Print Sermon

Os manuscritos dos sermões e videos do site www.sermonsfortheworld.com alcançam agora cerca de 1.500.000 computadores em mais de 215 países por ano. Centenas de outros assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O Youtube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos em 36 idiomas para por volta de 120.000 pessoas por mês. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, assim pregadores podem usá-los sem nossa autorização. Por favor clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de espalhar o Evangelho para todo o mundo, incluindo as nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do rlhymersjr@sbcglobal.net.




PECADO UNIVERSAL, PECADO PARTICULAR,
E A CURA POR PECADO

(SERMÃO NÚMERO 7 SOBRE ISAÍAS 53)
UNIVERSAL SIN, PARTICULAR SIN, AND THE CURE FOR SIN
(SERMON NUMBER 7 ON ISAIAH 53)
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Dia do Senhor de manhã, 24 de Março, 2013
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Morning, March 24, 2013

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53:6).


Dr. Richard Land é o presidente de Convenção de Éticas Batista de Sul e Comissão de Liberdade de Religião. Dr. Land sabe que nós estamos vivendo em uma cultura que é incrivelmente ignorante de fatos básicos de Cristianismo. Ele disse,

Eu li em um artículo de revista Time sobre a falta de religião na…América. Um casal veio para ver [um ministro] depois que eles haviam estados em um serviço, e eles disseram, “Nosso filho adolescente quer saber quem é o homem que está tirado no sinal de adição.” Eles não sabiam que era Jesus e eles não sabiam que isto era cruz (“The Man on the Plus Sign,” World magazine, August 1, 2009, page 24).

Isto é espantoso que muitas pessoas têm tão pouco conhecimento de quem Jesus é e do que Ele fez. Bastante falta situa em o fato que existe tão pouca pregação em próprio Cristo na maioria de nossas igrejas. Mas você não vai ir na nossa igreja nenhum Domingo sem escutar que Jesus morreu como um substituto por pecadores na Cruz! Quando Jesus morreu na Cruz, Ele carregou nossos pecados e expiou por eles. Ele derramou Seu Sangue na Cruz para purificar nos de todo pecado. Spurgeon disse, “Existe alguns pregadores que não pregam sobre o sangue de Jesus Cristo, e eu tenho uma coisa para dizer à você em relação eles – nunca vai a escutar eles! Nunca ouve a eles! Um ministério que não tem o sangue adentro é sem vida, e um ministério morto não é bom para ninguém” (C. H. Spurgeon, “Freedom Through Christ’s Blood,” August 2, 1874). A idéia que Cristo estaria de carregar nossos pecados ocorre novamente e novamente em quinquagésimo-terceiro capítulo de Isaías.

“Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores” (Isaías 53:4).

“Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades” (Isaías 53:5).

“O castigo que nos traz a paz estava sobre ele” (Isaías 53:5).

“Pelas suas pisaduras fomos sarados” (Isaías 53:5).

“O Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53:6).

“Pela transgressão do meu povo ele foi atingido” (Isaías 53:8).

“A sua alma se puser por expiação do pecado” (Isaías 53:10).

“As iniqüidades deles levará sobre si” (Isaías 53:11).

“Ele levou sobre si o pecado de muitos” (Isaías 53:12).

Novamente e novamente em Isaías 53 nós somos dito que Cristo estaria tomar em si mesmo nossa culpa, sofrendo em nosso lugar por nossos pecados, para pagar todo castigo por eles.

Mas agora, em nosso texto, uma nova idéia é dado. Aqui nós somos dito a razão Ctisto havia de sofrer, porque Cristo, através inocente si mesmo, tinha de carregar a culpa de homem.

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53:6).

O texto naturalmente divie em três pontos.

I. Primeiro, a confissão geral de pecado de toda humanidade.

O profeta disse,

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas…” (Isaías 53:6).

Aqui nós temos uma expressão clara em relação a iniquidade universal de toda humanidade. “Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas.” O Apóstolo Paulo fez isto claro quando ele disse,

“Pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus” (Romanos 3:9-11).

Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas,” cada um de nós!

Como ovelhas que têm quebrado através a cerca de lei de Deus, nós temos todo desgarrado, nós temos todo perambulado longe de Deus. O Apóstolo Pedro disse,

“Porque éreis como ovelhas desgarradas” (I Pedro 2:25).

A palavra Grega que Pedro usou significa perambular longe de segurança e verdade, para ser enganado (Strong). Isto é a descrição universal de humanidade na Santa Escritura.

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas” (Isaías 53:6).

Homem é comparado à um animal porque pecado degrada ele – e ele se torna como-animal. Mas nós não somos comparados à um animal inteligente. Não, homem é comparado à uma ovelha de inteligência-simples.

