Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 39 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




DETERMINADO A SOFRER

DETERMINED TO SUFFER
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Sábado à noite, 10 de março de 2018
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Saturday Evening, March 10, 2018

“E aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém”
     (Lucas 9:51).


O Dr. John Gill disse: "Havia chegado a hora em que Jesus deveria deixar as regiões baixas da Galiléia, tendo terminado a sua obra ali, e subir para a região mais alta da Judéia, indo, assim, em direção a Jerusalém. ... Depois disso, ele jamais voltou à Galiléia ... e estava decidido a ir a Jerusalém ... embora soubesse o que encontraria e sofreria; que ele levaria sobre Si os pecados do Seu povo, a maldição da lei e a ira de Deus; que teria muitos inimigos, homens e demônios para enfrentar e sofrer uma morte dolorosa, vergonhosa e maldita. Ainda assim, nenhuma dessas coisas o moveu, ele [firme e decididadmente] foi [para lá] "(traduzido de John Gill, D.D., An Exposition of the New Testament, The Baptist Standard Bearer, 1989 reprint, volume I, p. 589; note on Luke 9:51).

“E aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém” (Lucas 9:51).

 

“Ele partiu resolutamente em direção a Jerusalém.” para morrer na Cruz. Eu compartilharei três pensamentos sobre este texto.

I. Primeiro, Cristo foi à cruz propositalmente.

A crucificação de Cristo não foi um acidente! Não! Ele já havia dito aos Discípulos:

“É necessário que o Filho do homem padeça muitas coisas, e seja rejeitado dos anciãos e dos escribas, e seja morto, e ressuscite ao terceiro dia” (Lucas 9:22).

E uma outra vez, Ele já lhes havia dito:

“Ponde vós estas palavras em vossos ouvidos; porque o Filho do Homem será entregue nas mãos dos homens. Mas eles não entendiam essa palavra, que lhes era encoberta, para que não compreendenssem, e temiam interrogá-lo acerca dessa palavra.” (Lucas 9:44-45)

.

Os discípulos não compreenderam que Ele estava indo para Jerusalém para morrer na cruz. Mas Cristo sabia e entendia. Pela terceira vez no Evangelho de Lucas, Cristo disse:

“Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do Homem tudo o que pelos profetas foi escrito. Pois há de ser entregue aos gentios, e escarnecido, injuriado e cuspido; e havendo-O açoitado, o matarão, e, ao terceiro dia, ressuscitará. E eles nada disso entendiam, e esta palavra lhes era encoberta, não percebendo o que se lhes dizia.” (Lucas 18:31-34).

Os discípulos esperavam que Jesus fosse entronizado como o rei e o Messias de Israel. Eles simplesmente não conseguiam entender por que Ele tinha que morrer na Cruz. Por quê? Lucas 18:34 diz que “esta palavra lhes era encoberta”. E tão somente depois que Cristo ressuscitou da morte, é que Ele lhes abriu “o entendimento ... E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse e, ao terceiro dia ressuscitasse dos mortos.”(Lucas 24:45-46). Portanto, os Discípulos não tinham compreensão do Evangelho (I Corinthians 15:1-4) até que Cristo ressuscitou (ver João 20:22, 24-28).

Mas Jesus sabia porque Ele estava indo para Jerusalém. O apóstolo João disse que Jesus sabia “todas as coisas que sobre Ele haviam de vir” (João 18:4). No entanto, “Ele partiu resolutamente em direção a Jerusalém" para morrer na Cruz (Lucas 9:51). Ele sabia que Deus iria esmagar Sua alma no Getsêmani com o peso de nossos pecados – de tal maneira que Ele suou gotas de sangue e clamou que Deus o livrásse da morte naquela noite, para que Ele pudesse ir à Cruz na manhã seguinte. Ele sabia que Pilatos o açoitaria, e toda vez que era chicoteado, toda vez que o sangue jorrava, e a carne lhe era arrancada de seus ossos, os escravos ririam e zombavam Dele, tornando sua dor mais intensa e horrível . E Cristo sabia que estava indo a Jerusalém para ser crucificado. Ele sabia que iriam arrastá-lo do lugar onde foi açoitado e traspassarem com cravos suas mãos e pés. Então, quando os soldados levantaram a Cruz, Ele ficaria ali pendurado por horas, nu, ao sol ardente, antes que morresse. Sim, Jesus sabia de tudo isso; Ele sabia que estava indo para Jerusalém para sofrer, sangrar e morrer. No entanto, Ele “partiu resolutamente em direção a Jerusalém.”(Lucas 9:51). Ele não foi obrigado a ir! Não! Ele foi voluntariamente:

“... o qual, pelo gozo que lhe estava proposto suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus" (Hebreus 12: 2).

