Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 40 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




AFLICÃO, AÇOITES, VERGONHA E CUSPES

THE SMITING, PLUCKING, SHAME AND SPITTING
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Noite do Dia do Senhor, 25 de Março de 2018
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Evening, March 28, 2018

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50: 6).


Esta é a terceira das passagens sobre o Servo em Isaías que tão perfeitamente profetizaram os sofrimentos de Cristo. Foi a este texto, entre outros, que Jesus fez referência quando disse aos seus discípulos,

“Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do Homem tudo o que pelos profetas foi escrito. Pois há de ser entregue aos gentios e escarnecido, injuriado e cuspido; e, havendo-o açoitado, o matarão; e, ao terceiro dia, ressuscitará.” (Lucas 18:31-33).

A notável profecia de Isaías 50:6 não pode se referir a ninguém além de Jesus. Foi literalmente cumprida pelo Senhor Jesus Cristo.

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50: 6).

Eu trarei três grandes verdades deste texto hoje à noite.

I. Primeiro, Jesus “entregou-se” a essas torturas!

O Dr. Strong (número 5414) nos diz que a palavra hebraica “nâthan” significa “dar”. De fato, Jesus “deu” Suas costas aos feridores. Ele "deu" sua face aos que lhe arrancavam os cabelos. Ele “deu” seu rosto aos que o “afrontaram e cuspiram”. Jesus disse:

“Dou a minha vida… Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou” (João 10: 17-18).

Novamente, no Jardim do Getsêmani, quando vieram prendê-lo, Jesus disse a Pedro:

“Pensas tu que eu não poderia, agora, orar a meu Pai e que ele não me daria mais de doze legiões de anjos? Com, pois, se cumpririam as escrituras, que dizem que assim convém que aconteça?” (Mateus 26: 53-54).

Mesmo quando os soldados vieram para prendê-lo, Jesus poderia ter chamado 72.000 anjos para impedi-los. Mas ele deliberadamente se recusou a fazê-lo. Sim, o Salvador “deu” Suas costas, Sua faces e Seu rosto aos que o “açoitaram”. Ele “entregou-se a si mesmo àqueles sofrimentos para cumprir o Seu propósito de vir a esta terra, salvar Seu povo, redimir todos os que vierem a ele. Ele:

“Deu a si mesmo em preço de redenção por todos” (I Timóteo 2: 6).

Ele:

“Deu-se a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau” (Gálatas 1:4)

Ele:

“Deu-se a Si mesmo por nós, para nos remir de toda a iniquidade” (Tito 2:14).

Ele disse:

“Dou a minha vida…Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou” (João 10:17-18).

Ele entregou-se para ser torturado, envergonhado e crucificado porque Ele ama você! Ele disse:

“Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos” (João 15:13).

Jesus desceu do trono do Céu para esse propósito: entregar Sua vida à essas torturas e à essa vergonha para podermos viver! Oh, que pensamento! Ele diz: “As costas dou aos que me ferem porque eu amo você. Eu dei minha face aos que arrancam os cabelos porque eu sabia que essa era a única maneira pela qual eu poderia resgatá-lo. Eu dei a meu rosto aos que me afrontam e cospem para salvar o seu rosto da vergonha no Juízo Final! ”Ele entregou sua vida a aqueles horrores porque Ele o ama e é seu amigo! “Jesus é o amigo dos pecadores!” Fique em pé e cante!

Jesus é amigo dos pecadores,
   Amigo dos pecadores, amigo dos pecadores
Jesus é amigo dos pecadores,
   Ele pode te salvar!
(Tradução livre de “Jesus is the Friend of Sinners,”
       por John W. Peterson, 1921-2006).

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50:6).

II. Segundo, Jesus “entregou-se à essas torturas para curar sua alma do pecado!

Ele deu [Suas] costas aos que o feriram.” Pense nisso seriamente! A Biblia diz:

“Pilatos , pois, tomou a Jesus e o açoitou” (João 19:1).

