que eles teve uma conversão falsa, “se não é que crestes em vão” (I Coríntios 15:2). Então ele repetiu a boa notícia que ele teve comunicado à eles. O Evangelho teve três pontos simples: (1) “Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras.” (2) “E que foi sepultado.” (3) “E que ressuscitou no terceiro dia, segundo as Escrituras.” Isto é o Evangelho. Isto é a boa notícia que verdadeiros pregadores têm proclamado transversalmente em séculos de tempo. Quando eu fui ordenado, meu certificado de ordenação disse que eu fui ordenado para “o Ministério de Evangelho.” Isto significa que eu fui apontado ou separado primeiramente para pregar o Evangelho. O meu dever principal em “Ministério de Evangelho” é de proclamar a boa notícia de morte de Cristo, enterro e ressurreição. Isto é a razão que cada pastor foi chamado, ordenado, e separado para fazer. E Paulo disse, “vos notifico…o evangelho que já vos tenho anunciado” (I Coríntios 15:1). Mas eu devo dizer várias coisas sobre a chamada para pregar o Evangelho.

I. Primeiro, muitos pastores hoje fazem outras coisas exceto o Evangelho ser o centro de sua pregação.

Existe aqueles que pregram sobre política. Sermões deles são baseados em qualquer que está acontecendo no mundo de política. Pregadores como estes raramente enfatizam salvação porque eles não pensam que isto é necessário. Eles são simplesmente políticos. Anos atrás, na igreja Chinesa aonde eu era um membro, existia um jovem quem pensou que Dr. Lin deveria pregar contra a Guerra de Vietnã. Finalmente ele saiu e levou vários jovens com ele. Eles andaram na All Saints Episcopal Church em Pasadena, um subúrbio de Los Angeles. Esta igreja foi considerada bastante moderna. O pastor, Dr. George Regas, pregou quase todo Domingo contra a guerra em Vietnã e outros sujeitos de política. Mas depois de um tempo estes jovens de nossa igreja ficaram cansados de conversa política. Finalmente, todos eles saíram de esta igreja e foram de volta ao mundo. Em meu conhecimento nenhum deles vão para igreja agora. Isto tem sido o caso em todos os tão chamados denominações “principais.” Pregação de política ala esquerda não segura as pessoas. Cada um das igrejas principais têm perdido centenas de mil, e até milhões, de membros nas últimas décadas, largamente porque sermões deles são baseados em política e interesses sociais.

Então existe aqueles quem enfoca sua pregação em psicologia. Seus sermões de ajuda-própria são como aqueles de Robert Schuller e Joel Osteen. Eles tiram um versículo de Bíblia algumas vezes, mas maioria de sermões deles não são centralizados em Bíblia. Como Oprah Winfrey e Dr. Drew na TV, o tópico de pregação deles é como sentir bem e ser bem sucedido. Terça-feira passada eu conversei com uma enfermeira de Católica Romana quem atende Missa todo Domingo e também assiste Joel Osteen na TV. Ela é uma enfermeira Filipina quem trabalha num hospital aonde eu tive feito um procedimento pequeno. Ela tinha uma expressão triste no rosto cada vez eu olhava para ela. Eu contei algumas piadas, mas eu não consegui fazer ela sorrir. Quando eu finalmente perguentei ela sobre a religião dela, ela me disse que ela ia para Missa, e também assistia Joel Osteen todo Domingo, porque ele ensina ela como ser feliz! Pregadores como este fazem pessoas sentir bem, mas tem pouco impacto em seus vidas pessoais, e certamente pouco ou nada de salvação em suas almas eternas!

Terceiramente, existe aqueles quem ensina Bíblia versículo por versículo. Desde que a Bíblia tem bastante sujeitos, estes homens estão sempre pulando ao redor, de uma idéia para outro, em seus sermões. Maioria dos pastores conservadores fazem este tipo de pregação hoje. Mas isto é largamete fútil. Isto é quase sempre chieo de bastante pensamentos e idéias que não muda vida de pessoas. Meu associado, Dr. Cagan, atendeu a igreja de Dr. John MacArthur por vários meses, antes de sua conversão. Dr. MacArthur deu exposições interessantes, mas Dr. Cagan não foi motivado de buscar salvação. Ele veio e saiu de esta igreja sem ser salvo, ainda que ele teve de um modo interesse forte em ser um Cristão. A tema general que é exercido através de versículo por versículo nas igrejas está a idéia que estudo de Bíblia é o propósito de pregação. A Bíblia em si é central, ao invés de Cristo de Bíblia. Isto é chamado ¬Sandemanianismo. Muitas pessoas em este tipo de igrejas crescem frio, mas sábios, como Fariseus de antigo.

