Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 39 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




AS LÁGRIMAS DE JESUS

THE TEARS OF JESUS
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão predicado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Dia do Senhor de manhã, 11 de Março, 2012
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Evening, March 11, 2012

“Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade” (Hebreus 5:7).


Meu sujeito esta noite é “as Lágrimas de Jesus.” O texto indica-nos que Jesus orou com “forte clamor e lágrimas” no tempo que Ele estava aqui na terra, “nos dias da sua carna.” O profeta Isaías disse que Ele iria ser “homem de dores e que sabe o que é padecer” (Isaías 53:3). Esta descrição mostra que Jesus chorou bastante vezes durante o ministério terrestre Dele.

“Homem de Sofrimento,” que nome
   Por o Filho de Deus que veio
Para recuperar pecadores arruinados!
   Alelúia! Que Salvador!
(“Hallelujah, What a Saviour!” por Philip P. Bliss, 1838-1876).

Jesus, o Homem de Sofrimente, com certeza chorou bastante vezes. A Bíblia anota de três ocasiões, mostrando-nos a compaixão de coração amoroso Dele.

I. Primeiro, Jesus chorou em tumba de Lázaro.

Quando Jesus chegou à Betânia o amigo Dele Lázaro já tinha morrido. Eles tiveram enterrado ele quatro dias antes. A irmã do homem morto saiu fora para encontrar Jesus. “Jesus, vendo-a chorar, e bem assim os judeus que a acompanhavam, agitou-se no espírito e comoveu-se. E perguntou: Onde o sepultastes? Eles lhe responderam: Senhor, vem e vê! Jesus chorou. Então, disseram os judeus: Vede quanto o amava.” (João 11:33-36).

Jesus sabia que Ele iria levantar Lázaro desde morte, apesar disso Ele chorou, junto com Maria e outros. Dr. John R. Rice disse,

Porque Jesus chorou? Ele sabia que em poucos minutos Ele iria chamar Lázaro de túmulo...Oh, mas Ele chora por lágrimas de Maria e Marta e outros. Ele chora com um coração todo quebrantado de todo mundo. Ele chora com cada mãe que ama seu bebê [morto], cada marido que está ao lado de sua esposa em frente de caixão. Ele chora com cada mãe ou pai quem chora em noite por um garoto pródigo ou uma garota rebelde...Mas essas lágrimas são para mim, também, e por você, e por todos quem tem preocupação e tristeza em este mundo...Ele está preocupado com nossas preocupações...Ele entra adentro de cada tristeza (John R. Rice, D.D., The Son of God, Sword of the Lord, 1976, p. 233).

A Bíblia conta a nos para “Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram” (Romanos 12:15). Dr. Rice disse, “Nós não podemos pensar que Jesus queria fazer coisas ao menos do que fomam comandados para nós fazermos. Que uma verdade maravilhosa quando Jesus chora por nós e nossas tristezas…Ele deve ter chorado bastante por pecadores, e todavia a Escritúra menciona número de vezes que Jesus havia ‘profundamente compadecido,’ nós podemos bem imaginar uma lágrima em olhos puros Dele que representou uma tristeza e compaixão em coração Dele” (Rice, ibid.).

Quando eu tinha quinze anos de idade minha avó faleceu. Como eu amava ela! Quando ela faleceu eu fui para a cozinha dela e peguei um videira que ela tinha. Eu tenho guardado esta videira comigo por 56 anos. Por aonde eu mudava, eu sempre carregava comigo. Agora esta videria está em cima de mesa de estudo em minha casa. Eu estou olhando a esta videira enquanto eu estou escrevendo este sermão. Eu prometi a “Mãe” que eu iria sempre guardar comigo, enquanto eu viver, para lembrar-me dela. Eu amava ela tanto!

Muitas noites, quando eu não podia dormir, eu ia na cama dela como um garoto, colocando a minha cabeça no peito dela, e ouvia o coração dela bater, enquanto eu esperava a dormir. Eu amava ela tanto!

