Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 39 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




REAVIVAR PARA SOBREVIVER

REVIVAL FOR SURVIVAL
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Um sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Noite de Quinta Feira, 31 de Agosto de 2017
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Thursday Evening, August 31, 2017


Por favor levanter-se e cante o número 19 de nossa folha de hinos, “Here is Love, Vast as the Ocean.”

Eis o amor, vasto oceano, Doce fonte a jorrar,
   Quando o Príncipe da Vida, Sangue deu pra nos salvar.
Deste amor quem não se lembra? Seu louvor quem cessará?
   Pelos céus, dias eternos, Ninguém dEle esquecerá.

Sobre o monte do Calvário Larga fonte se abriu,
   Mar de graça e piedade, Dos portões de Deus fluiu.
Graça e amor qual vasto rio, Flui do alto sem cessar,
   Paz de Deus, pura justiça, Os perdidos veio amar.

Eu o Teu amor aceito, E prá sempre Te amarei,
   Viverei para louvar-Te, e Teu Reino Buscarei.
Para Ti será minha glória, Nada ao mundo eu darei,
   Me tornaste puro e santo, e eu livre viverei.

Teu Espirito e Tua Palavra vem minha vida dirigir,
   E a tua graça satisfaz-me, meu Senhor confio em Ti.
Sem medida, e ilimitados, são o Teu poder e amor,
   O meu coração cativo, é submisso a Ti, Senhor.
(Tradução livre de "Here is Love, Vast as the Ocean", de William Rees, 1802-1883).

Oremos todos para que Deus esteja presente conosco aqui hoje à noite . (Eles oram) Agora cantemos o número 22 “A Luta é Finda”

Aleluia! Aleluia! Aleluia!
O luta é finda a guerra acabou,
A vitória da vida já se conquistou;
O canto de triunfo já começou, Aleluia!
Aleluia! Aleluia! Aleluia!

O poder da morte com fúria atacou,
Mas Cristo, suas legiões dispersou;
Grito de júbilo já se escutou, Aleluia!
Aleluia! Aleluia! Aleluia!

Três dias de tristeza e de dor,
ligeiros passaram, ressurgiu o Senhor;
Toda a glória ao nosso Redentor! Aleluia!
Aleluia! Aleluia! Aleluia!

As portas do Inferno Ele cerrou;
A cadeia lá dos portões do Céu baixou:
Hinos de louvor, Seus triunfos dirão, Alleluia!
Aleluia! Aleluia! Aleluia!

Senhor, pelas pisaduras que Te feriram,
Do pavor da morte, Teu servo livraste,
Para que possamos viver e cantar para Ti. Aleluia!
Aleluia! Aleluia! Aleluia!
   (Tradução livre de “The Strife Is O’er,” por Francis Pott, 1832-1909).

Oremos todos para que Jesus Cristo seja glorificado aqui esta noite (todos oram). Agora cantemos o número 23, "E pode ser?"

Maravilhoso é o amor, que Cristo na cruz por mim demonstrou
Eu de sua morte causa fui, sendo eu rebelde pecador,
Ó que maravilhoso amor! Por mim morreu o Salvador.
Ó que maravilhoso amor! Por mim morreu o Salvador.

Seu lar Jesus abandonou, sua glória e honra Ele ali deixou,
De tudo Ele se despojou, para resgator o vil pecador, Misericordia a mim mostrou, Seu grande amor me alcançou,
Ó que maravilhoso amor! Por mim morreu o Salvador.

Oh que mistério! O Deus imortal na cruz entregou seu ser,
Homens, nem anjos jamais poderão entender.
Inexplicável é o amor que demonstrou meu Salvador,
Ó que maravilhoso amor! Por mim morreu o Salvador.
Em grande escuridão eu vivi, em vil prisão eu padecí,
Então a mim luz resplandeceu, a luz de verdade minha vida encheu;
Minhas cadeias Ele quebrou, e livre hoje sou, glorias ao Senhor,
Ó que maravilhoso amor! Por mim morreu o Salvador.

Hoje não temo a condenação, Jesus é para sempre meu Senhor,
Vivo em meu Salvador, vestido em sua justiça andando estou;

Livre acesso gozo já e entrada ao trono celestial,
Ó que maravilhoso amor! Por mim morreu o Salvador,
   (tradução livre de “How Can it be?" Por Charles Wesley, 1707-1788).