Finalmente, existe aqueles quem enfocam em “adoração.” Isto leva batante deformação e virada estranha. Um amigo pastor e eu fomos testemunha ocular à um ultrajante culto de “adoração” aonde pessoas urraram como leões, arranhando um a outro, enquanto outros gritavam e rolavam no chão como endemoninhados. Em outro culto de “adoração” minha esposa e meninos e eu assistimos pessoas literalmente adorando ídolos enquanto eles risavam e prostravam eles mesmo no chão. Nós sentimos como fora de lugar se nós tivemos sido em um hospício! Em outro lugar, em uma faculdade Cristiana, eu vi meninas dançando como prostitutas enquanto chamas vermelhas saíam desde máquinas, e a música estava aturdido. Outro, menos gritante culto de “adoração” é feito de uma hora de um coral cantando e cantando até pessoas parecer que estvam quase hipnotizados. Em estes cultos existe pouco tempo sobrado por qualquer pregação real. Desnecessário dizer, Cristo não tem a preeminência nos sermões em estas igrejas!

E o “Cristo” que é demais frequentemente falado em estes cultos não é Cristo real de jeito nenhum. O objetivo de Cristo de Evangelho é transformado em um sentimento pessoal de um. Em seu livro penetrante, Christless Christianity, Dr. Michael Horton disse,

     Até que nós talvez conversamos sobre relação pessoal com Deus através de Jesus Cristo, atualmente não parece ter tanta relação, exceto com si memso…Jesus realmente torna meu ego modificado (Michael Horton, Ph.D., Baker Books, 2008, p. 43).

Um homem jovem que eu conheci recentemente me disse, “Eu não preciso de Bíbia ou a igreja. Eu tenho relação pessoal com Cristo, e isto é tudo que eu preciso.” Bastante de pregação de hoje produz pessoas assim, quem acredita que seus pensamentos e sentimentos próprio são Cristo. Isto é outro Jesus! Isto é Cristo falso! Isto não é o Evangelho que Paulo falou em nosso texto! Este tipo de pensamento, e outras idéias falsas, vem desde bastante pastores fazendo algo se não que o Evangelho seja centro de seus pregação. O Apóstolo Paulo falou de “outro evangelho que não abraçastes” (II Coríntios 11:40). Tudo que eu tenho falado em este ponto é centralizado em “outro evangelho.” Paulo disse em nosso texto,

“Primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:3).

Isto é o Evangelho!

II. Segundo, o centro de Evangelho é a cruz de Cristo.

Em todo tipos de pregação eu tenho mencionado até agora, a cruz de Cristo não está no centro – não a coisa principal – não a fundação de Cristianismo. Dr. W. A. Criswell disse,

     Tirando a morte de Cristo desde a…mensagem e não tem nada. O pregador não possui mais a “boa notícia,” o evangelho de perdão de nossos pecados…O qual estes…tipos de Cristianismo é o Cristianismo de Novo Testamento? De modo indubitável isto é o Cristianismo de cruz. (W. A. Criswell, Ph.D., In Defense of the Faith, Zondervan Publishing House, 1967, p. 67).

O Apóstolo Paulo disse,

“Longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo” (Galátas 6:14).

“Cristo morreu por nossos pecados.” Isto foi o sujeito principal de pregação de Paulo. Em fato, ele disse para a igreja em Corintos, “nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado” (I Coríntios 2:2). Se isto é o Cristianismo de Bíblia, isto é o Cristianismo de cruz. Grande Spurgeon, “o príncipe de pregadores,” disse, “O coração do Evangelho é redenção, e a essência de redenção é o sacrifício substituto de Cristo na cruz.”

