Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 40 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




LAVADO NO SANGUE DE CRISTO!

WASHED IN CHRIST’S BLOOD!
(Portuguese)

Um sermão escrito pelo Dr. R. L. Hymers Jr.
e pregado pelo Rev. John Samuel Cagan
no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Manhã do Dia do Senhor, 3 de junho de 2018
A sermon written by Dr. R. L. Hymers, Jr.
and preached by Rev. John Samuel Cagan
at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Morning, June 3, 2018

“Aquele que nos ama e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados” (Apocalipse 1:5).


A primeira metade deste versículo é a saudação do Apóstolo João, na qual ele ora por sua audiência, nas sete igrejas, para que tenham a graça e a paz de Jesus Cristo, “que é a testemunha fiel, e o primogênito dos mortos, e o príncipe dos reis da terra ”. Depois de fazer essa declaração sobre Cristo, João disse:

“Aquele que nos amou e nos lavou dos nossos pecados no seu próprio sangue” (Apocalipse 1: 5).

O texto diz que Cristo “nos ama e nos lavou” com o seu próprio sangue. Em nome da erudição, os críticos textuais modernos mudaram “lavados” para “libertos”. Eles fizeram isso com base na mudança de uma letra grega no texto Sinaítico, manchado por gnósticos, no Novo Testamento grego Nestlé-Aland. Mas “liberto” vem do texto alexandrino inferior, manchado como é com o gnosticismo. Os gnósticos ficariam espantados se alguém fosse "lavado" com sangue! Assim, os alexandrinos gnosticizados omitiram uma letra grega - para torná-la “libertos” em vez de “lavados”.

O Dr. Charles John Ellicott (1829-1903) foi um estudioso anglicano, professor de Novo Testamento em Cambridge e presidente do comitê de estudiosos que traduziu a Versão Revisada (RV) do Novo Testamento. Dr. Ellicott foi o editor do Ellicott’s Commentary on the Whole Bible (Zondervan Publishing House). O comentário de Ellicott diz o seguinte sobre nosso texto

Em vez de "nos lavou", alguns [manuscritos] leram "nos libertou". Há apenas uma diferença de letra nas duas palavras em grego. O tom geral de pensamento nos levaria a preferir “lavar” como a leitura verdadeira. Em uma ocasião solene, que João recordou claramente, nosso Senhor havia dito: "Se eu não te lavar, você não tem parte comigo". O pensamento do "sangue purificador", intensificado pela lembrança da água e do sangue que ele tinha visto fluir do lado perfurado de Cristo [João 19:34], muitas vezes retornou à sua mente, Apocalipse 7:13, 14; 1 João 1: 7; 5: 5-8 (tradução de Charles John Ellicott, M.A., D.D., Comentário Ellicott’s Commentary on the Whole Bible, Editora Zondervan, n.d., volume VIII, p. 535; nota em Apocalipse 1: 5).

Além disso, somos informados em Apocalipse 7:14.

“Estes são os que vêm da grande tribulação, e lavaram as suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro” (Apocalipse 7:14).

Nesse versículo, somos claramente informados de que os que estão no Céu têm vestes que são “lavadas” e “branqueadas no sangue do Cordeiro”. Já que esse é o claro significado de Apocalipse 7:14, deve esclarecer o uso de “ lavado ”em nosso texto:

“Aquele que nos amou e nos lavou dos nossos pecados no seu próprio sangue” (Apocalipse 1: 5).

O Dr. John F. Walvoord salientou que a palavra grega “louō” (lavado) tem mais uma letra que “luō” (solto). O Dr. Walvoord disse que eruditos como Ellicott preferem a palavra mais longa (lavada) porque “é mais fácil para os copistas deixar uma carta do que adicionar uma carta” (tradução de John F. Walvoord, Th.D., The Revelation of Jesus Christ, Moody Press, 1966, nota de rodapé 1, p 38). Esse é um forte argumento em favor da tradução do King James.