Podem sentar-se. Nosso diácono, Ben Griffith, virá cantar para nós.

Estamos aqui esta noite para louvar e glorificar o Senhor Jesus Cristo - e Ele somente! Agora, abram suas Bíblias em Provérbios, capítulo 14, versículo 14. É na página 681 da Bíblia de Estudo Scofield. Por favor, fiquem em pé novamente enquanto eu leio o texto.

"Dos seus caminhos se fartará o infiel de coração" (Provérbios 14:14).

Pergunte-se a si mesmo: "Estou eu cheio de meus próprios caminhos? Tem meu coração se tornado frio? Eu tento orar quando estou a sós, mas não sinto a presença de Deus. "É você? Quando você vai ao evangelismo, há um fogo em seus ossos que o impele a buscar uma alma perdida? Ou você tem menos zelo do que você já teve pelo evangelismo? Quando você ouve alguém orar em voz alta, seu coração e seus lábios dizem: "Amém" em cada petição? Ou você acha que eles não são tão bons quanto você quando começou a orar? Ou você pensa, "Eles logo vão cair"? Você procura falhas em um novo convertido? Você acha que eles não são tão bons quanto você era quando você era novo convertido? Quando a pregação faz você pensar em suas falhas, você pensa: "Eu nunca as confessarei. Você nunca me fará fazer uma confissão "? Você se alegra quando atenção é dada à uma nova pessoa? Ou você acha que eles não são tão bons quanto você era quando foi salvo pela primeira vez? Você é tão bom como quando você foi salvo pela primeira vez? Ou seu coração ficou frio e vazio?

"Dos seus caminhos se fartará o infiel de coração." (Provérbios 14:14).

Logo que você se converteu, você faria qualquer coisa pelo Senhor. Naquela época, você disse: "Eu amo servir a Jesus. Eu nunca posso fazer muito por ele. "Você poderia dizer isso de coração agora? Ou você é um cristão rebelde? Eu não estou falando apenas com os jovens. Estou falando com "os 39" - Estou falando com as pessoas mais velhas, bem como com os jovens. Não estou falando com os jovens perdidos. Estou falando com você que foi salvo já há muito tempo. Você perdeu seu primeiro amor? Você está tão cheio de amor por Cristo como estava quando foi salvo? Jesus disse aos cristãos em Éfeso:

"Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras" (Apocalipse 2:4,5).

Eu sou pregador há quase 60 anos. Meu coração tornou-se às vezes rebelde nessas 6 décadas. Como eu sai de um estado de rebeldia? Isso acontece dessa maneira. Primeiro, percebo que meu coração está cheio de meus próprios caminhos. Estou com pena de mim mesmo. Eu me sinto triste. Eu reclamo sobre o quão difíceis são as coisas. Em segundo lugar, começo a perceber que deixei meu primeiro amor por Jesus. Em terceiro lugar, lembro-me de quão longe eu caí. Eu sou condenado pelos pecados que vieram entre mim e Jesus. Então me lembro de Jesus na Cruz, morrendo para pagar pelos meus pecados. Eu me arrependo e confio nele novamente. É quase como uma segunda conversão.

Sê minha vida, ó Deus de poder;
   Que eu nunca perca a visão do teu ser.
Se é noite ou dia, tu és minha luz;
   Tua presença meus passos conduz.
Sê minha fonte de todo saber,
   Pois a verdade eu desejo aprender.
Eu sou teu filho, ó Pai sem igual.
   Em mim habita, Senhor divinal.
(Tradução livre de “Fill All My Vision”
      por Avis Burgeson Christiansen, 1895-1985).

Eu não pedirei que você faça algo que eu mesmo não farei. Eu aconselhei John Cagan a render-se para pregar. Ele finalmente disse que sim. Então eu achei que ele era um melhor pregador do que eu. Ele tinha a força da juventude, enquanto eu era velho e tinha perdido a força. Tornei-me muito ciumento de John. Isso me atormentou até uma noite que eu confessei a ele. Então eu confessei a você. Então fui curado e minha alegria foi restaurada. Eu estou pedindo que você faça esta noite o que eu fiz. Eu estava tão endurecido de coração que eu realmente estava com medo de que vocês não quisessem mais me ouvir pregar. Então, Deus enviou um toque de reavivamento à nossa igreja e eu me arrependi e voltei para Jesus para purificação, mais uma vez, em Seu sangue precioso. Parece estranho a você que um homem de 76 anos, que tem pregado por 60 anos, precise se arrepender? Não, não é estranho. É a única maneira de ser renovado e avivado em seu coração. "Arrependa-se e faça as primeiras obras" (Apocalipse 2: 5). Arrependa-se repetidas vezes. Volte para Jesus e seja purificado pelo Seu Sangue novamente e novamente! O grande Reformador Lutero disse: "Toda a nossa vida deve ser um arrependimento constante ou incessante". Lutero teve que se arrepender constantemente e voltar para Jesus para purificação. Assim é comigo e com você.