Você mora em esta cidade, então você provalvemente não sabe muito sobre tolices de ovelha. Mas em tempos de Bíblia pessoas sabiam muito bem como tontos ovelhas são. Eles devem estar tomados conta cuidadosamente por pastor ou eles iriam perambular longe.

Ovelhas são únicamente bons em uma coisa – se perder no caminho! Se existe únicamente um buraco na cerca, ovelha iria achar e sair fora. E até, uma vez que a ovelha sai fora da cerca, nunca tenta a voltar dentro. Ovelhas desviam longe e bem longe desde o lugar de segurança. E homem é o mesmo. Ele é esperto de fazer mal, mas tonto sobre coisas que é bem. Como Argus em mitologia Grega, homem tem cem olhos em procura de pecado; mas ele é bem cego como Bartimeu quando chega a procurar Deus! O Apostólo Paulo falou de doença universal de pecado quando ele disse,

“Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo” (Efésios 2:12).

“Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração” (Efésios 4:18).

Estes versículos mostra-nos que humanidade tem ido fora de Deus.

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas…” (Isaías 53:6).

Aqui então, em nosso texto, é uma confissão geral de pecado de toda humanidade. Isto mostra que a raça humana tem ido fora de Deus para dentro de muitas religiões falsas e doutrinas falsas, servindo ídolos e deuses falsos e Cristos falsos, “Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração” (Efésios 4:18).

II. Segundo, a confissão personal de pecado particular de cada um.

O texto continua,

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho…” (Isaías 53:6).

A confissão geral de pecado da raça humana é apoiado por uma confissão personal de pecado particular de cada pessoa. “Cada um se desviava pelo seu caminho.” Nenhum, por sua própria decisão, tem tornado a si mesmo ao caminho de Deus. Em todo caso cada pessoa tem escolhido “seu próprio caminho.” O centro de pecado situa aqui – em escolher nosso próprio caminho, em oposição ao vontade de Deus. Nós queremos controlar nossas próprias vidas. Nós queremos seguir nossos próprios planos. Nós não queríamos submeter ao Deus. Nós não queríamos confiar Cristo e submeter ao Ele como nosso Senhor.

O texto mostra que cada um tem seu próprio especial pecado, “pelo seu caminho.” Cada homem e mulher tem um pecado maior o qual é de certa forma diferente de outros. Duas crianças, crescidas por mesmo parentes, irá ter diferente, pecados habitual. Um irá pecar habitualmente em seu caminho, o outro em diferente caminho. “Cada um se desviava pelo seu caminho.” Um vira para a direita, e outro a esquerda. Mas ambos rejeitam caminho de Deus.

Em tempos de Cristo, existia publicanos, quem viveu em forte oposição ao lei de Deus. Existia pecadores quem deixaram Deus fora de suas vidas e cometiam pecados de carne. Existia Fariseus, quem foram orgulhosos e auto-justos, pensando eles eram melhores que outros. Existia também Saduceus, quem não acreditaram em anjos ou demônios. Eles não cometiam pecados de carne. Eles não viviam pecaminosos como publicanos, ou em superstição como Fariseus, mas eles foram também antagônicos ao verdade de Deus em seu próprio caminho. Pode ser dito de cada um deles assim,

“Cada um se desviava pelo seu caminho” (Isaías 53:6).

Alguns de vocês tavez foram crescidos em uma casa Cristiana, e ainda vocês têm pecado por rejeitar a luz do Evangelho. Isto é seu “próprio caminho.” Outros talvez estam pensando de algum pecado particular. Quando vocês lembram disto, vocês estão profundamente preocupados. Ainda alguns de vocês queria de preferência estar abaixo de um sentimento constante de culpa do que confiar Cristo e encontrar perdão e paz. Alguns continua e continua a recusar de confiar Cristo. “Cada um se desviava pelo seu caminho.”

Outra pessoa pode dizer, “Eu tenho endurecido meu coração. Eu costumava sentir convicção e a necessidade por Cristo, mas agora eu não tenho. Agora eu tenho medo que o Senhor tem jurado Sua ira que eu irei não entrar em Seu descanso. Eu tenho medo que Deus tem desistido de mim.” Mas eu quero que você escute cuidadosamente ao resto de nosso texto, porque existe a terceira cláusula que mostra ainda existe esperança por você!

III. Terceiro, o substituto, representativo morte de Cristo por pecados de Seu povo.

Por favor levante e leia o versículo inteiro, prestando especial atenção à última cláusula, “Mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.”

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53:6).

