Print Sermon

Os manuscritos dos sermões e videos do site www.sermonsfortheworld.com alcançam agora cerca de 1.500.000 computadores em mais de 215 países por ano. Centenas de outros assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O Youtube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos em 35 idiomas para por volta de 120.000 pessoas por mês. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, assim pregadores podem usá-los sem nossa autorização. Por favor clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de espalhar o Evangelho para todo o mundo, incluindo as nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do rlhymersjr@sbcglobal.net.




UMA VISÃO DE REAVIVAMENTO

A VISION OF REVIVAL
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Um Sermão Pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Noite do Dia do Senhor, 3 de julho de 2016
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Evening, July 3, 2016


Vamos juntos a Isaías 64:1. Está na página 768 da Bíblia de Estudo Scofield.

“Ó! Se fendesses os céus e descesses! Se os montes se escoassem diante da tua face! Como quando o fogo inflama a lenha e faz ferver as águas, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, assim as nações tremessem da tua presença! Quando fazias coisas terríveis, que não esperávamos, descias, e os montes se escoavam diante da tua face. Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que trabalhe para aquele que nele espera. (Isaías 64:1-3)

Amém. Podem sentar-se.

"Avivamento normalmente vem, em primeiro lugar para aqueles que já são convertidos. Eles, todavia, ainda não têm uma verdadeira consciência da presença de Deus em suas vidas. Eles vêm à igreja por força do hábito, mas não têm senso de presença viva de Deus. Eles oram, mas parece que estão apenas recitando palavras. Eles não têm nenhuma nocão de que Deus os esteja ouvindo. Eles não sentem que suas orações serão respondidas. Não sentem que Deus os está ouvindo. Eles até podem fazer orações maravilhosas em reuniões de oração. Suas orações podem até soar como poderosas orações. Mas eles não têm qualquer diálogo interior com Deus. Muitas vezes, no avivamento aqueles que parecem liderar em oração com grande poder são os primeiros a perceber que seus "pecados encobrem o Seu rosto [deles], para que os não ouça" (Isaías 59: 2).

Muitas vezes um avivamento começa quando algum líder, que é um bom cristão, sente que seu pecado tem feito com que ele perca o senso da doce e santa presença de Deus. Em alguns instantes eu lerei o relato de um grande avivamento. Como começou? Tudo começou em uma reunião de oração em uma noite de sábado. Houve orações, como de costume, mas sem o senso da presença de Deus na reunião. " Um pastor, então, começou a derramar-se em pranto. Isso foi uma coisa muito incomum. "Ele confessou abertamente diante de toda a congregação" que ele era duro de coração. "Enquanto falava com lágrimas nos olhos, convicção começou a "espalhar-se de tal forma até que choro, gemido e lamento... tomou conta de toda a reunião". Estas pessoas eram todas convertidas, mas a confissão aberta do pastor os fez perceber que eles também tinham corações muito endurecidos. "A reunião foi até às 2:00hrs da manhã ... E foi neste momento que o Espírito Santo desceu sobre a reunião."

Quando menciono avivamento, alguns de vocês que estão aqui já por muitos anos não querem ouvir. Isso é porque vocês nunca viram um avivamento e não sabem o que estão perdendo. John Cagan me disse que eu desejo avivamento porque eu posso sentir o "gosto dele." Eu vi um avivamento e gostei do "gosto" dele e o quero novamente. Você nunca o provou, por isso pensa: "O que é que o pastor está falando? Por que ele continua falando de avivamento? "Se você um dia proválo, você também vai querê-lo novamente. Você também o desejará. Você ansiará pela presença de Deus descendo sobre nós.