Creio que Tiago 5:16 tem uma aplicação para avivamento. Ele diz: "Confessai vossas faltas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sejais curados ..." Observe a palavra "faltas". A palavra grega é "paraptōma". O Dr. Strong diz que o significado principal da palavra é "um deslize; [um] erro ou falha e outros pecados ". O que nos é pedido para confessar não são apenas grandes pecados, mas aqui nos é dito para confessar nossos "deslizes", nossos" erros e falhas ". Nossa raiva de alguém, nossa falta de perdão, nosso ciúme, nossa falta de amor, outras falhas entre nós e Deus.

Muitas vezes, nossos corações são curados confessando nossas faltas somente a Deus. Percebi que o rosto de Kai Perng brilhava com amor e preocupação. Antes disso, ele tinha um olhar amargo e irritado. Perguntei-lhe o que aconteceu. Ele me disse: "Eu vi como o Espírito Santo trabalhou na Sra. Shirley Lee. Eu queria ter a paz e alegria que ela tinha. Eu, então, confessei a Deus que estava com raiva de você, pastor. Então minha própria raiva desapareceu e eu tive paz e preocupação para com os outros. "Maravilhoso! Me deu grande alegria quando o ouvi dizer isso! Eu disse a ele que eu o amo. Confissão é isso. Trata-se de perdoar os outros e ter uma nova paz e alegria de Deus! Isso é o que o avivamento faz - você terá nova paz e alegria quando você confessar suas faltas a Deus.

Mas quando Deus se move entre nós, você deve confessar suas faltas diretamente a um irmão ou irmã. Você deve confessar suas falhas uns aos outros. James 5:16 pode ser traduzido literalmente como "Faça um hábito, uma prática confessar suas falhas uns aos outros, e faça uma prática de orar uns pelos outros. "Isso significa que você não deve esperar até que uma doença o ataque para que venha confessar" (R. C. H. Lenski). Na China eles têm a prática de confessar suas falhas uns aos outros e orar uns pelos outros. É por isso que eles têm um constante avivamento na China.

Eu disse a um irmão que eu faria um convite para que vocês viessem para que orássemos por vocês como fiz duas outras vezes. Perguntei-lhe: "Você acha que alguém virá?" Ele pensou um pouco, e então respondeu: "Não. Ninguém virá. "Perguntei-lhe por que vocês não viriam. Ele disse que é porque vocês acham que eu quero um avivamento para que mais pessoas venham à nossa igreja. Mas essa não é a razão. Pergunte a si mesmo, que bem nos faria se mais pessoas viessem? Como poderíamos ajudá-los se eles viessem? Nós lhes ofereceríamos amizade, alegria e amizade profunda. Mas você tem essas coisas você mesmo? Tem? Ou você só tem uma religião de dever sem amor? Você não está amando e se importando, está? Você não tem amizade profunda, não é? Você não tem alegria, não é? Você não tem amizade profunda, não é? Seu coração não está profundamente apaixonado pelas novas pessoas, não é? Seja honesto, você não tem um amor profundo por Jesus, não é? Como podemos oferecer essas coisas aos outros quando não os temos?

Quando eu peço que você confesse suas faltas e pecados, você pensa: "Isso vai me expor se fizer isso." Você já está fazendo seu trabalho - muito trabalho! Não é de mais trabalho que você precisa. É de mais amor! Mais amor por Cristo! Mais amor uns pelos outros só pode vir quando temos mais amor por Ele!

Sê tu a fonte do meu desejar
   Que tua glória me venha inspirar,
Sê tu minha vida, Senhor divinal,
   Inunda meu ser com Tua luz celestial.
Que nada vil, ó Divino Senhor,
   Apague Tua luz em meu interior,
Que Tua face sempre eu possa ver
   E tua glória brilhe em meu ser.

