Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 40 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




A OBRA DESVANECEDORA DO ESPÍRITO DE DEUS

THE WITHERING WORK OF GOD’S SPIRIT
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Noite do Dia do Senhor, 12 de março de 2017
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Evening, March 12, 2017


No seminário liberal, eles nos ensinaram que havia dois Isaías. Mas eles estavam errados. Os primeiros 39 capítulos falam dos pecados e do cativeiro vindouro do povo. Mas do capítulo 40 até o fim, o profeta fala de sua redenção. A segunda metade fala da salvação através dos sofrimentos de Cristo.

“Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo. Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do SENHOR. Na verdade, o povo é erva. Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” (Isaías 40:6-8).

“A voz que diz: Clama.” Que voz foi essa que falou ao profeta? Foi “a boca do Senhor”, mencionada no versículo cinco. A palavra hebráica para “clamar” é qârâ. Significa “chamar à atenção- [confrontar] uma pessoa conhecida” (Strong nº 7121). É a mesma palavra hebraica usada em Isaías 58:1:

“Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a voz como a trombeta, e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó, os seus pecados” (Isaías 58:1).

Foi assim que João Batista pregou. João Batista se referiu a Isaías 40:3. Ele disse: “Eu sou a voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías” (João 1:23, Isaías 40:3). A palavra grega traduzida como “clama” em João 1:23 é bǒaō. Significa "bradar ... gritar" (Strong). A palavra hebráica e a palavra grega dizem que é "proclamar em voz alta" (Isaías 58:1). Significa que o pregador deve falar alto como porta-voz de Deus ... "proclamando e gritando" para aqueles que estão perdidos e confusos! Os pregadores devem proclamar aos ouvintes a Palavra de Deus. Infelizmente, este não é o estilo popular de pregação nos dias de hoje. Há uma desobediência fundamental à Bíblia na pregação de hoje. Os ministros modernos "deixaram de pregar e voltaram-se para o ensino", como dizem os antigos. Esses ministros modernos não obedecem a Deus. Deus disse a Isaías: "Clama em alta voz, não te detenhas." A pregação moderna não segue o exemplo de Jesus. Jesus "clamou ... no templo" (João 7:28), não segue o exemplo de Jesus quando Ele "levantou e clamou" em João 7:37. Nem o de Pedro no Dia de Pentecostes. Ele "ergueu a sua voz" e proclamou as palavras que Deus lhe tinha dado (Atos 2:14). Dr. John Gill disse: "E levantou a sua voz, para que ele fosse ouvido por toda a multidão ... assim como para mostrar seu zelo e fervor, de espírito e fortaleza de espírito; Para ser dotado com o Espírito do alto, ele era destemido dos homens "(traduzido de An Exposition of the New Testament, nota em Atos 2:14). Assim, devo repetir, há uma desobediência fundamental a Deus em nossos púlpitos de hoje, uma desobediência terrível na própria maneira e estilo de pregação. O Apóstolo Paulo deu isto como um sinal de apostasia nos últimos dias. Ele disse: "Pregue a palavra ... Porque virá o tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme suas próprias concupiscências (querendo que digam o que elas querem ouvir, NTLH) "(II Timóteo 4:2,3). Há um constante "ensino" em nossos dias, mas a pregação foi esquecida. Tudo o que ouvimos é ensino - "ensino" sem urgência, e sem fogo! Isso é tudo o que aprendem nos seminários de hoje! O Ensino versículo-por-versículo, seco-como-pó! Ninguém é confrontado com o Evangelho e ninguém é despertado do seu sono espiritual com "ensino". Você não pode "ensinar" bode a serem ovelhas! Eles devem, através da pregação, ser sacudidos de sua pecaminosidade e preguiça! "A voz disse, clama" (Isaías 40:6). Esse é o estilo da verdadeira pregação do Evangelho! Nada além a pregação será usado por Deus para mover corações mortos e mentes lentas! Nada além da eloquente pregação pode fazer isso! Brian H. Edwards disse: "A pregação de avivamento tem um poder e autoridade que traz a Palavra de Deus como um martelo para o coração e a consciência. Isso é exatamente o que está ausente na maioria de nossas pregações hoje. Os homens que pregam avivamento são sempre destemidos e urgentes "(tradução de Revival! A People Saturated Wi Th God, Evangelical Press, edição de 1997, p. 103). Dr. Lloyd-Jones foi um dos maiores pregadores do século XX. Ele disse: "O que é pregação? Lógica pegando fogo! ... É teologia pegando fogo. E uma teologia que não pega fogo é uma teologia defeituosa ... a pregação é a teologia que vem através de um homem cheio de paixão e fogo ... Eu digo que um homem que pode falar nessas coisas sem paixão não tem nenhum direito de estar em um púlpito; E nunca deveria ser permitido subir a um púlpito para pregar "(Traduzido de Preaching and Preachers, p.97).