O preceito exegético de Lutero da “analogia da Escritura” ainda é válido - uma parte das Escrituras ilumina outra, que fala do mesmo assunto - e especialmente no mesmo livro! Portanto, baixamos os olhos e voltamos as costas para os escribas modernos que tentaram tirar de nós aquela palavra grega inspirada e santa traduzida por “lavados”. Graças a Deus, todo verdadeiro cristão pode gritar “glória” a Jesus, “que nos amou, e nos lavou dos nossos pecados no seu próprio sangue ”!

Agora há uma razão pela qual estou elaborando este ponto. É extremamente importante que você seja “lavado” de seus pecados, e não apenas “liberto” deles. Você vai encontrar-se com Deus face a face. Se você se encontrar com Deus no julgamento com pecado em seu registro, você estará em sérios apuros! Você deve ter um registro completamente limpo no Juízo Final ou Deus irá condená-lo às chamas eternas do Inferno (Apocalipse 20: 11-15). Quando Deus olha para o seu registro, é melhor que ele não encontre nenhum pecado registrado ali. No Dia do Julgamento, não será suficiente que você tenha apenas sido “liberto” de seus pecados. Oh, não! Para que você seja salvo dos tormentos eternos do Inferno, você deve ser “lavado [e tornado] branco no sangue do Cordeiro” (Apocalipse 7:14). Em Apocalipse 7 nos é dito que os que estão no céu “lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro” (Apocalipse 7:14). Por este versículo sabemos que todos nós devemos ser lavados no Sangue de Cristo se esperamos escapar do Inferno e estar seguros no Céu. É por isso que eu bati muito nesta tecla. Você deve ser lavado no sangue de Cristo ou você irá para o inferno por toda a eternidade. Esses "professores bíblicos" liberais e novos-evangélicos podem pensar que é bom dizer "libertos" em vez de "lavados". Ao pregar para pecadores como você. Você tem pecados no seu registro! Eles devem ser lavados ou Deus vai mandar você para o inferno. O que pode lavar seu pecado? Nada além do sangue de Jesus!

“Aquele que nos amou e nos lavou dos nossos pecados no seu próprio sangue” (Apocalipse 1: 5).

Deixe-me dizer-lhe, aqui e agora, que o Sangue de Cristo é extremamente importante! Onde você passa a eternidade depende do Sangue de Cristo! Se você vive uma vida cristã bem sucedida depende do Sangue de Cristo. Aqui estão alguns pontos importantes sobre o sangue.

I. Primeiro, o sacrifício de sangue nos leva ao princípio dos tempos.

Todos os povos antigos do mundo acreditavam em sacrifícios de sangue. É difícil encontrar qualquer cultura antiga no mundo onde sacrifícios de sangue não foram feitos. Por exemplo, os índios astecas do antigo México abateram mais de 20.000 humanos em seus altares pagãos, para apaziguar seus falsos deuses e ídolos. Os maias fizeram isso também. Todas as tribos das ilhas do Pacífico, nos tempos antigos, praticavam sacrifícios de sangue. Assim fez praticamente todas as tribos da África. Os antigos chineses fizeram sacrifícios de sangue ao seu deus monoteísta, chamado Shang Ti, quase 2.000 anos antes de Cristo. Os chineses sabiam de um só Deus e da necessidade de sacrifício de sangue, no alvorecer da história, no começo dos tempos! Os chineses muito antigos escreveram sobre Deus e sacrificaram sangue a Ele, em pedaços de ossos e cascos de tartaruga, que foram recentemente escavados. Esses artefatos remontam a mais de quatro mil anos. De onde veio essa ideia? Foi passado de uma geração para a outra dos primeiros sacrifícios de Adão e seus descendentes.

