Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 40 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




UM SUAVE E VIOLENTO PESAR

A SOFT AND VIOLENT SADNESS
(Portuguese)

por John Samuel Cagan

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Manhã do Dia do Senhor, 30 de abril de 2017
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Morning, April 30, 2017

“E uma mulher que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada, chegando por detrás dele, tocou na orla da sua veste, e logo estancou o fluxo do seu sangue.” (Lucas 8:43-44).


Uma mulher estava terrivelmente enferma. Ela havia feito tudo o que podia para curar-se de sua enfermidade. Ela foi aos médicos, mas eles não a puderam curar. Ela gastou todo o dinheiro que tinha tentando curar-se de sua doença. Ela já havia tentado todos os tratamentos que o dinheiro podia comprar, mas ninguém a pode curar. Sob os cuidados dos médicos de então, ela havia tentado cada solução que eles lhe ofereceram. Ela era considerada imunda pelo povo judeu de então. Vivia em isolamento religioso e social. Ela estava só e ninguém podia falar com ela.

Aquela mulher havia esgotado todas as suas opções. Ela já não tinha mais esperança. Até que viu a Jesus. Ela O viu em uma multidão. Ela sabia que Jesus poderia curá-la. Ela tinha que vir até Jesus. Ela não sabia se conseguiria tal feito. Jesus parecia tão longe que parecia impossível que ela fosse curada. Mas ela já tentado tudo, e sabia que a única pessoa que poderia ajudá-la era Jesus. Ela, então forçou seu caminho entre a multidão, e estendeu a mão para Jesus. Ela não conseguiu chegar a Jesus, mas pode tocar a orla da Sua veste. No momento em que tocou a orla da veste de Cristo, ela foi completamente curada. Esta história tem uma ligação direta com você.

I. Primeiro, você está enfermo.

Toda a humanidade está enferma. Ela foi contaminada por uma doença que fez com que a humanidade se voltasse contra si mesma. Como resultado dessa enfermindade, as pessoas ferem umas às outras, tiram vantagem umas das outras e, finalmente, destroem-se umas às outras. A doença não é um segredo. A ciência e a história ambas descobriram esta doença, embora venham chamá-la por diferentes nomes. Esta doença é conhecida por Deus como pecado. O pecado contaminou toda a raça humana. O pecado contaminou você. A Bíblia diz:

“Porque todos pecaram, e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3:23).

Todos tem sido contaminados pela doença do pecado. Embora o pecado seja praticado e aperfeiçoado ao longo da vida, ele não precisa ser aprendido. O pecado naturalmente desabrocha e se desenvolve dentro de você. O pecado afeta tudo que você faz. Quando você é desonesto, esta é uma evidência da doença do pecado. Quando você assiste pornografia, é porque você é pecador. Você não se torna pecador por fazer coisas erradas. Sua doença do pecado é herdada. Você nasceu pecador. Você é pecador, e é porque você é um pecador, que você faz coisas que estão erradas. O pecado contaminou seu coração. Em seu íntimo, você pensa fazer muitas coisas terríveis que não faz. Você seria muito pior do que é se você soubesse que não seria pego fazendo tais coisas. Seu coração pode imaginar mentiras tão facilmente quanto seus pulmões podem respirar. Seu coração permite que você deseje coisas terríveis em secreto, enquanto que simultaneamente se disfarça de uma boa pessoa. Você está contaminado pelo pecado, e o pecado é o que torna as pessoas egoístas, enganosas e horrendas. A Bíblia diz:

“Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; E todos nós caímos como a folha; a as nossas culpas, como um vento, nos arrebatam” (Isaías 64:6).