Isaías, então, pergunta: "Que hei de clamar?" (Isaías 40:6). Um jovem me contou o que um professor de seminário disse. Ele disse que um plano de seis meses de sermões deve ser preparado com antecedência. Eu detesto completamente que um pregador faça tal coisa! Um homem que faz isso não pode ter sermões reais, dados por Deus! Não é possível! Spurgeon foi o maior pregador de todos os tempos. Ele nunca fez isso. O verdadeiro pregador deve pedir a Deus seus sermões e esperar que Deus os dê a ele. "O que eu vou pregar?" Eu devo pregar a mensagem que Deus me deu para pregar. Alguém disse que eu prego como Hitler. De certa maneira, ele estava certo. Hitler falou mentiras com grande paixão. Devemos falar a verdade com grande paixão! Somente a pregação apaixonada pode levar homens à ação. Exposições da Bíblia os põe para dormir! O Dr. Lloyd-Jones disse: "A pregação de nossos dias não salva os homens. Nem mesmo irrita os homens, mas os deixa exatamente onde estavam, sem a menor perturbação. "Isso é errado! Eles precisam ser perturbados! "

“Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo. Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do SENHOR. Na verdade, o povo é erva. Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” (Isaías 40:6-8).

I. Primeiro, eu devo clamar sobre a brevidade da vida.

“Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo...Seca-se a erva, e caem as flores” (Isaías 40:6, 8).

A vida passa logo. Isso acontece muito rapidamente. Parece que sua juventude continuará para sempre - mas passa muito rapidamente. Estou escrevendo minha autobiografia. Meu filho Robert me pediu que o fizesse. Eu farei setenta e seis anos em algumas semanas. Parece que eu era um jovem apenas alguns meses atrás! E assim será com você! O sol de verão aparece. A grama fica marrom. As flores murcham e morrem. A vida é transitória, fugaz, temporária, breve e de curta duração. O Apóstolo Tiago falou disso. Ele disse:

"Mas o rico ... é humilhado; porque, como a flor da erva, ele passará. Porque sai o o sol com ardor, e a erva seca, e a sua flor caiu, e a formosa aparência de seu aspecto perece; assim murchará também o rico em seus caminhos" (Tiago 1:10-11).

Poucos são os que vêem isso. Eles se agarram a este mundo e trabalham para vencer na vida sem perceber o óbvio – ela acabará mais cedo do que eles pensam! C. T. Studd (1860-1931) foi um dos poucos homens ricos a perceberem. Ele herdou uma grande fortuna, mas abriu mão de tudo e foi ser missionário na a China - e mais tarde foi para o coração da África quando era perigoso. E foi C. T. Studd quem disse:

Tens somente uma vida,
   Breve passará;
Só o que fazes para Cristo
   Permanecerá.

O como eu gostaria que todo jovem lesse sobre C. T. Studd, e que o fizesse um de seus heróis! Ah, se vocês pudessem a verdade que traz este poema!

Tens somente uma vida,
   Breve passará;
Só o que fazes para Cristo
   Permanecerá.

Jesus disse:

"Que aproveitará ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a própria alma? Ou que daria o homem pelo resgate da sua alma?" (Marcos 8:36, 37).

“Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo...Seca-se a erva, e caem as flores” (Isaías 40:6, 8).

Portanto, devo pregar freqüentemente sobre a brevidade da vida! E você deve pensar sobre a brevidade de sua vida. A Bíblia diz: "Ensina-nos a contar nossos dias, de maneira que alcancemos corações sábios" (Salmo 90:12).

II. Segundo, eu devo clamar sobre a obra desvanecedora do Espírito Santo.

A palavra "desvanecer" significa minguar, secar, encolher, e perder seu frescor. Isaías 40:7 diz:

"Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do SENHOR. Na verdade, o povo é erva." (Isaías 40:7).