Moisés escreveu o livro de Gênesis, no início da história. Ele registrou o fato de que animais tinham que ser sacrificados para cobrir nossos primeiros pais quando eles pecaram. Seu filho Abel trouxe um sacrifício de sangue que agradou a Deus. Seu irmão Caim trouxe um sacrifício de vegetais que foi rejeitado. Noé fez sacrifícios de sangue a Deus. Assim fez Abraão. Todos esses sacrifícios foram feitos muito antes de o povo judeu ser instruído a sacrificar animais para Deus. Quando eram escravos no Egito, Deus lhes disse que sacrificassem cordeiros e manchassem o sangue nas ombreiras das portas. Deus disse que quando Ele viu aquele sangue Ele passaria por eles, e não os julgaria por seus pecados. Nós temos uma canção sobre isso:

Quando o sangue Eu vir, Quando o sangue Eu vir,
   Quando o sangue Eu vir, Sobre vóz passarei
Sobre vóz passarei
   (Tradução livre de “When I See the Blood”
by John Foote, 19th century).

That’s what God said to the Jews in slavery, in Egypt, on the first Passover. God said to the Jews that night,

“Isso é o que Deus disse aos judeus na escravidão, no Egito, na primeira Páscoa. Deus disse aos judeus naquela noite: ‘Quando eu vir o sangue, passarei por vós, e não haverá entre vós praga destruidora, quando eu ferir a terra do Egito.’” (Êxodo 12:13).

O povo judeu continua a celebrar o sacrifício de sangue da Páscoa simbolicamente até hoje. Na noite antes de ser crucificado, Cristo alterou o significado da Páscoa quando a transformou na Ceia do Senhor. Algumas igrejas chamam isso de Santa Ceia. Os católicos e ortodoxos orientais chamam a Missa. Mas toda igreja Trinitária pratica. A Bíblia diz:

“Enquanto comiam, tomou Jesus um pão, e, abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai, comei; isto é o meu corpo. A seguir, tomou um cálice e, tendo dado graças, o deu aos discípulos, dizendo: Bebei dele todos, porque isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, derramado em favor de muitos para remissão de pecados” (Mateus 26: 26-28).

Como você pode ver, todos os sacrifícios de sangue dos pagãos vieram de uma vaga memória da necessidade de o homem sacrificar a Deus. E a Páscoa do Antigo Testamento apontava para o sacrifício que o Messias, Cristo, faria na cruz. E hoje a Ceia do Senhor aponta para o que Cristo fez para nos salvar naquela cruz. A morte de Cristo na cruz e o derramamento de seu sangue ali é o evento religioso central de toda a história do mundo!

“Aquele que nos amou e nos lavou dos nossos pecados no seu próprio sangue” (Apocalipse 1: 5).

Eu lhes direi exatamente por que a expiação do sangue de Cristo na cruz é tão importante. Mas primeiro preciso explicar outro ponto.

II. Segundo, o Sangue de Cristo é amargamente odiado por Satanás.

No livro do Apocalipse, lemos:

“[Satanás], o acusador de nossos irmãos foi expulso, o mesmo que os acusa diante de nosso Deus dia e noite. Eles, pois, o venceram or causa do sangue do Cordeiro...” (Apocalipse 12: 10-11).

Satanás sabe que a única maneira pela qual alguém pode vencê-lo é pelo Sangue do Cordeiro - isto é, o Sangue de Cristo, o Cordeiro de Deus. A Bíblia diz que Satanás é um assassino. Ele quer destruir todo mundo que puder. E é por isso que ele odeia amargamente o Sangue de Cristo. Ele sabe que uma vez que uma pessoa tem o sangue de Cristo, ele é vencedor. O pecador vence Satanás pelo sangue de Cristo. Satanás não quer que isso aconteça. Então ele faz tudo o que pode para minimizar e desacreditar o Sangue de Cristo.

Na última parte do século XIX e no início do século 20, Satanás moveu muitos liberais teológicos para atacar o Sangue de Cristo, homens como o Dr. Harry Emerson Fosdick e o Dr. Nels Ferre. O Dr. Ferre disse: "O sangue de Cristo não tem mais poder do que o sangue de uma galinha". O Dr. Fosdick chamou a Expiação do Sangue de "uma religião do matadouro". Homens assim falavam furiosamente contra o Sangue de Cristo - inspirado por Satanás para fazer isso.