O pecado é uma doença. E, como tal, tem sintomas, bem como consequências. Como consequencia do pecado, as pessoas são muitas vezes profundamente infelizes em suas próprias vidas. As pessoas vivem em vergonha, depressão e dor como resultado do pecado. Em momentos de reflexão tranquila, às vezes você pode sentir trevas dentro de você. De vez em quando, você pode sentir dentro de você o pesar que parece acompanhar a ausência de inocência. Sua vida é sufocada por um sentimento vazio que quase não se pode descrever. Você sente os sintomas do pecado. Às vezes, você sente profundamente dentro de si mesmo, a gravidade de sua condição, oprimindo-o com um suave e violento pesar. Houve momentos em que você se sentiu assim, mas de alguma maneira você sabia que não poderia viver sentindo-se dessa maneira por muito tempo. Quase como que respondendo a um instinto de sobrevivência, você começou a procurar tratamento. E assim como o resto do mundo faz, você começou a procurar os tratamentos que podem ser encontrados neste mundo.

“E uma mulher que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada” (Lucas 8:43).

II. Segundo, você tem procurado tratamentos para a sua enfermidade.

Muitos tratamentos são oferecidos para os sintomas do pecado. As pessoas aprenderam a afogar os sintomas do pecado com os prazeres do mundo. Em todo mundo, as pessoas usam drogas para escapar dos sintomas do pecado. Algo sobre estar vivo é tão insatisfatório, que uma pílula, uma agulha, ou uma garrafa, podem fazer tudo ir embora, mesmo que só por um pouco de tempo. Você também pode perder-se nos prazeres, como um método de esquivar-se dos sintomas do pecado. Sua droga de escolha pode não ser heroína ou álcool, mas o que quer que seja, é um tratamento, e se torna um vício.

Tratamentos a base de prazer são apresentados em muitos disfarces. As pessoas hoje são viciadas aos prazeres do mundo virtual. Um estudo recente discutido no Business Insider descobriu que uma pessoa toca em seu smartphone uma méia de 2.000 a 5.000 vezes por dia. As pessoas são viciadas no fluxo de informação, comunicação e exploração que a tecnologia lhes oferece. Eles estão constantemente sobrecarregados com dados, de modo que nunca têm que pensar - sentir os sintomas do pecado.

Você também tem um smartphone aí no seu bolso. E a cada momento livre, você se perde nesse seu dispositivo. Nos espaços entre uma atividade e outra, você involuntariamente o tira do bolso. Você tem uma válvula de escape. Você tem um tratamento paliativo . Você está tratando os sintomas, mas não o curou a doença do pecado.

“E uma mulher que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada” (Lucas 8:43).

A tecnologia lhe oferece acesso a um outro mundo. A tecnologia lhe permite encontrar um mundo que lhe parece mais desejável do que aquele em que você nasceu. As pessoas passam horas todos os dias em sites de mídia social. As pessoas tiram dez ou quinze ou vinte selfies, procurando aquela perfeita apresentação do eu para consagrá-lo em sua realidade virtual. Essas pessoas apresentam-se, como alguém que na realidade sabem não ser. Elas preparam cuidadosa e artisticamente cada imagem e cada post, de modo que o mundo possa ter uma versão ideal de quem elas “são”.

Você mesmo dever ter uma página no Facebook. Uma no Instagram. Você também gasta tempo, selecionando os melhores ângulos e o melhor perfil de si mesmo, para que o mundo não veja a pessoa que você realmente é. De repente, se você caprichar, talvez o mundo e você próprio possam convencer-se que você é bonito, que você é bom, que você não está sofrendo os sintomas do vil pecado. Você encontrou um tratamento, mas você não a cura.

“E uma mulher que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada” (Lucas 8:43).

Observe como quão ocupada sua vida tem se tornado. Sentir sua verdadeira condição leva tempo. Portanto, em um esforço para escapar dessa sua verdadeira condição, você enche a agenda da sua vida de maneira que ela seja totalmente desprovida de tempo livre. Até porque até mesmo o seu tempo livre não é livre. Sua consciência está sobrecarregada de distrações. Você gasta horas todos os dias jogando videogames. Seu mundo virtual invadiu o mundo real. Enquanto você está sentado na sala de aula, ou no trânsito, ou até mesmo durante este sermão, você está pensando em chegar em casa, e jogar aquele vídeo-game, só mais um pouco. Você está totalmente ocupado para sentir o tristeza, aquele suave e violento pesar em sua vida. Você está muito ocupado para conseguir tomar consciência da realidade de sua própria situação.