Esta manhã eu preguei sobre "O Novo Tabernáculo Batista." Mas não podemos criar uma nova igreja apenas mudando algumas coisas e dando uma mexida no "máquinário" da igreja. Temos de ter uma nova vida! E uma nova vida só pode vir de Deus. O Dr. A. W. Tozer disse: "Deus oferece vida, mas não uma antiga vida melhorada. Ele oferece vida saída da morte ... Nessa nova vida devemos ser total e continuamente dependentes de Deus, pois Ele é o provedor e a fonte da vida. "Não poderemos ter um "novo" Tabernáculo Batista até que nossos corações estejam renovados, reformados, restaurados e reanimados pelo Espírito Santo de Deus. Há uma palavra que descreve isso. Essa palavra é avivamento! Avivamento é aquilo pelo qual Isaías estava orando no nosso texto,

“Ó! Se fendesses os céus e descesses! Se os montes se escoassem diante da tua face! Como quando o fogo inflama a lenha e faz ferver as águas, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, assim as nações tremessem da tua presença! Quando fazias coisas terríveis, que não esperávamos, descias, e os montes se escoavam diante da tua face. Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que trabalhe para aquele que nele espera” (Isaías 64: 1-4).

Eu não consigo parar de cantar "Sê minha Vida." Ao andar no parque e orar, eu canto. Ao preparar um sermão, eu canto. Eu me pego cantarolando durante todo o dia. É a última coisa que eu canto para mim mesmo ao ir para a cama à noite.

Sê minha vida, ó Deus de poder;
   Que eu nunca perca a visão do teu ser.
Se é noite ou dia, tu és minha luz;
   Tua presença meus passos conduz.
Tradução livre de “Fill All My Vision”
      por Avis Burgeson Christiansen, 1895-1985).

Levantem-se e cantem o estrebilho comigo

Sê minha vida, Senhor de poder,
   Que Teu amor o meu ser venha encher,
Sê minha luz, poderoso Senhor,
   Que eu sempre reflita o Teu resplendor.

Podem sentar-se.

Isaías orou: "Ó! Se fendesses os céus [que os rompesses completamente abertos], e descesses! Se os montes se escoassem diante da tua face! (Isaías 64:1). Dr. Lloyd-Jones chamou esta de "a oração final [para] reavivamento" (Martyn Lloyd-Jones, M.D., Revival, Crossway Books, edição 1992, página 305).

Eu lamento profundamente não haver mantido um diário do avivamento que veio à minha igreja, a Primeira Igreja Batista Chinesa de Los Angeles. Ele teria lhes dado um vislumbre daquilo pelo qual orar. Mas, infelizmente, eu não mantive um registro escrito do mesmo. O melhor que posso fazer é dar-lhes um relato de um outro reavivamento, bem similar ao grande avivamento que vi na igreja chinesa na década de 1960. Este relato foi dado pelo Rev. David Davies em 1989. Darlhes-ei alguns trechos dele. O reverendo Davies relatou:

     …isto não é uma Campanha evangelística, nem tão pouco algo criado. Avivamento é quando Deus desce e manifesta Sua presença.

Ele disse:

     Eu era o líder de várias igrejas em nossa área. Essas eram igrejas ocupadas com muitas atividades. Nós tínhamos muitos cultos ... .mas as pessoas estavam esfriando; Eles não estavam mais tão ansiosos para vir aos cultos de oração, como costumavam. Sem dúvida salvação estava presente e pessoas estavam se convertendo, mas algo estava faltando. Um pregador me disse: "Temos uma boa aparência para os de fora." [meu comentário: Você não sente às vezes que algo está faltando em nossos cultos?]
     Alguém insistiu que os líderes passassem um dia inteiro de cada mês em oração. Nós assim fizemos. Alguns de nós se consicientizaram de que não tínhamos fervor para com Deus. Nós percebemos que haviam relacionamentos problemáticos, e nós nos acertamos uns com os outros.
     O avivamento começou, em realidade, em um Sábado à noite em um culto de estudo Bíblico e Oração. Já há algum tempo, o estudo estava sendo no livro de Atos, centrado na adoração a Deus na igreja primitiva. Os pregadores estavam preocupados com o fato de não haver liberdade em oração, e os cultos eram frios. Então, um pastor começou a derramar-se em pranto. Isso foi uma coisa muito incomum. Ele explicou que tinha dureza de coração, e, enquanto falava, convicção começou a espalhar-se de tal forma até que choro, gemido, lamento e até mesmo gritos... tomaram conta de toda a reunião". As pessoas estavam com seus rostos em terra chorando e orando. Lembrei-me que Spurgeon uma vez orou: "Senhor, envie-nos um tempo de desordem gloriosa." Os líderes tentaram acalmar tudo, mas falharam, e o culto continuou até 2:00hrs da manhã.
     Meu próprio irmão ouviu falar sobre o avivamento, mas levantou-se em oposição a ele porque parecia ser a emoção excessiva. Ele estava orando por um avivamento, e disse a Deus que isso não era o que ele queria. Deus, então, falou-lhe do fogo do avivamento sendo arrefecido em seu coração endurecido pela incredulidade. E foi nesse exato momento que o Espírito derramou-se sobre o culto. [Meu comentário: É quando Deus invade o lugar que há o que Spurgeon chamou de "desordem gloriosa."]