Spurgeon disse: "O Espírito de Deus, como o vento, deve passar sobre o campo de suas almas, e fazer a sua beleza ser como uma flor desvanecendo. Ele deve convencê-lo do pecado ... para que [você] veja [sua] natureza caída é a própria corrupção, e que "os que estão na carne não podem agradar a Deus". [Que possamos sentir] a sentença de morte sobre a nossa vida carnal anterior ... só o doente vai querer um médico ... O pecador desperto, quando pede que Deus tenha misericórdia dele, fica espantado ao descobrir que, em vez de uma paz rápida, sua alma é abatida com um sentimento da ira de Deus ... porque você nunca valorizaria o [Sangue de Cristo] que nos purifica de todo pecado se você não tivesse sido feito primeiro para lamentar que você é uma coisa impura” ( traduzido de “The Withering Work of the Spirit,”", pp. 375, 376).

Essa é a obra desvanecedora do Espírito Santo. É a obra do Espírito Santo que seca suas falsas esperanças, que mostra a dureza do seu coração, que afasta toda a esperança da sua mente, que faz com que você veja que a sua verdadeira esperança está em Cristo, que morreu em seu lugar para salvá-lo do pecado. Quando o Espírito Santo fizer com que sua alma “desvaneça”, então você verá que a sua assim chamada "bondade" é nada mais que trapo de imundícia, que nada que você tenha feito até agora pode torná-lo aceitável a Deus; que tudo o que você tenha feita não pode salvá-lo do juízo e do inferno.

É por isso que Deus permite que você tenha uma conversão falsa. Ele pode permitir que você tenha muitas conversões falsas antes que Ele lhe dê paz. Isso não significa que Deus o abandonou. De modo nenhum! Deus está usando essas falsas conversões. Ele as está usando para fazer você chorar: "Toda a carne é erva, e toda a sua bondade é como a flor do campo." Deus está secando, secando a sua falsa esperança de fazer ou dizer algo que venha a salvar você mesmo. John Newton disse:

Eu esperava receber
   Resposta à minha oração,
Por Seu amor, graça e poder
   A mim dar descanso e perdão.

Mas, ao invés, Me fez sentir
   Quão vil era o meu coração;
E do inferno fez sobrevir
   Ira e poder como um turbilhão.

Pergunte a Ayako! Pergunte a Danny! Pergunte a John Cagan! Pergunte a mim! Todos nós clamamos a Deus para nos dar descanso - mas em vez disso Ele nos fez sentir como Sheila Ngann. Ela disse: "Eu me senti tão enojada comigo mesma." Outra jovem disse: "Estou tão descontente comigo mesma." Dr. Cagan e eu dissemos-lhe que ela deveria sentir-se mais do que "descontente." Como Sheila, ela deveria sentir-se "enojada". Até que você sinta que está completamente "enojado" consigo mesmo, você não experimentará o desvanecimento, a perdição interna que é comum entre aqueles que são realmente convertidos.

A palavra "desvanecimento" é muito importante. Você precisa conhecer seu significado para entender o que está acontecendo com você. A palavra "desvanecer" significa "envergonhar-se ... secar (como água) ... ser envergonhado, murcho, seco" (Strong nº 300).

“Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do SENHOR. Na verdade, o povo é erva” (Isaías 40:7).

Isso é o que deve acontecer em seu coração. O Espírito Santo deve murchar e secar a sua auto-confiança. Até que seu coração murche como uma flor desvanecendo - até que você esteja constrangido e envergonhado de sua própria natureza depravada. Como Sheila disse antes de sua conversão, "eu me senti tão enojada comigo mesma." Isso é o que acontece em uma verdadeira conversão.

“Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do SENHOR. Na verdade, o povo é erva” (Isaías 40:7).

Quando você está enojado consigo mesmo, então nós temos que dizer-lhe que confie em Jesus. Ele o purificará do pecado com Seu Sangue e o salvará do juízo de Deus.

O grande evangelista George Whitefield disse: "Deus já lhe mostrou que você não tem fé em Jesus? Você alguma vez, já orou: 'Senhor, ajuda-me a agarrar-me Cristo'? Deus, já o convenceu de sua incapacidade de vir a Cristo e fazê-lo clamar em oração pela fé em Cristo? Se não, você não terá paz em seu coração. Que Deus lhe dê uma paz sólida em Jesus, antes que você morra e não tenha mais chance "( traduzido de "The Method of Grace"). Você precisa experimentar uma intensa luta com o pecado antes de ter uma conversão real. Você precisa sentir um pouco do que Cristo sentiu quando seu pecado foi colocado sobre Ele no Jardim do Getsêmani. Você precisa sentir um pouco do que Ele sentiu quando clamou: "Minha alma está muito triste, até a morte ... Ó Pai, se for possível, passa de mim este cálice" (Mateus 26:38, 39).

