Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 40 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




A PREGAÇÃO REJEITADA

(SERMÃO NÚMERO 2 SOBRE ISAÍAS 53)
THE REJECTED REPORT
(SERMON #2 ON ISAIAH 53)
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Dia do Senhor de manhã, 3 de Março, 2013
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Morning, March 3, 2013

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).


Isaías está falando sobre o Evangelho de Cristo. Último domingo eu prediquei desde o último três versículos de capítulo 52, aonde o profeta preveu o sofrimento de Cristo, a qual aparência, “estava tão desfigurado, mais do que o de outro qualquer, e a sua figura mais do que a dos outros filhos dos homens” (Isaías 52:14). Este é o retrato de Jesus, batido e crucificado por nossos pecados, e depois levantado desde a morte, “exaltado, e elevado, e mui sublime” (Isaías 52:13). Mas agora, em nosso texto, o profeta lamenta o fato que poucos queria acreditar nessa mensagem do Evangelho.

Dr. Edwards J. Young era um acadêmico de Antigo Testamento, colega de classe e amigo de meu prévio pastor, Dr. Timothy Lin. Comentando sobre o nosso texto,

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor,”

Dr. Young disse que isto “é mais uma exclamação que um questão. Isto não demanda uma resposta negativa, mas é designado simplesmente para chamar atenção ao [pequeno número] de verdadeiro crentes em mundo…o profeta [é] representante de seu povo, falando e expressando medo para que poucos acreditarem” (Edward J. Young, Ph.D., The Book of Isaiah, William B. Eerdmans Publishing Company, 1972, volume 3, p. 240).

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?”

A palavra “reporte” significa “mensagem proclama.” Luther traduziu isto como “nossa pregação” (Young, ibid.). “Quem deu crédito à nossa pregação?” A expressão paralela no texto é, “e a quem se manifestou o braço do Senhor?” O “braço do Senhor” é uma expressão que refere à força do Senhor. Quem tinha acreditado à nossa pregação? E à quem está o braço do Senhor revelado? Para quem havia o poder salvador de Cristo sido revelado?

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

Este versículo mostra que você deve primerio acreditar a pregação do Evangelho, e depois ser covnertido através o poder de Deun em Cristo. E todavia a pergunta do profeta mostra que muitos poucos irá acreditar e ser convertidos.

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

I. Primeiro, poucos acreditaram e foram convertidos durante ministério
terreno de Cristo.

Jesus veio ao sepulcro de Lázaro. Este homem tinha sido morto quatro dias. Jesus disse à eles, “Tirai a pedra” (João 11:39). A irmã de Lázaro queria parar Ele. Ela disse, “Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias” (ibid.). Mas eles obedeceram Jesus e tiraram a pedra que cubriu a entrada de sepulcro. Então Jesus “clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir” (João 11:43-44).

“Depois os principais dos sacerdotes e os fariseus formaram conselho, e diziam: Que faremos? [Que devemos fazer?] porquanto este homem faz muitos sinais” (João 11:47).

Eles viram quantos milagros Ele fez, e tiveram medo que todas as pessoas comuns iria seguir Ele invéz de eles.

“Desde aquele dia, pois, consultavam-se para o matarem”
       (João 11:53).

O sumo sacerdote e os Fariseus começaram a ter reuniões juntos para figurar o melhor método para livrar-se de Jesus, “para mater ele.” O Apóstolo João disse,

“E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele; Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?” (João 12:37-38).

Eles viram Ele milagrosamente alimentar o cinco mil. Eles viram Ele curar leprosos e curar os olhos de cego. Eles viram Ele expulsar demônios, e levantar o paralizado à vigoroso saúde. Eles viram Ele levantar um filho de uma viúva desde morte. Eles não únicamente viram Ele transformar água para vinho, mas também ouviram Ele.

“Ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo” (Mateus 9:35).

E todavia, quando Ele levantou Lázaro desde morte, “consultavam-se para o matarem” (João 11:53).

“E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele; Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?” (João 12:37-38).

Sim, unicamente poucas pessoas acreditaram e foram convertidas durante o ministério terreno de Cristo.