Mas, começando na última parte do século XX, Satanás começou a atacar o sangue de Cristo de outra maneira. Ele persuadiu homens evangélicos conservadores a subestimar o Sangue de Cristo. O Dr. J. Vernon McGee, o professor de Bíblia mais amado e ouvido da América, começou a notar essa tendência demoníaca. Em sua nota sobre nosso texto em Apocalipse 1: 5, o Dr. McGee disse:

Eu não sou inclinado a menosprezar o sangue de Cristo como alguns homens estão fazendo hoje. Eu ainda gosto do hino com estas palavras:

Há uma fonte carmesim
   Que meu Jesus abriu;
Na cruz, morrendo ali por mim,
   Minh’alma redimiu.

(J. Vernon McGee, Th.D., Thru the Bible, Thomas Nelson Publishers, 1983, volume V, pp. 890, 891; nota em Apocalipse 1:5-6).

É óbvio que o Dr. McGee estava referindo-se aos homens que menosprezam o Sangue de Cristo, como RB Thieme, John MacArthur e até Charles C. Ryrie, que disse sobre a oferta de Caim: "Uma oferta sem derramamento de sangue era perfeitamente apropriada" (Charles C. Ryrie, Th.D., A Bíblia de Estudo de Ryrie, Moody Press, 1978; note em Gênesis 4: 3). Eu mal podia acreditar meus olhos quando li essa nota do Dr. Ryrie. Eu acho igualmente estranho que Warren Wiers “parabenize” Ryrie por dizer isso! (traduzido de Warren W. Wiersbe, 50 People Every Christian Should Know, Baker Books, 2009, p. 207). Tudo isso me parece mais uma acomodação aos preconceitos do liberalismo. Precisamos parar de procurar a aprovação de estudiosos liberais – e ponto final!

Esses homens parecem não perceber a tremenda importância do Sangue do Salvador! Muitos os seguiram e não mais exaltam o Sangue em sua pregação. Para mim, esse é um engano sério do fim dos tempos. Nós não cairemos nisso se tivermos em mente que Satanás odeia o sangue de Cristo, e ele é um mentiroso e um enganador! Amém. Todos os pastores precisam pregar frequentemente sobre o precioso Sangue de Cristo! Afinal de contas, é assim que a Bíblia o chama:

"... o precioso sangue de Cristo" (I Pedro 1:19).

III. Terceiro, o Sangue de Cristo nos Redime.

O texto inteiro de I Pedros diz:

“Sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vosso pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo ”(1 Pedro 1: 18-19).

Você não é remido resgatado com ouro. Deus não o salva com prata. Deus não o salva dependendo da quantia de dinheiro que você dá na igreja. Nós somos remidos “com o precioso sangue de Cristo”.

Redenção significa comprar alguém da escravidão. Jesus disse que veio “para dar a sua vida em resgate por muitos” (Mateus 20:28). Ele não precisava explicar porque dois terços das pessoas no mundo naquela época eram escravos. Havia escravos de todas as raças, da antiga Bretanha, da Espanha, da África - de todos os lugares. Todos os grupos étnicos do mundo já foram escravos em algum momento. O povo judeu foi escravizado no Egito por 400 anos, como eu disse há pouco.

O apóstolo Pedro disse que Cristo o compra da escravidão com o seu próprio sangue. De que Ele o compra de volta? Da escravidão ao pecado. Milhões de pessoas em Los Angeles são escravas do pecado. Eles são viciados em cigarros - e não desistem. Eles estão viciados em pornografia e não param de olhar para ela. Você é um escravo desse pecado! Mas a Bíblia diz que Cristo pode libertá-lo. Ele pode redimir você do pecado do seu próprio coração rebelde e descrente. Eu acho que é a coisa mais difícil. Cristo pode redimir você do seu próprio coração perverso de incredulidade! Há muito mais, mas fiquei sem tempo! Toda a sua salvação depende do Sangue de Cristo! O Sangue de Cristo pode redimir você de todo pecado! Escute William Cowper

Na cruz meu Cristo já pagou
   O mal que cometi;
E pela morte que passou
   A vida eu consegui.