Jesus Cristo, “pelo gozo que lhe estava proposto”, partiu resolutamente em dieção a Jerusalém.” – para morrer na Cruz! Fique de pé e cante o coro, "Ao Pé Da Cruz".

Sim na Cruz, sim na Cruz,
   Sempre me glorio;
‘Té que ao fim vá descansar
   Salvo além do rio.
(“Ao Pé da Cruz” por Fanny J. Crosby, 1820-1915).

Podem sentar-se. Sim, Cristo foi à Cruz propositalmente.

“E aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém” (Lucas 9:51).

II. Segundo, Cristo à Cruz para Deixar-nos um exemplo.

Eu sei que os velhos liberais - rejeitadores da Bíblia -, como Harry Emerson Fosdick, enfatizam demais esse ponto, porque eles não tinham outro ponto a enfatizar! Mas é um ponto que está na Bíblia - então devemos às vezes pregar sobre isso. O apóstolo Pedro não era liberal, e ele disse:

“pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando exemplo, para que sigam os seus passos" (I Pedro 2:21)

Cristo “partiu resolutamente em direção a Jerusalém” para sofrer e morrer. E todo cristão verdadeiro deve estar disposto a seguir o Seu "exemplo" (I Pedro 2:21). Todo cristão verdadeiramente convertido deve passar voluntariamente por provações e dificuldades, como Cristo, nosso grande exemplo.

Eu sei que o chamado "evangelho da prosperidade" está muito popular neste momento. Benny Hinn, Joel Osteen e muitos outros na TBN, pregam sobre “prosperidade” constantemente. Mas isso é apenas uma moda passageira. Dentro de alguns anos você ouvirá muito pouco sobre isso (ou talvez não ouvirá de maneira alguma). Durante o crescimento do terrorismo mundial, e isso apenas está começando, muitas pessoas perceberão que a "evangelho da prosperidade" é um ensinamento falso. O verdadeiro evangelho chama os verdadeiros convertidos para uma vida de abnegação e de carregar sua cruz. Jesus disse:

“Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” (Lucas 9:23).

Note que Jesus disse: “Se alguém” (tradução moderna, “qualquer pessoa”). Ele não estava falando sobre um grupo especial de "super santos". Ele disse:

“Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz e siga-me” (Lucas 9:23).

Não me interprete mal. Eu não acredito que obras humanas contibuam para nossa salvação. A salvação é toda pela graça, “não pelas obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2: 9).

“Porque Deus é o que opera em vós, tanto o querer quanto o executar segundo a sua boa vontade” (Filipenses 2:13).

Quando Deus estiver trabalhando em você, você estará disposto a negar-se a si mesmo, tomar a cruz, e passar pela angústia da convicção, e vir a Cristo, e passar por provações e sofrimentos como cristão, porque

“por muitas tribulações nos importa entrar Reino de Deus” (Atos 14:22).

Alguém pode dizer: "Se é tão difícil, por que alguém quereria se tornar um cristão?" A resposta é simples.

“Quando convocares as tuas tropas, o teu povo se apresentará voluntariamente” (Salmo 110: 3).

Eu sei que muitos cristãos no Terceiro Mundo tem sido torturados e presos por sua fé. No entanto, eles não desistem de Cristo. Você pode ler sobre eles na Internet no site www.persecution.com . Pela graça de Deus, você pode tornar-se como eles, como eles são como Cristo, que “partiu resolutamente em direção a Jerusalém.” (Lucas 9:51) - porque também “Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando exemplo, para que sigam os seus passos "(I Pedro 2:21). É pelo sofrimento que nós nos tornamos cristãos amadurecidos. Deus usa as provações e tribulações da vida cristã para nos tornar mais santos e mais fortes na fé. O apóstolo Paulo disse:

“Mas também nos glorificamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência; E paciência, a experiência; e a experiência, a esperança: E a esperança não traz confusão; porquanto o amor de Deus está derramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado.” (Romanos 5:3-5).

Então você poderá cantar o coro deste hino. Eu sei que alguns de vocês não querem dizer isso agora, mas pela graça de Deus, um dia alguns de vocês o entenderão. Por favor, fique de pé e cante novamente!