II. Segundo, poucos acreditaranm e foram convertidos durante a época dos
Apóstolos.

Por favor abrem à Romanos 10:11-16. Vamo-nos levantar e ler esta grande passagem.

“Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação?” (Romanos 10:11-16).

Podem sentar-se.

Observa do que esta passagem da Escritura diz, em versìculo 12,

“Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam” (Romanos 10:12).

Isto foi escrito por Apóstolo Paulo um pouco menos de 30 anos depois que Jesus ascendeu de volta à Céus. Portanto, Paulo escreveu o Livro de Romanos durante a segunda parte de Livro de Atos. Ele estava falando junto aos Judeus e Gentios, enquanto Jesus tinha falado quase exclusivamente à Judeus. Paulo disse, “Porquanto não há diferença entre judeu e grego.” Todas as pessoas precisam Cristo!

E ainda, para seu grande não-Judeu audiência, Paulo disse a mesma coisa que Jesus falou, citando de Isaías 53:1, lamentado o fato que só comparativamente pequeno número de Gentios acreditaram – e citando Isaías 53:1 para mostrar do que o profeta tinha falado, por aplicação, que maioira de Gentios iria ser só levemente mais responsivos à Evangelho em comparação que foram Judeus. Paul citou reclamação de Isaías para mostrar isto.

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

Os Gentios foram mais abertos à Evangelho que os Judeus. Todavia, mesmo assim, só comparativamente pequeno número de Gentios acreditaram em Jesus durante o tempo de Paulo e de outros Apóstolos. Lá tinham grandes reavivamentos em tempo dos Apóstolos, como nós vemos em Livro de Atos. Apesar disso estes forte reavivamentos trazeram só comparativamente pequeno número de Gentios à salvação em Cristo. Evangelismo foi difícil, até entre os Romanos!

Ambos Cristo e os Apóstolos viram somente poucos convertidos. Assim, os Cristãos de primeiro século eram a minoria decidida, e a minoria perseguida! E então, ambos João e Paulo citaram nosso texto para explicar a resistência de maioria das pessoas ao Evangelho – para explicar porque a maioria do quem ouviu eles predicar não ficaram convertidos.

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

E isto havia sido verdade através de épocas da história Cristiana. Sempre, em todos os tempos, só péquena minoria de pessoas haviam acreditado em Evangelho e foram verdadeiramente convertidos. E isto é até agora verdade em mundo hoje. Nada tem mudado. Que traz-nos ao nosso último ponto.

III. Terceiro, poucos acreditam e são convertidos hoje.

Em nosso próprio tempo nós estamos frequentemente confrontados com a realidade da lamentação de Isaías, em esta triste pergunta,

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

Tristemente, nós devemos dizer que poucas pessoas hoje acreditam pregaçaõ do Evangelho, e poucos são salvos através do poder de Cristo. Até nossos amados parentes muitas vezes rejeita Cristo. E a maioria de vocês sabem que só poucos deles nós trazemos para igreja à escutar pregação sempre para ser convertidos. Eu queria fazer três comentários em isto:

(1)  Primeiro, aonde a Bíblia diz-nos que a maioria das pessoas iram ser salvos? Não diz isto. Em fato, Jesus disse justamente o opósito. Ele disse,

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem” (Mateus 7:13-14).

Poucos há que encontrem! Nós devemos sempre guardar isto em mente quando nossos esforços evangélicos resultam em poucos coversões que nós havíamos esperado por.


E, depois, a segunda coisa que eu iria dizer é isto.

(2)  Nosso motivo por evangelismo não é baseado em quantos irão ser convertidos. Se a reação é grande ou pequena, nossos olhos devem nunca estar fixos em quantos são convertidos. Nosso motivo é baseado em obediência à Deus. Nossos olhos deve sempre estar dirigidas à Deus, e nossa obediência à Ele quando nós saímos para evangelismo; e nossos olhos deve sempre estar dirigidas à Deus, e nossa obediência à Ele quando nós pregamos o Evangelho! Cristo disse-nos,

“Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15).

Isto é que Cristo falou-nos para fazer, e nós devemos fazer isto se pessoas escutam ou não; se eles são convertidos ou não. Nós devemos evangelizar porque Cristo disse-nos para fazer! Nosso sucesso não depende em reação humana! Não! Nosso sucesso depende em ser obediente à Cristo. Por isto nós devemos ir a evangelizar se eles acreditam o Evangelho ou não!