Você tem perdido dias inteiros na frente de uma tela de computador. Você, não gostou do que sentiu ao ficar só com seus próprios pensamentos, por isso você mantem-se na companhia constante da Internet. Você não pode disconectar-se nem um só momento, você precisa está sempre ligado. Você está conectado à música, aos vídeo games, à Internet, à experiências carnais, a qualquer coisa, que possa evitar que você tome consciência da realidade da vida. Você diz para si mesmo, que não está realmente com medo dos sintomas do pecado. Você faz o que faz por causa do tédio. Você faz o que faz porque é divertido, não porque você precisa fazer tais coisas. Todavia, se você parasse para pensar no quão intensamente você está correndo atrás de prazeres, você poderia perceber que está correndo atrás da sua própria vida. Não há tempo para preocupar-se ou incomodar-se porque você projetou sua vida para ser ocupada. A Bíblia diz:

“Melhor é uma mão cheia com descanso do que ambas as mãos cheias com trabalho e aflição de espírito” (Eclesiastes 4:6).

Você diz a si mesmo que não não há nada que você possa fazer, porque você é ocupado, ocupado, ocupado. Você ou tem um exame escolar, ou um projeto, ou seu trabalho. E isso não vai mudar um dia. Você estará sempre ocupado. Você precisa que sua vida seja assim. Você acredita que em algum lugar lá em seu futuro, você será diferente. Você acredita que vai se formar, e começar a ganhar dinheiro, e finalmente ter orgulho de ser alguém na vida. Mas não importa a faculdade onde você se gradue, não importa quanto dinheiro você faça, você nunca estará satisfeito, e nada será suficiente. A Bíblia diz:

“Como saiu do ventre de sua mãe, assim nu voltará, indo-se como veio, e nada tomará do seu trabalho, que possa levar na sua mão” (Eclesiastes 5:15).

Suas esperanças servirão de nada para você. Nenhuma quantidade de dinheiro, nenhum trabalho perfeito repentinamente premiará você com aquela mais pura experiência de vida que sua alma tanto anseia. Sua vida nunca irá satisfazê-lo. Você não é feliz. Você está sofrendo os sintomas do pecado, e você está tratando esses sintomas. Você está procurando tratar esses sintomas do pecado, mas nunca encontrará a cura.

“Como saiu do ventre de sua mãe, assim nu voltará, indo-se como veio, e nada tomará do seu trabalho, que possa levar na sua mão” (Eclesiastes 5:15).

Tratamento algum jamais trará a cura para o pecado. Todo o prazer que o mundo pode oferecer jamais trará a cura para o pecado. Todo dinheiro do mundo acumulado jamais compraria uma cura para este mal. Uma antiga canção diz assim:

Acres de diamantes, montanhas de ouro,
   Rios de prata, incontáveil tesouro
Todos juntos, jamais poderiam comprar a você ou a mim
   Limpa consciência, ou paz ao dormir
(Tradução livre de “Acres of Diamonds” por Arthur Smith, 1959).

Você não precisa de mais tratamentos para a doença do pecado. Os tratamentos que você tem tentado um após o outro só são um paleativo para administrar os seus sintomas. Eles controlam os sintomas, mas não atacam a enfermidade. Você continuará em seus tratamentos até que tenha esgotado toda a sua vida. E um dia, de repente, será tarde demais. Sua doença do pecado piorou, e continuará piorando. Sua doença é crônica, maligna e terminal. Essa doença do pecado vai destruí-lo. A Bíblia diz:

“Porque o salário do pecado é a morte; Mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6:23).