Uma noite dessas eu estava pensando no pobre Sansão. Quatro capítulos inteiros na Bíblia são dedicados a Sansão. Ele é listado como um homem salvo em Hebreus 11:32. Quando ele foi salvo? Eu creio que ele não foi salvo até alguns minutos antes de sua morte quando ele finalmente clamou a Deus por ajuda. Mas Jesus o chamou para ser um homem santo, "um Nazireu para Deus" (Juízes 13:5). "O Espírito do Senhor começou a movê-lo às vezes" (Juízes 13:25). Mas Sansão falhou em amar a Deus com todo seu coração. Durante a maior parte de sua curta vida, ele era como você. Ele pensou que poderia viver a vida cristã por seu próprio poder, por sua própria força. Mas ele não podia. Ele falhou uma e outra vez, como você e eu. Por fim, as forças satânicas o tomaram e vazaram seus olhos, e o puseram a "moer na prisão" (Juízes 16:21).

Oh, irmãos e irmãs, não são alguns de vocês como o pobre Sansão? Você foi chamado por Jesus. Você foi movido pelo Espírito Santo para fazer coisas boas para Deus no passado. Mas gradualmente você foi ficando amargo e triste. Você não está feliz agora. Você não tem um verdadeiro amor pela igreja agora. Você vem à igreja com olhos cegos. Sua religião é árdua, trabalho árduo sem alegria. Trabalho fraudulento, escravo! Isso é tudo! Você vem à igreja como escravo. É puro trabalho pesado. Você não ama estar mais aqui. Você está "moendo no cárcere " como o pobre Sansão. Eu não sei como outros pensam sobre nele, mas eu tenho chorado lágrimas amargas ao ler sobre ele “moendo no cárcere" - amarrado com grilhões e correntes de bronze, moendo, empurrando o moinho que triturava o grão, hora após hora.

E eu sei que essa é sua religião também, e às vezes meu coração chora por você. Você não tem alegria. Você não tem amor. Você não tem esperança. Você apenas está trabalhando como escravo na prisão. Sim! Para alguns de vocês, esta igreja é um cárcere, uma prisão onde você passa moendo pelos cultos, onde você trabalha com o trabalho escravo do evangelismo. Você odeia tanto isso! Mas você não sabe como escapar! Você está preso com cadeias espirituais, moendo, moendo, moendo sem esperança. Às vezes você pensa em sair. Eu sei que alguns de vocês pensam assim. Mas você não pode sair. Os únicos amigos que você tem estão aqui. Os únicos parentes que você tem estão aqui! Como você pode escapar da pedra de moinho incessante, do trabalho árduo e do trabalho de uma igreja que parece uma prisão para você? Eu quero ajudar você! Deus sabe que eu quero! Existe apenas uma maneira de escapar. Como você sabe, pregador? Porque eu estive no mesmo lugar que você está agora! Eu estava acorrentado à uma igreja, moendo, moendo, e odiando - mas não encontrando como escapar! A única maneira de escapar é Jesus! Confesse suas falhas! Por que não? Suas falhas são as cadeias que o prendem! Livre-se delas! Arrependa-se e seja purificado pelo Sangue, pois somente Jesus pode soltar suas correntes e libertá-lo novamente.

"Confessai vossas faltas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sejais curados” (Tiago 5:16)

Confesse seus medos, suas dúvidas, seus pecados, sua ira, sua amargura, seu ciúme. "Confessai vossas faltas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sejais curados..." (Tiago 5:16). A Sra. Lee fez isso! E Jesus a curou. Kai Perng fez isso, e Jesus o curou. Agora há um raio de esperança. Você pensa: "Será verdade?" Sim! É verdade! Todos, por favor, orem para que alguém confesse suas faltas e seja curado por Jesus (eles oram).