O Rev. Davies disse:

Agora foi a minha vez de duvidar. Quando eu fiquei preocupado quando meu irmão usou uma linguagem extrema para descrever o que estava acontecendo. Todavia, avivamento é sempre diferente porque não é organizado por homens. O avivamento se espalhou como um incêndio florestal para centenas de milhares, e outras igrejas foram tocadas por ele.
     Um jovem pregador pregou um sermão poderoso, mas nada aconteceu. Eu, então, disse que cantássemos o último hino e terminei o culto com uma oração. À medida que a congregação estava saindo, um jovem professor veio e sentou na frente. Eu tremia incontrolavelmente e soluçava. Uma jovem começou a gritar: "O que devo fazer? O que devo fazer? Eu estou indo para o inferno! "As pessoas vieram correndo de volta para a igreja. A menina era tida como uma boa cristã. Mas ela estava tendo uma forte convicção do pecado de traição. O jovem rapaz estava convicto do pecado do ciúme, uma pequena coisa para muitos, mas para ele, aterrorizante.
     Eu estava aconselhando aqueles que estavam pedindo ajuda quando alguém me disse que a minha esposa precisava de mim em casa. Deparei-me, então com um bom cristão no chão em agonia, que chorando mais e mais, exclamava: "O que devo fazer? O que devo fazer? "Depois de um tempo ele confessou seus pecados abertamente e disse com alegria "Meu coração está limpo pelo do sangue de Jesus. "Nós todos voltamos para a igreja para outra reunião. O dia seguinte foi um dia de confissão aberta, e de acertar-se uns com os outros. De repente, Deus manisfestou-se e nos fez uma visita celestial.
     Nada estava sob nosso controle. Deus estava no controle e tudo estava em perfeita ordem. Eu percebi que no primeiro dia os líderes da igreja foram afetados. No segundo dia foram os trabalhadores que estiveram sob forte convicção. No terceiro dia, foram as mulheres, no quarto dia os jovens estudantes, e no quinto dia as jovens estudantes. Nós os pregadores éramos como espectadores, observando o agir de Deus.
     Aquele foi um momento de avivamento entre as pessoas convertidas. Muito poucos incrédulos foram salvos nos primeiros dois ou três meses. Deus estava purificando a igreja primeiramente. Corações estavam sendo sondados. Algumas pessoas tinham pecados escondidos por anos; e sentiam que esses pecados não tinham importância. Deus estava tratando dolorosamente com indivíduos. Um grande e poderoso pregador, esfregava as mãos, com lágrimas escorrendo pelo rosto. Este homem havia levado muitos a Cristo. Mas ele tinha um pecado a confessar e não conseguia encontrar a paz até que levantou-se e confessou tudo diante de toda a igreja. Suas palavras eram como um choque elétrico e as pessoas caíam ao chão em arrependimento. A essa altura, toda a cidade estava falando de Deus. [meu comentário: Quando cristãos caem na real, e se abrem uns com os outros isso impressiona os perdidos.]
     Às vezes convicção de pecado era uma coisa terrível, e aqueles que resistiam abertamente confessar seus pecados eram os que mais sofreram. Um homem desmaiou. Uma mulher sentiu que enlouqueceria sob tal convicção até que confessou seu pecado perante todos. Este foi o preço para alguns que tentaram esconder seus pecados, e resistirem a Deus. O fenômeno logo passou, mas o fruto duradouro do reavivamento foi santidade, ternura, amor pela Bíblia, oração, e a exaltação da pessoa e obra de Cristo. [meu comentário: Quando os cristãos tiram suas máscaras e são transparentes uns com os outros isso produz uma nova ternura e amor na igreja. Antigos ciúmes, medos e preconceitos são substituídos por compaixão real e terno amor.]
     Todos vinham aos cultos, que duravam um longo tempo. Não era incomum que um culto começasse às 6:30 da manhã e durasse até o meio-dia. As pessoa falavam em sussurros pr sentirem Deus tão próximo. Um homem disse: "Parece que estamos enrolados na presença de Deus." Tenho estado em reuniões onde Deus era tão real que você mal se atrevia a sentar-se em uma cadeira. Lembrei-me de Jó 42: 5, "Com o ouvir dos meus ouvidos te ouvi, mas agora te veem os meus olhos."
     As pessoas oravam como nunca antes. Orações simultâneas eram comuns no reavivamento, mas nunca parecia fora de lugar ou desordenada. As pessoas também tinham paixão por evangelismo. Pessoas foram salvas às centenas e milhares. [meu comentário: eu vi isso acontecer em dois reavivamentos.]