Assim, pois, fez-me, com amor,
   Andar no trilho seu;
Confio sempre com fervor
   Em quem por mim morreu
(“Achei a Fonte Carmesim” William Cowper, 1731-1800;
      na melodia de “Amazing Grace”).

E Fanny Crosby disse:

Remido! Remido
   No sangue do meu salvador
Remido por cristo
   Fui salvo por seu santo amor
(“Remido” por Fanny J. Crosby, 1820-1915).

IV. Quarto, o Sangue de Cristo pode purificá-lo de todo pecado

Não esqueça de quem é Jesus! Ele não é apenas um qualquer! Qualquer pessoa que você conheça não tem sangue que possa limpá-lo do pecado. Mas Jesus não é apenas qualquer pessoa com a qual você cruza na rua. Ah não! Jesus é o eterno Filho de Deus, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, “Deus Verdadeiro de Deus Verdadeiro”.

“Todas as coisas foram feitas por Ele; e sem Ele nada do que foi feito se fez” (João 1: 3).

O Senhor Jesus Cristo criou o universo inteiro antes de descer do céu. Ele é o único de quem O sangue pode purificá-lo do pecado - e torná-lo limpo o suficiente para ir para o céu! O apóstolo João disse:

“O sangue de Jesus Cristo, Seu Filho, nos purifica de todo o pecado” (I João 1:7).

Nosso texto diz a mesma coisa

“Aquele que nos amou e nos lavou dos nossos pecados no seu próprio sangue” (Apocalipse 1:5).

Você gostaria que isso acontecesse com você? Você gostaria de ser salvo das garras de Satanás? O sangue de Cristo pode fazer isso! Você gostaria de ser redimido do pecado? O sangue de Cristo pode fazer isso! Você gostaria de ser lavado de todo o pecado, assim você pode ir para o céu e se alegrar conosco lá? O sangue de Cristo pode fazer isso!

Mas há algo que você deve fazer. Antes que o sangue de Cristo faça essas coisas por você, você deve se afastar do seu pecado. Esse é o número um. Você deve se afastar de seus pecados. Então, em segundo lugar, você deve confiar em Jesus. Venha a Ele pela fé e confie nEle. Alguém pode dizer: “Isso é tudo?” Sim! Isso é tudo! E o Seu Sangue o limpará todo o pecado e o levará à comunhão e alegria com Deus Pai! Você vai se afastar do seu pecado e confiar em Jesus? Ouça enquanto o Sr. Griffith canta uma estrofe de seu solo novamente. Não cante rápido demais, Sr. Griffith.

Não foi ouro ou a prata que minha minh’alma comprou
   Nem riquezas do mundo salvaram meu ser
Pelo sangue vertido na cruz fui lavado;
   E Sempre por Seu sangue o mal vencer.
Remido, mas não por prata
   Comprado, mas não por ouro
O preço foi Seu precioso sangue
   Alto preço, tão grande amor
(tradução livre de “Nor Silver, Nor Gold” por Dr. James M. Gray, 1851-1935).

Se você quiser falar conosco sobre como confiar em Jesus, enquanto os outros sobem para almoçar, venha e sente-se nas duas primeiras fileiras. Amém


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Solo cantado antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
“Nor Silver Nor Gold” (by Dr. James M. Gray, 1851-1935).


O ESBOÇO DO

LAVADO NO SANGUE DE CRISTO!

WASHED IN CHRIST’S BLOOD!

Um sermão escrito pelo Dr. R. L. Hymers Jr.
e pregado pelo Rev. John Samuel Cagan

“Aquele que nos ama e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados” (Apocalipse 1:5).

(Apocalipse 7:14)

I.   Primeiro, o sacrifício de sangue nos leva ao princípio dos tempos.
Êxodo 12:13; Mateus 26:26-28.

II.  Segundo, o Sangue de Cristo é amargamente odiado por Satanás.
Apocalípse 12:10-11; I Pedro 1:19.

III. Terceiro, o Sangue de Cristo nos Redime. I Pedro 1:18, 19;
Mateus 20:28.

IV. Quarto, o Sangue de Cristo pode purificá-lo de todo pecado
João 1:3; I João 1:7.