Eu estava em frente de túmulo dela e comecei a chorar. Eu não podia aguentar mais. Eu corrí a um colina. Eu corrí e corrí e corrí passando um cemetério. Eu caí no chão chorando e suspirando. E Deus veio a mim, como Ele veio a Jacó em deserto, e eu poderia ter dito com ele, “Na verdade, o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia” (Gênesis 28:16).

Oh, jovem, Jesus chorou no túmulo de Lázaro! E Ele chora por você hoje a noite! Jesus sabe suas tristezas e seus medos! Eu alego a você – eu te imploro – vem para Ele quem te ama com um amor eterno!

Ele ama tanto, ele ama bastante,
   Ele ama você mais que seus labios pode dizerç
Ele ama tanto, ele ama bastante,
   Ele morreu para salvar sua alma de inferno.
(“He Loves You Still” por Dr. John R. Rice, 1895-1980).

“Jesus chorou” (João 11:35).

Dr. Henry M. Morris disse,

Não tem nenhuma menção em na Bíblia que Jesus sorria, mas Ele muitas vezes foi observado chorando. Em este caso, Ele estava participando da tristeza de Maria e Marta, por Ele também amou bastante Lázaro, mas Ele também “agitou-se no espírito e comoveu-se” (João 11:33) por existência de morte e…pecado que através morte reinou (Henry M. Morris, Ph.D., The Defender’s Study Bible, World Publishers, 1995 edition, p. 1154; note on John 11:35).

Ele ama tanto, ele ama bastante,
   Ele ama você mais que seus labios pode dizerç
Ele ama tanto, ele ama bastante,
   Ele morreu para salvar sua alma de inferno.

II. Segundo, Jesus chorou pela cidade de Jerusalém.

Dr. J. Vernon McGee disse, “Ele chorou pela cidade de Jerusalém. Desde que Ele chorou por Jerusalém naquele tempo, eu tenho certeza que Ele chorou muitas vezes pela cidades que você e eu vivemos” (J. Vernon McGee, Th.D., Thru the Bible, Thomas Nelson Publishers, 1983, volume V, p. 540, note on Hebrews 5:7).

“Quando ia chegando, vendo a cidade, chorou e dizia: Ah! Se conheceras por ti mesma, ainda hoje, o que é devido à paz! Mas isto está agora oculto aos teus olhos. Pois sobre ti virão dias em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras e, por todos os lados, te apertarão o cerco; e te arrasarão e aos teus filhos dentro de ti; não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não reconheceste a oportunidade da tua visitação” (Lucas 19:41-44).

Ele chorou conforme que Ele pensou da destruição terrível que iria cair em Jerusalém em 70 A.D., quando o general romano Tito iria nivelar a cidade e massacrar seus habitantes sem piedade. Jesus chorou porque Ele sabia que o templo maravilhoso de Deus iria ser completamente destruído em Jerusalém. Nada iria ser deixado exceto um pedaço de muro que estava no lado de templo. Eu estive em aquele muro e toquei. Eu chorei como Jesus chorou enquanto eu estava no Muro de Lamentações. Eu chorei conforme do que eu pensei sobre persecução terrível que povo de Deus, os Judeus, haviam passado por séculos.

Oh, como Jesus chora esta noite pelas cidades de mundo, cheio de milhões de almas que não estão salvos! Como Ele chora por Washington e London, Paris e Berlin, Calcutta e Beijing, Glasgow e Sydney, Cidade de México e Saigon. Vientiane e Rangoon, Jakarta e Moscow – e todas as cidades de mundo, grandes e pequenas! Tomara que nossas corações seja quebrantado com as coisas que quebrou o coração de Deus!

E as lágrimas de Jesus move-nos, como nada além poderia, para predicar o Evangelho à todas criaturas. Lágrimas Dele causa nos à adicionar linguagem atrás de linguagem ao nosso site da Internet – para alcançar o mais possível que nós podemos com o Evangelho. Nós não consentizamos como “colonizadores” para impor nossa cultura em eles! Não! Nós vamos como seguidores de Jesus com coração quebrantado – para compartir amor Dele com eles, Seu amor que nos salvou de pecado, morte e inferno! E nós dizemos para todos que escutam esta sermão, ou que leem, em nosso site da Internet,

Ele ama tanto, ele ama bastante,
   Ele ama você mais que seus labios pode dizer;
Ele ama tanto, ele ama bastante,
   Ele morreu para salvar sua alma de inferno.