O Rev. Davies disse:

     Quanto durou? I mantive um diário durante dezoito meses e, ao fim desse tempo o poder de Deus ainda estava lá. Trinta anos mais tarde, os líderes da igreja são os que foram abençoados pelo avivamento. Mas há agora uma nova geração que precisa de seu próprio avivamento - porque "uma nova geração, após eles, se levantou que não conhecia o Senhor, nem o que Ele havia feito por Israel" (Juízes 2:10). Mas você não pode orar para que um avivamento venha à sua igreja, a não ser que você esteja disposto que ele venha a você pessoalmente - a menos que "confessemos [nossos] pecados uns aos outros, e oremos uns pelos outros" (Tiago 5:16).

Este é o relato do Rev. David Davies. Eu o parafraseei em alguns lugares, e omiti algumas palavras para facilitar a compreensão, citações do livro de Brian H. Edwards, Revival! A People Saturated With God, Evangelical Press, 1991 edição, pp. 258-262.

O Rev. Davies disse: "A manifestação de Deus no poder do avivamento é algo totalmente diferente de qualquer coisa que você possa imaginar ... avivamento é quando a presença de Deus se manifesta. O reavivamento começou quando um líder de igreja quebrantou-se e chorou. Ele confessou que era duro de coração, e enquanto falava convicção começou a espalhar-se entre aqueles que já eram convertidos com choro, gemido e lamento. As pessoas choravam e oravam, e o culto foi até as duas horas da manhã."

Esse avivamento foi muito parecido com o que vi na Igreja Batista chinesa no final dos anos 60. As principais características do avivamento foram as lágrimas, as orações, e a confissão aberta de pecado perante toda a igreja. Era muito diferente de uma reunião carismática ou pentecostal. Não houve "línguas" ou a cura, ou música especial. Não houve "adoração". Era apenas uma aberta confissão de pecados, choro, e as pessoas pedindo perdão umas às outras. Várias semanas depois muitas pessoas descrentes vieram e foram salvas. John Cagan me perguntou como as pessoas perdidas chegaram à igreja. Foi difícil para mim responder-lhe. As pessoas simplesmente traziam consigo seus amigos e familiares. Não se arranjou transporte. Simplesmente aconteceu. No final cerca de 2.000 pessoas vieram para a aquela igreja chinesa e foram salvos, batizados e tornaram-se firmes membros da igreja. Centenas deles ainda estão lá até hoje! Quatro novas igrejas nasceram daquele derramamento do Espírito Santo.