Spurgeon disse:

Pilatos, o governador, o entregou ao cruel processo de flagelação ... o chicote ... era feito de tiras de couro de bois ... nele eram prendidos ossos de ovelhas, com lascas, a fim de que todo golpe pudesse rasgar a pobre carne trêmula, que era mutilada pelos seus terríveis golpes. A flagelação era um castigo tão grande que era geralmente considerado pior do que a própria morte e, de fato, muitos pereciam enquanto sofriam flagelação, ou logo após. Nosso abençoado Redentor deu as costas aos que o feriram, e [eles] nelas causaram profundas [feridas]. Ó miserável espetáculo! Como podemos suportar para ele olhar? (traduzido de C. H. Spurgeon, “The Shame and Spitting,” The Metropolitan Tabernacle Pulpit, Pilgrim Publications, Peregrino Publicações, 1972 reimpressão, volume XXV, p. 422).

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50:6).

Por que tu deste as costas aos que te feriram, Jesus? Mais uma vez, é Isaías quem nos dá a resposta:

“pelas Suas pisaduras fomos sarados” (Isaías 53:5).

Pelas “feridas” de Suas costas, nossas almas são curadas do pecado! O apóstolo Pedro deixou isso muito claro quando disse:

“Levando Ele mesmo em Seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados” (I Pedro 2:24).

Nossas almas, que são mutiladas e arruinadas pelo pecado, podem ser curadas pelas feridas que Jesus carregou! Grandes multidões vieram a Ele enquanto estava no Mar de Tiberíades, “e Ele curou a todos”

“E Ele curou a todos” (Mateus 12:15).

Ele os curou, e pode curar seu coração pecaminoso, embora ele seja “desesperadamente mau”, (Jeremias 17: 9). Charles Wesley, em seu grande hino de Natal “Eis dos Anjos a Harmonia”, disse que Cristo “ressuscitou e vida traz ... Nasce, a fim de renascermos, vive para revivermos”. Venha a Jesus e as feridas do pecado em sua alma serão curadas por Suas feridas, e você nascerá de novo!

III Terceiro, Jesus “entregou-se a essas torturas como um substituto para você, pecador!

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50: 6).

Nada poderia ser mais claro do que isso:

“He was wounded for our transgressions, he was bruised for our iniquities: the chastisement of our peace was upon him; and with his stripes we are healed. All we like sheep have gone astray; we have turned every one to his own way; and the Lord hath laid on him the iniquity of us all” (Isaiah 53:5-6).

“Ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo que nos traz à paz estava sobre ele; e pelas Suas pisaduras fomos sarados. Todos nós, andamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre Ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53: 5-6)

.

Jesus passou por todas essas torturas em seu lugar, para salvá-lo das torturas do Inferno!

“Então cuspiram-lhe no rosto e lhe davam murros, e outros O esbofeteavam” (Mateus 26:67).

“E alguns começaram a cuspir nele, e a cobrir-lhe o rosto, e a dar-lhe punhadas a dizer-lhe: Profetiza, e os servidores davam-lhe bofetadas” (Marcos 14:65).

“E cuspindo nele, tiraram-lhe a cana e batiam-lhe com ela na cabeça” (Mateus 27:30).

“E feriram-no na cabeça com uma cana e cuspiram nele e, postos de joelhos, o adoravam” (Marcos 15:19).

“E os homens que detinham Jesus zombaram dele, ferindo-o. E, vendando-lhe os olhos, feriam-no no rosto e perguntaram-lhe, dizendo: Profetiza, quem é que te feriu? E outras muitas coisas diziam contra ele, blasfemando.”(Lucas 22:63-65).

“Pilatos , pois, tomou a Jesus e o açoitou” (João 19:1)

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50: 6).

Joseph Hart bem expressou-se ao dizer:

Vê quão paciente Jesus está
   Sofrendo insultos [neste horrível lugar]!
Pecadoress ataram do Altíssimo as mãos,
   E na face do Seu Criador cuspiram
(Tradução livre de “His Passion” por Joseph Hart, 1712-1768;
      alterado por Dr. Hymers).

Jesus passou por todo esse sofrimento. E então eles pregaram Suas mãos e pés em uma cruz! Ele passou por todo esse horror e dor como seu substituto. Ele sofreu e morreu na cruz em seu lugar, para pagar a pena pelos seus pecados e trazê-lo, sarado e limpo, para Deus!

“Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus” (1 Pedro 3:18).

Dr. Isaac Watts disse:

De sua fronte, de suas mãos seus pés,
   Fluiu perdão, que nos faz um só,
Jamais se uniu (jamais) tanta dor e amor
   Jamais se viu, renúncia maior.

Se eu fosse o mundo lhe ofertar,
   Ele o iria desprezar,
Seu grande amor vem requerer.
   Minha alma, a vida e todo o ser (meu ser).
(“Ao Contemplar a Rude Cruz” por Isaac Watts, D.D., 1674-1748).

E William Williams disse,

Da culpa humana a enorme carga
   Foi sobre o Salvador lançada,
Com Ais sobre Ele como um manto
   Por pecadores foi tal sofrimento.
Por pecadores foi tal sofrimento.
   (Tradução livre de “Love In Agony” por William Williams, 1759).

Emi Zabalaga nasceu em nossa igreja. Ela vinha a todos os cultos. Mas isso não fez dela uma cristã. Ela era pecadora por natureza como todos os outros. Ela lutou com seu pecado e consigo mesma. Mas um dia ela apareceu no final do meu sermão. Ela se ajoelhou e confiou em Cristo! Ouça o que ela disse:

“Meu pecado se estendia como um oceano sem fundo. Eu não aguentava mais. Eu tinha que ter a Cristo! Eu tinha que ter o Seu sangue! Eu fiquei de joelhos e confiei somente em Jesus. Deus me livrou dos meus ídolos de emoções, psicanálise e do desejo de segurança. Eu os deixei ir e caí nos braços do Salvador. Em vez de temer outra falsa conversão, ou olhar para dentro de mim mesma e checar meus sentimentos como sempre fiz antes, olhei para Cristo pela fé. O Cristo vivo me salvou. Ele lavou meu pecado em Seu precioso Sangue. Ele tirou o pesado fardo do pecado. Jesus absorveu a ira de Deus que deveria ter me enviado para o inferno. Ele me perdoou e perdoou todo o meu pecado. Meu passado está apagado por Seu próprio sangue. Ele é meu advogado, meu redentor, meu herói e meu Senhor! Eu só posso dizer como o apóstolo Paulo: “Graças a Deus pelo seu dom indescritível - Jesus”.

Cristo é o seu substituto. Ele morreu no seu lugar - para pagar pelo seu pecado. O Grande Spurgeon disse: “Outros podem pregar outra coisa, todavia, quanto a este púlpito, sempre ressoará com a substituição de Cristo!”

Jesus pagou sua dívida pelo pecado através de Seu sofrimento e morte na Cruz! Venha a Jesus e Ele perdoará seus pecados e salvará sua alma! Que você diga com todo o seu coração:

Eu venho, Senhor!
   Eu venho a Ti!
Lava-me, limpa-me no Sangue
   Que flui do Calvario.
(Tradução livre de “I Am Coming, Lord” por Lewis Hartsough, 1828-1919).


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Solo cantado antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
“My Jesus, I Love Thee” (por William R. Featherstone, 1842-1878).


O ESBOÇO DO

AFLICÃO, AÇOITES, VERGONHA E CUSPES

THE SMITING, PLUCKING, SHAME AND SPITTING

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

“As costas dou aos que me ferem e a face aos que me arrancam os cabelos; não escondo o meu rosto dos que me afrontam e me cospem” (Isaías 50: 6).

(Lucas 18:31-33)

I.   Primeiro, Jesus “entregou-se” a essas torturas! João 10:17-18;
Mateus 26:53-54; I Timóteo 2:6; Gálatas 1:4; Tito 2:14;
João 15:13.

II.  Segundo, Jesus “entregou-se à essas torturas para curar sua alma do
pecado! João 19:1; Isaías 53:5; I Pedro 2:24; Mateus 12:15;
Jeremias 17:9.

III. Terceiro, Jesus “entregou-se a essas torturas como um substituto para
você, pecador! Isaías 53:5-6; Mateus 26:67; Marcos 14:65;
Mateus 27:30; Marcos 15:19; Lucas 22:63-65; João 19:1;
I Pedro 3:18.