Vocês podem sentar-se. Dr. Edward J. Young disse,

A primeira metade do versículo apresenta a razão por sofrimento de servo, e a segunda afirma que o Próprio Senhor fez o servo sofrer por colocar em ele a iniquidade [de] nós todo. O verbo [“pôr”] significa bater ou atacar violentamente. A iniquidade do qual nós somos culpados não volta para atacar nós como nós talvez com justiça esperamos, mas de preferência ataca [Cristo] em nosso [lugar]. O Senhor [Deus] causou nossa culpa a atacar ele…A culpa que pertence a nós Deus causou para atacar ele [que é] ele como nosso substituto carregou o castigo que a culpa de nosso pecado requeriu…o pastor tem dado sua vida por a ovelha (Edward J. Young, Ph.D., The Book of Isaiah, Eerdmans, 1972, volume 3, pp. 349-350).

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53:6).

Em um sermão intitulado “Pecado Individual Caído em Jesus,” Spurgeon disse,

Aqui estão pecados de Ló, pecados escandalosos. Eu não posso mencionar istos, eles foram bem diferentes de pecado de Davi. Pecados negros, pecados escarlate, foram istos de Davi, mas pecado de Davi não foram nada como de Manassés; os pecados de Manassés não foram mesmo como os de Pedro – Pedro pecou bem diferente [maneira]; e a mulher que foi uma pecadora, você não poderia gostado dela ao Pedro, até se você olha à caráter dela poderia você [comparar] ela com Lídia; nem se você pensa de Lídia, você pode ver ela sem [realizar a diferença] entre ela e o carcereiro de Filipe. Eles são todos parecidos, eles têm todos se desviado, mas eles são todos diferentes, eles têm voltado cada um ao seu próprio caminho; mas...o Senhor [“fez cair sobre ele a iniquidade de” eles todo]…Quando você vem ao grande medicina de evangelho, o precioso sangue de Jesus Cristo, você tem lá...o que os antigos doutores costumava chamar um catholicon, um remédio universal que abastece todo caso…e coloca longe pecado em todo sua separação de culpa como se fosse feito por aquele pecado, e por aquele pecado somente (C. H. Spurgeon, “Individual Sin Laid on Jesus,” The Metropolitan Tabernacle Pulpit, Pilgrim Publications, 1977 reprint, volume XVI, pp. 213-214).

Confie Cristo. Submete ao Cristo. Confie Nele e você irá nunca estar envergonhado por “o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.”

Culpado, vil e indefeso, nós;
   Cordeiro Sem Mancha de Deus foi Ele;
“Completo expiação,” poderia ser?
   Alelúia! Que Salvador!
(“Hallelujah! What a Saviour!” por Philip P. Bliss, 1838-1876).

Você irá confiar Jesus? Você irá submeter à Ele, entregar à Ele, e confiar Ele? Você irá ser purificado de pecado por Sangue Dele, e salvo de julgamento por Seu sacrifício substituto na Cruz? Tomara que Pai Deus concede à você fé para contar sob Cristo sózinho, para entregar à Ele e ser salvo!

Vamos-nos levantar juntos. Se você gostaria de conversar com nós sobre confiar Jesus, por favor deixe sua cadeira agora e caminhe para trás de auditório. Dr. Cagan irá levar você à um quarto quieto aonde nós podemos conversar com você sobre entregar ao Cristo e ser limpo de seu pecado através Sangue sagrado Dele! Mr. Lee, por favor vem e ore por aqueles quem têm respondido. Amém.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana no Internete
em www.realconversion.com. Clique no “Sermão em Português.”

You may email Dr. Hymers at rlhymersjr@sbcglobal.net, (Click Here) – or you may
write to him at P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Or phone him at (818)352-0452.

Escritura Lido Antes de Sermão por Dr. Kreighton L. Chan: Isaías 52:13-53:6.
Solo Cantado Antes de Sermão por Mr. Benjamin Kincaid Griffith:
“Yes, I Know!” (por Sra. Anna W. Waterman, 1920).


PLANO DE

PECADO UNIVERSAL, PECADO PARTICULAR,
E A CURA POR PECADO

(SERMÃO NÚMERO 7 SOBRE ISAÍAS 53)
UNIVERSAL SIN, PARTICULAR SIN, AND THE CURE FOR SIN
(SERMON NUMBER 7 ON ISAIAH 53)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” (Isaías 53:6).

(Isaías 53:4, 5, 6, 8, 10, 11, 12)

I.   Primeiro, a confissão geral de pecado de toda humanidade,
Isaías 53:6a; Romanos 3:9-11; I Pedro 2:25;
Efésios 2:12; 4:18.

II.  Segundo, a confissão personal de pecado particular de cada um,
Isaías 53:6b.

III. Terceiro, o substituto, representativo morte de Cristo por pecados
de Seu povo, Isaías 53:6c.