O que você precisa é de uma cura para sua doença. Você precisa da única cura que existe. Você precisa de Jesus Cristo.

III. Terceiro, a cura para a doença do pecado é Jesus.

A cura para a sua doença do pecado vai mais profundo do que tratamentos superficiais. Assim como a mulher em nosso texto fez, você deve se afastar-se, abandonar os tratamentos, e voltar-se para Jesus.

“E uma mulher que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada, chegando por detrás dele, tocou na orla da sua veste, e logo estancou o fluxo do seu sangue.” (Lucas 8:43-44).

Essa mulher havia tentado tudo o que podia, e nada curou sua enfermidade, até que ela se voltou para Jesus. Embora muitos houvessem tentado, ninguém pode curá-la. Ela voltou-se para Jesus como sua última esperança, e Jesus a curou. Jesus é a única esperança de cura para a doença do pecado. Só Jesus pode curar a doença de seu pecado, porque somente Jesus morreu por seu pecado. Jesus é perfeito em todos os sentidos. Jesus é o Cordeiro imaculado e sem pecado que carregou o peso de seu pecado em Seu próprio corpo até a Cruz. Ele foi pregado numa Cruz para expiar o seu pecado. Jesus derramou Seu Sangue como antídoto para o seu pecado. A Bíblia diz:

“Verdadeiramente Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo da nossa paz estava sobre ele; e pelas suas pisaduras fomos sarados” (Isaías 53:4-5).

Jesus fez tudo isso porque Ele o ama. Jesus morreu por seus pecados para que sua doença do pecado pudesse ser curada. Você é um pecador. Você já tentou os tratamentos. Os tratamentos não curaram seu pecado. Nenhuma dosagem de qualquer tratamento irá curá-lo. Você está sofrendo da doença mortal do pecado. Você precisa convencer-se de que está doente. A menos que você admita que está doente, você será persuadido a crer de que a ausência de sintomas prova que você não precisa de cura. Mas você precisa de cura. Jesus disse:

“Os sãos não necessitam de médico, mas sim os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores ao arrependimento” (Marcos 2:17).

Você precisa sentir a realidade de sua doença do pecado. E uma vez que você a tenha sentido, não se volte para qualquer outro tipo de tratamento, vá direto à cura. Pare de tentar mascarar os sintomas do pecado e volte-se para Jesus. Somente Jesus pode salvá-lo do pecado. A salvação que Jesus oferece não é merecida. A mulher foi curada, perdoada do pecado, e salva por Jesus. Ela não pagou por sua cura. Ela não persuadiu Jesus a curá-la. Parecia que ela não conseguia alcançar a Jesus, mas mesmo assim ela se achegou a Ele. Ela estendeu a mão para Jesus, e tocou a orla de Sua veste, e foi salva pela fé! Embora você não possa alcançar Jesus, achegue-se a Ele! Embora você sinta que não consegue alcançar Jesus, procure achegar-se pela fé em Cristo, e Ele o salvará! Confie em Jesus pela fé, e Ele o salvará! Confie em Jesus, e seja curado da doença do pecado. Amém


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Leitura das Escrituras antes do Sermão feita por Noah Song: Lucas 8:43-48.
Solo Cantado antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
“Turn Your Eyes Upon Jesus” (por Helen H. Lemmel, 1863-1961).


O ESBOÇO DO

UM SUAVE E VIOLENTO PESAR

A SOFT AND VIOLENT SADNESS

por John Samuel Cagan

“E uma mulher que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada, chegando por detrás dele, tocou na orla da sua veste, e logo estancou o fluxo do seu sangue.” (Lucas 8:43-44).

I.   Primeiro, você está enfermo, Romanos 3:23; Isaías 64:6.

II.  Segundo, você tem procurado tratamentos para sua enfermidade,
Eclesiastes 4:6; 5:15; Romanos 6:23.

III. Terceiro, a cura para sua enfermidade é Jesus, Isaías 53:4-5; Marcos 2:17.