Hoje muitas igrejas usa o símbolo de uma pomba para representar seus fé. Para mim isto é um erro. A pomba representa o Espírito Santo. Mas o Espírito Santo não é a pessoa central da Trinidade na mensagem do Evangelho. Em capítulo dezesseis de João, Jesus disse que o Espírito Santo “não falará de si mesmo” (João 16:13). De novo, Jesus disse, “Ele me glorificará” (João 16:14). A obra de Espírito Santo não é atrair atenção à si mesmo, mas de preferência trazer gloria para Cristo. Então a igreja o qual mensagem central está focalizado no Espírito Santo não é uma verdadeira igreja Bíblica. O Apóstolo Paulo disse que Cristo deve ter a preeminência em todo nosso ministério e em toda nossa pregação. Ele disse que Cristo

“…é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência [que em tudo ele tenha a supremacia]. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse…havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz” (Colossenses 1:18-20).

Nós temos perdão por pecado, e paz com Deus, “pelo sangue da sua cruz” – e somente pelo Sangue de Cristo na cruz!

Você tem ido para Jesus pelo poder desinfetizante?
   Você está purificado em sangue do Cordeiro?
Você está completamente confiando em Sua graça esta hora?
   Você está purificado em sangue do Cordeiro?
Você está purificado, em sangue do Cordeiro que lima a alma?
   Seu vestido está sem manchas? Está branco como neve?
Você está purificado em sangue do Cordeiro?
      (“Are You Washed in the Blood?” por Elisha A. Hoffman, 1839-1929).

Oh! precioso é a corrente
   Que faz me branco como a neve:
Não conheço outra fonte,
   Senão o sangue de Jesus.
(“Nothing But the Blood” por Robert Lowry, 1826-1899).

“Primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados…” (I Coríntios 15:3).

Dr. Criswell disse,

     O que ele queria dizer pelas palavras “primeiramente”? Sua referência não tinha muito que fazer com tempo como com a importância… A doutrina de expiação representativo de nossos pecados pela morte de Cristo [em lugar de pecador] é a pedra angular de graça, o centro de Evangelho. Nenhuma outra verdade situa tão alto…Todas as grandes doutrinas de Santa Escritura direciona à cruz.
     Um crítico uma vez disse para Charles Haddon Spurgeon, “Todos os seus sermões soam parecidos,” o qual mundialmente popular pregador de London respondeu, “Sim, eu levo meu texto qualquer lugar na Bíblia e faço um linha reta à cruz.” Não existe perdão sem expiação; não existe remissão sem derrame de sangue; não existe reconciliação sem o pagamento de dívida…
     A pregação de morte expiatório de Cristo é o distintivo, doutrina determinante de Novo Testamento. Isto diferencia nossa fé desde toda outra religião. A mensagem Cristiana é de forma distintiva uma de redenção. Seu propósito fundamental é para recuperar homem desde o cativeiro e julgameto de pecado…Isto é primeiro e acima de tudo um Evangelho de redenção, um anúncio de boas notícias que Deus tem perdoado-nos pela causa de Cristo (W. A. Criswell, Ph.D., In Defense of the Faith, ibid,. pp. 68-70).

III. Terceiro, o Cristo da cruz salva-nos de nossos pecados.

Os Muçulmanos acreditam em Jesus – de certa forma. Eles chamam Ele de “Isa.” O Corão até diz que Ele foi nascido de uma virgem. Até diz que Ele ascendeu de volta para Céus. Algumas pessoas tolas pensam que isto é suficiente. Mas centenas de jovens no mundo Muçulmano estão afastando-se desde “Isa” Jesus de Corão. Mais deles estão voltando para Jesus de Bíblia hoje que qualquer outro tempo no passado. Eles quase sempre atravessam perseguição e sofrimento para crer o Jesus de Cristianismo. Por quê eles sofrem, até passando por torturas, para crer nosso Jesus? Eu vou dizer porque! O Jesus de Corão não morreu na cruz para pagar por nossos pecados – é por isso! O Corão diz que Ele não morreu na cruz para salvar-nos! Mas o Corão não diz para eles como ser perdoado de pecado deles. O Corão diz para eles fazer bom, e para obedecer as regras, mas não diz para eles como ser perdoados e ser aceitados como uma criança de Deus. O Corão não consegue dizer isto para eles, porque o Corão nega que Jesus morreu na cruz! Eles sofrem grande perseguição para acreditar em nosso Jesus porque Ele somente dá para eles paz com Deus, “Havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz” (Colossenses 1:20).