“Ó! Se fendesses os céus e descesses! Se os montes se escoassem diante da tua face! Como quando o fogo inflama a lenha e faz ferver as águas, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, assim as nações tremessem da tua presença! 3Quando fazias coisas terríveis, que não esperávamos, descias, e os montes se escoavam diante da tua face” (Isaías 64:1-3).

Por favor levantem-se e cantem o hino de número oito

Sê minha vida, ó Deus de poder;
   Que eu nunca perca a visão do teu ser.
Se é noite ou dia, tu és minha luz;
   Tua presença meus passos conduz.
Sê minha fonte de todo saber,
   Pois a verdade eu desejo aprender.
Eu sou teu filho, ó Pai sem igual.
   Em mim habita, Senhor divinal.

Ó soberano do reino eternal,
   Hei de chegar à vitória final.
Sê o primeiro no meu coração,
   Sê minha vida, sê minha visão.
Sê minha vida, Senhor de poder,
   Que Teu amor o meu ser venha encher,
Sê minha luz, poderoso Senhor,
   Que eu sempre reflita o Teu resplendor.

Sê tu a fonte do meu desejar
   Que tua glória me venha inspirar,
Sê tu minha vida, Senhor divinal,
   Inunda meu ser com Tua luz celestial.
Que nada vil, ó Divino Senhor,
   Apague Tua luz em meu interior,
Que Tua face sempre eu possa ver
   E tua glória brilhe em meu ser.
(Tradução livre de “Fill All My Vision”
       por Avis Burgeson Christiansen, 1895-1985).

Não pare de orar para que Deus envie avivamento. Não pare de orar a Deus para que rasgue os céus e desça entre nós! Não pare de orar para que Deus nos leve a "confessar [nossas] culpas uns aos outros, e orar uns pelos outros, para que [nós] possamos ser curados" da nossa frieza e nossos pecados (Tiago 5:16). Esta é uma característica dos avivamentos que estão acontecendo agora na China e outras partes do Terceiro Mundo. Não pare de orar para que Deus desça e cure o nosso coração e nos dê um novo, mais amoroso e mais poderoso Tabernáculo Batista! Eu quero que Aaron Yancy e John Cagan se levantem e nos elevem a Deus em oração para que Ele desça entre nós. Aaron primeiro, e depois John. Mais alguém? Por favor, fique em pé e ore em voz alta!

Jesus Cristo veio à Terra para sofrer e morrer na cruz em lugar dos pecadores. Se você ainda não é salvo, você precisa afastar-se seu estilo de vida pecaminosa e egoísta. Você precisa arrepender-se e confiar em Jesus, o Filho unigênito de Deus. Só Ele pode lavar todos os seus pecados com o seu sangue. Só Ele pode te salvar das chamas do Inferno. Só Jesus pode salvá-lo de seus pecados. Se você deseja ser aconselhado você precisa marcar um horário com Dr. Cagan na quinta-feira à noite. Você pode telefonar para ele para marcar um horário ou falar com ele após o culto. Amém.

Se este sermão lhe abençoou o Dr. Hymers gostaria de ouvir de você. QUANDO VOCÊ FOR ESCREVER PARA O DR. HYMERS VOCÊ TEM QUE DIZER-LHE DE QUAL PAÍS VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO OU ELE NÃO PODERÁ RESPONDER AO SEU E-MAIL. Se estes sermões lhe abençoou envie um e-mail para o Dr. Hymers e conte para ele, mas sempre inclua o país de onde você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para o Dr. Hymers em qualquer idioma, mas escreva em Inglês se você puder. Se você quiser escrever para o Dr. Hymers por correio, o seu endereço é P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode ligá-lo por telefone para (818)352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Você pode enviar e-mail ao Dr. Hymers para rlhymersjr@sbcglobal.net (Clique Aqui)
ou você pode escrever para ele a P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015.
Ou ligar para ele (818) 352-0452.

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Trecho das Escrituras lido antes do sermão por Abel Prudhomme: Isaías 64:1-3.
Solo Cantado Antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
“Fill All My Vision” (by Avis Burgeson Christiansen, 1895-1985).