"Cristo disse:" Bem-aventurados os que choram "(Mateus 5:4), que se refere àqueles que sentem sua rebeldia e choram por isso. O pecado é sempre um problema para o cristão que está desejando o avivamento, e o avivamento sempre trata incômodamente com aquelas coisas que o mundo não vê. O avivamento lança luz em lugares escuros ... para se preparar para o avivamento, Evan Roberts os lembraria que o Espírito [Santo] não viria até que as pessoas estivessem preparadas: "Devemos liberar a [igreja] de todos os sentimentos ruins - toda maldade, inveja, preconceito e mal-entendidos. [Não ore] até que todas as ofensas tenham sido perdoadas: mas se você sente que não pode perdoar, incline-se ao pó e peça um espírito perdoador. Você conseguirá então "... apenas o cristão limpo pode viver perto de Deus (traduzido de Brian H. Edwards, Revival, Evangelical Press, 2004, pág. 113) ..." Todos os homem esqueceram-se uns do outros. Cada um estava face a face com Deus [ao confessarem seus pecados] ... [Isto é] típico de quase todos os reavivamentos registrados. Não existe um avivamento sem uma convicção profunda, incômoda e humilde de pecado "(ibid., P. 116) ..." Hoje temos uma igreja profana porque os cristãos não sentem seu pecado ou temem ... Aqueles que mais anseiam pelo avivamento devem começar examinando seus corações e vivendo diante de um Deus santo. Se cobrimos nossos pecados e não confessamos agora [não teremos avivamento] ... Um Deus santo faz o cristão consciente até mesmo do menor pecado... Aqueles que sabem estar na presença de um Deus santo são sempre conscientes do pecado pessoal ... Este profundo trabalho de convicção sempre leva à liberdade e alegria na nova experiência de perdão. Seguindo o "quebrantamento de coração", vem as explosões da alegria da salvação "(ibid., P. 120).

Nós tivemos dezessete jovens esperançosamente convertidos naqueles cultos. Nós experimentamos um toque de avivamento naqueles cultos. Pelo menos, esses jovens foram despertados. Ninguém esperava que eles fossem despertados e esperançosamente salvos. No entanto, quando eu anunciei seus nomes, ninguém se alegrou em nossa congregação. Por que você não se alegrou? Na China, eles choraram de alegria! Por que não aqui?

Dezessete jovens foram esperançosamente salvos, mas não houve lágrimas de alegria, nem alegria entre nós. Por quê? Porque dos seus caminhos se fartará o infiel de coração" (Provérbios 14:14).

“Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu pvo se alegre em ti?” (Salmo 85:6).

Não podemos nos alegrar com lágrimas até confessarmos nossas falhas com lágrimas! Isso está acontecendo na China. Por que não na nossa igreja? Você tem medo de confessar suas falhas uns aos outros e orar uns pelos outros, para que sejam curado. O medo do que os outros pensam impede você de confessar. Isaías disse: "Quem pois és tu, para que temas o homem, que é mortal... E te esqueces do Senhor que te criou ..." (Isaías 51:12, 13).

“Sonda-me, Ó Deus, e conhece o meu coração
Prova-me e conhece os meus pensamentos
E conhece o meu coração
Prova-me e conhece os meus pensamentos
E vê se há em mim algum caminho mau
E guia-me pelo caminho eterno
(Psalm 139:23, 24).

Sê tu a fonte do meu desejar
   Que tua glória me venha inspirar,
Sê tu minha vida, Senhor divinal,
   Inunda meu ser com Tua luz celestial.
Que nada vil, ó Divino Senhor,
   Apague Tua luz em meu interior,
Que Tua face sempre eu possa ver
   E tua glória brilhe em meu ser.
(Tradução livre de “Fill All My Vision”
      por Avis Burgeson Christiansen, 1895-1985).

Você não veio antes. Você sabia que deveria, mas estava com medo. A Sra. Chan disse-me que estava terrívelmente rebelde no telefone. Então eu olhei para ela no domingo de manhã - e a Sra. Chan olhou para mim. Eu podia ver que ela queria vir. Peguei sua mão e disse: "venha". Ela veio. Ela havia estado com medo de vir. Afinal, ela era a esposa do Dr. Chan! O que as pessoas pensariam se ela confessasse suas falhas? Esqueça o que os outros pensam! Enquanto nos levantamos e cantamos, venha e ajoelhe-se aqui e confesse suas falhas. Deus o convencerá, e então o sangue Cristo derramado na cruz o limpará por completo.

Sê tu a fonte do meu desejar
   Que tua glória me venha inspirar,
Sê tu minha vida, Senhor divinal,
   Inunda meu ser com Tua luz celestial.
Que nada vil, ó Divino Senhor,
   Apague Tua luz em meu interior,
Que Tua face sempre eu possa ver
   E tua glória brilhe em meu ser.
(Tradução livre de “Fill All My Vision”
      por Avis Burgeson Christiansen, 1895-1985).


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Solo Cantado antes do Sermão por. Benjamin Kincaid Griffith:
“More Love to Thee” (por Elizabeth P. Prentiss, 1818-1878).