Sim na Cruz, sim na Cruz,
   Sempre me glorio;
‘Té que ao fim vá descansar
   Salvo além do rio.

Podem sentar-se. Sim, Cristo foi à Cruz para nos deixar um exemplo - para nos mostrar que precisamos segui-lo, não importando o preço a pagar.

“E aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém” (Lucas 9:51).

III. Terceiro, Cristo foi à cruz para nos redimir dos nossos pecados.

Jesus disse a Tiago e João:

“Porque o Filho do Homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-los” (Lucas 9:56).

Jesus disse a Zaqueu:

“O Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (Lucas 19:10).

Através de Sua morte na Cruz, Jesus pode salvá-lo do juízo, do pecado e da ira de Deus. Jesus pode salvá-lo morrendo em seu lugar, para pagar seus pecados, na Cruz. Jesus deliberadamente “paritu para Jerusalém” e morreu na Cruz para fazer a expiação pelo seu pecado. O profeta Isaías disse:

“O Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos” (Isaías 53:6).

“O meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si” (Isaías 53:11).

Cristo foi a Jerusalém para morrer em seu lugar, para pagar pelos seus pecados, como seu substituto. Isso é chamado de "expiação vicária". O Dr. Charles Hodge disse:

O sofrimento vicário é o sofrimento de uma pessoa [em lugar] de outra (traduzido de Charles Hodge, Ph.D., Systematic Theology, Eerdmans, 1946 reprint, pág. 475).

Jesus Cristo, o Deus Filho, morreu em seu lugar, como seu substituto. Jesus pagou por todos os seus pecados ao morrer na cruz em seu lugar, como seu substitute. Creia Nele e você será salvo. Como Isaías disse:

“Ele foi ferido pelas nossas trangressões e moído pelas nossas iniquidades” (Isaías 53:5).

E o Apóstolo Paulo disse:

“Cristo morreu por nossos pecados de acordo com as Escrituras” (I Coríntios 15:3).

A morte de Cristo na cruz satisfaz a justiça de Deus. A morte de Cristo satisfaz a lei de Deus. A morte de Cristo apaziga, propicia, a ira de Deus. Assim, a morte de Cristo reconcilia Deus com os pecadores. A morte de Cristo nos liberta do poder do mal. É por isso que Jesus desceu do céu. É por isso que Jesus "partiu resolutamente para Jerusalém" para morrer na Cruz (Lucas 9:51). Sua morte na Cruz pagará o preço por seu pecado, e você será salvo para sempre e por toda a eternidade! Como nós oramos para que Deus o atraia para Jesus! Por favor, coloque-se em pé e cante o hino número 1 de sua folha de músicas.

As feridas de Jesus claramente nos mostram Seu tão grande amor,
As chagas que mostram o rio carmesim do sangue que Expiou,
Do sangue que Expiou.

Ó o sangue que jorrou quando a coroa de espinhos Cristo coroou,
Suas mãos e pés por cravos traspassados, oh! Tortura, imensa dor!
Oh! imensa dor!

Ó venham todos vós, que manchados pelo pecado estão,
Ó venham lavar-se em Seu Sangue, e assim limpos serão,
E assim limpos serão.
(Tradução livre de “Jesus Wounded” por Edward Caswell, 1849;
      com a melodia de “Majestic Sweetness Sits Enthroned”).


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Solo cantado antes do Sung Before the Sermon by Mr. Benjamin Kincaid Griffith:
“Jesus Wounded” (por Edward Caswell, 1849;
com a melodia de “Majestic Sweetness Sits Enthroned”).


O ESBOÇO DO

DETERMINADO A SOFRER

DETERMINED TO SUFFER

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

“E aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém”
    (Lucas 9:51).

I.   Primeiro, Cristo foi à cruz propositalmente, Lucas 9:22, 44-45; 18:31-34;
Lucas 24:45-46; I Coríntios 15:1-4; João 20:22, 24-28; João 18:4;
Hebreus 12:2.

II.  Segundo, Cristo à Cruz para Deixar-nos um exemplo, I Pedro 2:21;
Lucas 9:23; Efésios 2:9; Filipenses 2:13; Atos 14:22; Salmo 110:3;
Romanos 5:3-5.

III. Terceiro, Cristo foi à cruz para nos redimir dos nossos pecados,
Lucas 9:56; 19:10; Isaías 53:6, 11, 5; I Coríntios 15:3.