E, portanto, existe terceira coisa que flui desde isto.

(3)  Você acredita em Cristo? Você é convertido à Cristo? Você irá vir à Cristo por fé? Mesmo se ninguém mais em sua família e ninguém dos amigos que você tem não são convertidos, você irá procurar Cristo? Você irá vir à Ele? Lembra do que Cristo disse,

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Marcos 16:16).

Você irã vir à Jesus, ser convertido, e depois batizado? Ou você irá ser entre o enorme multitude quem rejeita o Salvador, e perece eternamente em fogos de Inferno?

“Mas quem não crer será condenado” (Marcos 16:16).

Isto é minha oração que você irá não ser entre a multitude quem vai perecer no Inferno, mas que você irá unir com nós em esta igreja local. Sai fora de mundo! Vem para Jesus por fé! Vem para esta igreja local. E seja salvo por todo tempo e por toda eternidade através de Sangue de Jesus e justiça.

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

Tomara que você seja uma das pessoas que acredita e é convertido! Tomara que você seja um dos poucos que acredita o Evangelho quando é pregado. Tomara que você diga, “Sim, Jesus morreu para pagar por meus pecados. Sim, Ele levantou desde a morte. Sim, eu venho à Ele por fé.” Tomara que você seja um dos poucos à quem os braços do Senhor é revelado, conforme você experiencia salvação através acreditando Jesus, “O Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29). Tomara que você seja um dos que vem à Jesus, e é lavado limpo de seus pecados através de Sangue precioso Dele. Tomara Deus conceder-lhe graça para acreditar nossno reporte e experienciar salvação desde pecado através de Senhor Jesus Cristo! Amém!

Por favor levantem e cantem “I Am Coming, Lord” [Eu Estou Vindo, Senhor], número sete em sua folha de canção.

Eu ouço Teu agradável voz, Que me chama, Senhor, à Ti
   Por limpeza em Teu sangue precioso Que fluiu no Calvário.
Eu estou vindo, Senhor! Vindo agora à Ti!
   Lava-me, limpa-me em sangue Que fluiu no Calvário.

Apesar vindo fraco e desprezível, Vós fizeste minha força afirmar;
   Vós fizeste minha vileza completamente limpo, Até todo sem mancha e puro.
Eu estou vindo, Senhor! Vindo agora à Ti!
   Lava-me, limpa-me em sangue Que fluiu no Calvário.
(“I Am Coming, Lord” por Lewis Hartsough, 1828-1919).

Se você gostaria de falar com nós sobre ser lavado de seus pecados através de Jesus, por favor passe para atrás de auditório agora. Dr. Cagan irá levar você à um lugar quieto aonde nós podemos conversar. Dr. Chan, por favor venha e ore por os que responderam.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana no Internete
em www.realconversion.com. Clique no “Sermão em Português.”

You may email Dr. Hymers at rlhymersjr@sbcglobal.net, (Click Here) – or you may
write to him at P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Or phone him at (818)352-0452.

Escritura Lido Antes de Sermão por Dr. Kreighton L. Chan: Isaías 52:13-53:1.
Solo Cantado Antes de Sermão por Mr. Benjamin Kincaid Griffith:
“A Crown of Thorns” (por Ira F. Stanphill, 1914-1993).


PLANO DE

A PREGAÇÃO REJEITADA

(SERMÃO NÚMERO 2 SOBRE ISAÍAS 53)
THE REJECTED REPORT
(SERMON #2 ON ISAIAH 53)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

“Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?” (Isaías 53:1).

(Isaías 52:14, 13)

I.   Primeiro, poucos acreditaram e foram convertidos durante
ministério terreno de Cristo, João 11:39, 43-44, 47, 53; 12:37-38;
Mateus 9:35.

II.  Segundo, poucos acreditaranm e foram convertidos durante a
época dos Apóstolos, Romanos 10:11-16.

III. Terceiro, poucos acreditam e são convertidos hoje, Mateus 7:13-14;
Marcos 16:15, 16; João 1:29.