E as lágrimas de Jesus move-nos para evangelizar Los Angeles também! Pois Ele nos disse,

“Sai pelos caminhos e atalhos e obriga a todos a entrar, para que fique cheia a minha casa” (Lucas 14:23).

III. Terceiro, Jesus chorou no Jardim de Getsêmani.

Este é o terceiro recorde Dele chrando. Oh, as lágrimas que Ele chorou alí na escuridão naquele jardim! Nosso texto indica nos que Jesus,

“Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade” (Hebreus 5:7).

Em Jardim de Getsêmani, a noite antes que Ele foi pregado na cruz, Jesus orou sozinho. Alí na escuridão de Getsêmani o Salvador com toda alma orou à Deus. Ele orou “com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade” (Hebreus 5:7). O que Ele temeu? Eu acredito que Jesus temeu que Ele iria morrer alí no Jardim, antes que Ele podia ir na cruz para expiar por nossos pecados. Dr. John R. Rice disse, “Jesus orou que aquele cálice de morte iria passar por Ele naquela noite para que Ele poderia viver à morrer na cruz no dia seguinte” (Rice, ibid., p. 441). Dr. J. Oliver Buswell, um teólogo famoso, falou a mesma coisa. Ele disse que “[Jesus] orou pela libertação de morte no jardim, para que Ele poderia cumprir propósito Dele na cruz. Esta interpretação iria harmonizar com Hebreus 5:7, e a mim vejo que é a única interpretação que vai harmonizar” (J. Oliver Buswell, Ph.D., A Systematic Theology of the Christian Religion, Zondervan Publishing House, 1971, part III, p. 62).

Dr. Buswell e Dr. Rice conrcodaram com Dr. McGee, quem disse, “Meu amigo, Ele foi ouvido; Ele não morreu no Jardim de Getsêmani” (ibid.).

“Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade” (Hebreus 5:7).

Os pecados de mundo foram colocados em Jesus no Jardim de Getsêmani.

“Ele, por sua vez, se afastou, cerca de um tiro de pedra, e, de joelhos, orava, dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua. Então, lhe apareceu um anjo do céu que o confortava. E, estando em agonia, orava mais intensamente. E aconteceu que o seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra” (Lucas 22:41-44).

Jesus estava em grande agonia conforme os nossos pecados foram colocados em Ele por Deus. “E, estando em agonia, orava mais intensamente. E aconteceu que o seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra” (Lucas 22:44). Dr. McGee disse, “Nosso Senhor estava a cerca de morte conforme aproximou na cruz, e Ele orou para ser liberto desde morte porque Ele poderia alcançar a cruz. E nós fomos contados que Ele ‘foi escutado em que ele temeu’” (ibid.). Deus ouviu Jesus orando “com forte clamor e lágrimas” em naquele escuridão de Getsêmani. Deus enviou um anjo para enforçar Ele para que Ele poderia ir à cruz para pagar o castigo de nossos pecados. Joseph Harp falou de oração de Jesus no Jardim em um dos seus louvores,

Veja o sofrimento do Filho de Deus,
   Ofegando, gemendo, suando sangue!
Profundidades sem limites de [graça] divina!
   Jesus, que amor foi o Vosso!
(“Thine Unknown Sufferings” por Joseph Hart, 1712-1768).

Veja como Jesus ama você! Veja Ele em lágrimas por suas tristezas! Veja Ele chorando por pecadores em cidade! Veja Ele “chorando com lágrimas” em Getsêmani, implorando com Deus para deixar que Ele vivera, por Ele poder ir a ser crucificado, pregado na cruz, no dia seguinte para pagar o castigo por nossos pecados! Isto não move você? Se as lágrimas de Jesus não move você, o que vai mover? Você está tão endurecido por pecado que você não consegue sentir Seu amor por você? Eu lembro da primeira vez quando eu ouvi o louvor de Dr. Watts, “When I Survey the Wondrous Cross”[Quando eu olhei a maravilhosa cruz]. Me moveu antes, e me move agora.