Por favor, levantem-se e cantem o hino de número 10, "Vem, pecador."

Vem Pecador vil, necessitado, Fraco e ferido, enfermo e em dor;
   Cristo está pronto para salvar-te, cheio de graça, poder e amor:
Ele é capaz, Ele é capaz, e quer salvar-te, não duvides mais;
   Ele é capaz, Ele é capaz, e quer salvar-te, não duvides mais;

Vem pecador cansado, oprimido, tão ferido, infiel;
   Se esperares que melhores, nunca a Cristo chegarás:
Não aos justos, Cristo veio; mas ao pecador chamar
   Não aos justos, Cristo veio; mas ao pecador chamar

Veja o Salvador, em glória, no poder do Sangue confiarás;
   Inteiramente a Ele te entregues, em nenhum outro a fé porás;
Só Jesus Cristo, só Jesus Cristo pode o pecador salvar
   Só Jesus Cristo, só Jesus Cristo pode o pecador salvar
("Vem, Pecador" por Joseph Hart, 1712-1768, alterado pelo Pastor).

Agora escute as palavras de um esperançosamente convertido. Aqui está o testemunho de um jovem.

Eu estava procurando uma maneira de me salvar. Eu era cheio de orgulho, orgulhoso demais para admitir que era muito orgulhoso. Ainda me lembro de como lutei contra Deus para não confiar em Jesus ... Comecei a ler a Bíblia, a "praticar" a oração todos os dias, a me envolver mais com as atividades da igreja. Mas não encontrava paz interior em mim mesmo. No fundo, eu sabia que ainda estava perdido, mas muito orgulhoso e covarde demais para confrontar esse pensamento. Eu me escondia do pensamento de que eu era um pecador. Fiz tudo o que podia para afastar esse pensamento, para me distrair. Procurei qualquer desculpa para justificar minha fé, para me fazer sentir melhor quanto à minha natureza pecaminosa. E então Deus abriu o Céu e enviou o avivamento, e mais uma vez, meu orgulho era muito grande para admitir que eu precisava de Jesus para me salvar ... Neste ponto, eu estava mentalmente exausto. Eu comecei a ver que não importava o que eu fizesse, eu não poderia me salvar de meu pecado, meu pecado de não confiar em Jesus, meu pecado de ser auto-justificado. Eu estava impotente. Eu estava lutando dentro de mim tentando confiar em Jesus, mas meu orgulho não me deixava ... Eu desisti de toda a esperança, desisti de mim mesmo. Senti meu pecado carimbado em todos os meus pensamentos, todos os meus sentidos. Senti-me cansado de viver. E naquele momento, por um milagre, Jesus veio a mim, e pela primeira vez em minha vida, eu confiei nele. Eu estava tentando vir a Jesus, mas eu não podia, e Jesus veio até mim quando pensei que nunca seria salvo. Quando Jesus veio a mim, foi tão simples confiar nEle ... Jesus me aceitou e me lavou com Seu Sangue ... Toda bondade em mim é porque Jesus me salvou. Não consigo segurar minhas lágrimas quando penso em Jesus, lágrimas de alegria, lágrimas de gratidão pelo que Ele tem feito por mim. Com todo o amor que Jesus tem por mim, não posso possivelmente amá-Lo o suficiente, não posso agradecer-Lhe o suficiente. Tudo o que posso fazer é dar meu melhor, minha vida por Jesus, meu Salvador.


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Solo Cantado Antes do Sermão por. Benjamin Kincaid Griffith:
“Come, Holy Spirit, Heavenly Dove” (por Dr. Isaac Watts, 1674-1748;
para a melodia de “O Set Ye Open Unto Me”).


O ESBOÇO DO

A OBRA DESVANECEDORA DO ESPÍRITO DE DEUS

THE WITHERING WORK OF GOD’S SPIRIT

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

“Voz que diz: Clama; e alguém disse: Que hei de clamar? Toda carne é erva, e toda a sua beleza, como as flores do campo. Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do SENHOR. Na verdade, o povo é erva. Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” (Isaías 40: 6-8).

(Isaias 40:5; 58:1; 40:3; João 1:23; João 7:28, 37;
Atos 2:14; II Timóteo 4:2,3)

I.   Primeiro, eu devo clamar sobre a brevidade da vida, Isaias 40:6;
Tiago 1:10-11; Marcos 8:36, 37; Salmo 90:12.

II.  Segundo, eu devo clamar sobre a obra desvanecedora do Espírito Santo,
Isaias 40:7; Mateus 26:38, 39.