Você iria passar por perseguição para crer o Cristo da cruz? Você iria arriscar sua vida para encontrar paz com Deus “pelo sangue da cruz”? Eles fazem. Eles fazem todos os dias. Você iria passar pelo fogo de ódio Muçulmano para encontrar perdão por seus pecados através de Sangue que o Cristo derramou para salvar você na cruz? Eles fazem. Eles fazem todos os dias.

Algum tempo atrás na revista de Pastor Wurmbrand, eu vi o rosto de uma menina jovem Muçulmana da Indonésia. Eles botaram ácido no rosto dela quando ela creu Jesus. Rosto dela estava horrível, quase além de descrição. Mas ela estava sorrindo. Eles dizeram que ela sorria todo o tempo. Ela sentiu que isso foi valoroso perder rosto dela para ganhar a cruz de Cristo! Por quê? Porque,

“Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:3).

Meu pecado – oh, a felicidade de este pensamento glorioso,
   Meu pecado, não em parte, mas completamente –
Está pregado à cruz e eu não sustento mais,
   Glória ao Senhor, glória ao Senhor, O minha alma!
(“It Is Well With My Soul” por H. G. Spafford, 1828-1888).

Sim, Cristo ascendeu de volta para Céus. Mas o Corão diz isto! Se você tem a ascenção de Jesus de volta para Céus sem a cruz – você não tem a salvação. Você ¬deve ter a cruz! Porque foi na cruz que Jesus pagou o preço por seus pecados. Sem a cruz não existe o pagamento por pecado, e sem paz com Deus. Somente o Cristo da cruz pode salvar você desde pecado! Somente o Cristo da cruz derramou Seu Sangue santo para limpar você de todo pecado. Sim,

“Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:3).

Milhões de mártir e santos têm dito, “eu darei a mim mesmo por o Cristo da cruz! Eu darei minhas mãos e meus pés por o Cristo da cruz! Eu darei meu corpo para as feras selvagens por o Cristo da cruz! Eu darei minha vida inteira por o Cristo da cruz!”

Eles encontraram aço brandido de tirano,
A juba sangrento de leão;
Eles agacharam suas cabeças para sentir a morte:
Quem seguirá em seus treinamento?
(“The Son of God Goes Forth to War” por Reginald Heber, 1783-1826).

Eles dizeram que isto foi bem merecido e mais para ter seus pecados perdoados e limpados pelo Cristo da cruz.

Você receberá Cristo? Você irá crer Ele agora, em esta manhã? Você irá dizer com Dr. Watts, “Aqui, Senhor, eu entrego a mim mesmo, ‘Até tudo que eu posso fazer”? Você diz, “eu estou pronto para dar a mim mesmo para o Cristo da cruz, quem morreu para salvar me desde meus pecados.” Então deixe seu asento e ande para atrás de auditório. Dr. Cagan levará você para outro quarto aonde você possa consagrar sua vida à Ele quem morreu para salvar você de seus pecados. Vá gora para atrás de auditório. Dr. Chan, por favor ore que alguém irá crer o Cristo da cruz esta manhã. Amém.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana no Internete
em www.realconversion.com ou www.rlhsermons.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Você pode mandar correio eletrônico para Dr. Hymers em Inglês rlhymersjr@sbcglobal.net
– ou você pode escrever para ele a P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015.
Ou liga ele para (818)352-0452.

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos pelos direitos autorais. Você pode usar
eles sem permissão de Dr. Hymers. Porém, todos os messagens de video de Dr. Hymers
estão protegidos e pode somente ser usados por permissão.

Escritura Lido Antes de Sermão por Mr. Abel Prudhomme: I Coríntios 15:1-4.
Solo Cantado Antes de Sermão por Mr. Benjamin Kincaid Griffith:
“The Old Rugged Cross” (por George Bennard, 1873-1958).


PLANO DE

O CRISTO DA CRUZ

THE CHRIST OF THE CROSS

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

“Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:1-3).

I. Primeiro, muitos pastores hoje fazem outras coisas exceto o
Evangelho ser o centro de sua pregação, II Coríntios 11:4.

II. Segundo, o centro de Evangelho é a cruz de Cristo, Gálatas 6:14;
I Coríntios 2:2; João 16:13, 14; Colossenses 1:18-20.

III. Terceiro, o Cristo da cruz salva-nos de nossos pecados,
Colossenses 1:20.