Quando eu olho a maravilhosa cruz,
   Em que o Príncipe de glória morreu,
Meu mais ricos ganham conto mas a perda,
   E derramar desprezo sobre todo o meu orgulho.

Ver a partir de Sua cabeça, Suas mãos, Seus pés,
   Fluxo de dor e de amor misturada baixo;
E’er fez tal amor e tristeza atender,
   Ou espinhos compõe tão rica coroa.

Foram todo o reino de meus natureza,
   Que foram uma oferta muito pequena;
Amor tão incrível, tão divino
   Demandas minha alma, minha vida, o meu todo.
(“When I Survey the Wondrous Cross” por Dr. Isaac Watts, 1674-1748).

Eu peço a você esta noite – acredite em Jesus! Venha para Ele! Abaixe-se antes Dele! Confie em Nele com todo seu ser! Diga com Dr. Watts, “Amor tão incrível, tão divino, demandas minha alma, minha vida, o meu todo.” Benjamin Beddome era um pequeno predicador de Bautista em 18 século. Nós não iamos saber sobre ele hoje se ele não tinha escrito um louvor chamado “Did Christ O’er Sinners Weep?”[Cristo chorou por pecadores?]

Cristo chorou por pecadores,
   E nossas bochechas deveria ser seco?
Deixa dilúvios de penitência pesar
   Brotar adiante por todos olhos.

O Filho de Deus em lágrimas
   Anjos com maravilha para ver!
Seja lhe surpreso, O minha alma,
   Ele derramou estes lágrimas por ti.

Ele chorou para que nós chorarmos;
   Cada pecado demanda uma lágrima:
No céu unicamente pecado não é encontrado
   E aí não tem lágrimas.
(“Did Christ O’er Sinners Weep?” por Benjamin Beddome, 1717-1795).

Eu havia visto dois avivamento, dois raro movimentos de Deus. Ambos tempos pessoas desataram a chorar conforme eles vieram abaixo de profundo convicção de pecado. Nós vemos isto em China hoje. Isto é sempre verdade em avivamento real. “Ele chorou para que nós chorase; cada pecado demanda uma lágrima.” Oh, tomara que você seja convicto de pecados hoje a noite! Tomara que você vem à Salvador de lágrimas! Ele irá salvar você! Ele irá salvar você! Ele irá salvar você agora!

Se você pudesse ter visto Ele vindo desde Jardim de Getsêmani, chorando e gotejando com Sangue, você pensa que você poderia ter acreditado em Ele? Oh, então, confie Nele agora! Ele é o mesmo Jesus hoje a noite e quando era antes! Olha como Ele te ama! Ele vem à ti com amor em Suas mãos! Acredite em Ele. Confie Nele e você vai ser salvo naquele momento exato! Ele irá perdonar seus pecados e dar ti vida eterna!

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana no Internete
em www.realconversion.com. Clique no “Sermão em Português.”

You may email Dr. Hymers at rlhymersjr@sbcglobal.net, (Click Here) – or you may
write to him at P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Or phone him at (818)352-0452.

Leitura de Escritura Antes de Sermão por Dr. Kreighton L. Chan: Lucas 22:39-45.
Solo Cantado Antes de Sermão por Mr. Benjamin Kincaid Griffith:
“He Loves You Still” (por Dr. John R. Rice, 1895-1980).


PLANO DE

AS LÁGRIMAS DE JESUS

THE TEARS OF JESUS

by Dr. R. L. Hymers, Jr.

“Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade” (Hebreus 5:7).

(Isaías 53:3)

I.   Primeiro, Jesus chorou em tumba de Lázaro, João 11:33-36;
Romanos 12:15; Gênesis 28:16.

II.  Segundo, Jesus chorou pela cidade de Jerusalém,
Lucas 19:41-44; 14:23.

III. Terceiro, Jesus chorou no Jardim de Getsêmani,
Hebreus 5:7; Lucas 22:41-44.