Print Sermon

O objetivo deste site é fornecer gratuitamente manuscritos e vídeos de sermões para pastores e missionários em todo o mundo, especialmente o Terceiro Mundo, onde existem poucos seminários teológicos ou escolas bíblicas.

Estes manuscritos e vídeos de sermões alcançam agora cerca de 1.500,000 computadores em mais de 221 países anualmente através do site: www.sermonsfortheworld.com. Centenas de outras pessoas assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O YouTube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos para 39 idiomas para cerca de 120.000 computadores mensalmente. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, para que, assim, pregadores possam usá-los sem nossa autorização. Clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de divulgar o Evangelho para todo o mundo, incluindo nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




DESPREZADO, PORÉM DESEJÁVEL

DESPISED BUT LOVELY!
(Portuguese)

Sermão escrito pelo Dr. R. L. Hymers Jr.
e pregado pelo Rev. John Samuel Cagan
no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Manhã do Dia do Senhor, 13 de maio de 2018
A sermon written by Dr. R. L. Hymers, Jr.
and preached by Rev. John Samuel Cagan
at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord's Day Morning, May 13, 2018

“Ele é totalmente desejável” (Cantares de Salomão 5:16).


Eu jamais preguei qualquer sermão no livro de Cantares de Salomão. Olhando para o Índice Completo dos Sermões de Spurgeon, descobri que o Príncipe dos Pregadores pregou 63 sermões sobre Cantares de Salomão durante seu ministério em Londres. Então eu venho a este texto hoje.

“Ele é totalmente desejável.”
“Ele é totalmente desejável.”
“Ele é totalmente desejável.”

O Dr. McGee disse que “Os judeus chamavam Cantares de Salomão, de “Santo dos Santos das Escrituras”. Porisso, nem todos eram permitidos entrar nesse recinto sagrado. Aqui você está habitando no lugar secreto do Altíssimo ... se o Senhor Jesus é muito valioso para você e você O ama, então este pequeno livro será de muito significado para você. Cantares de Salomão é poético e prático. Aqui Deus está falando ao Seu povo através de canções poéticas que revelam uma história. Precisamos tirar nossos sapatos espirituais dos pés quando nos aproximamos deste livro. Estamos em solo sagrado. Cantares de Salomão é como uma flor frágil que requer manuseio delicado. Há quatro significados diferentes e importantes encontrados neste livro ”(tradução de J. Vernon McGee, Th.D., Thru the Bible, Thomas Nelson Publishers, 1982, volume III, p. 143).

Primeiro, Cantares de Salomão é uma figura do amor entre marido e mulher. Em segundo lugar, é uma imagem do amor de Deus por Israel. Os antigos rabinos apresentaram essas duas interpretações. Mas há mais duas aplicações para os cristãos. Terceiro, é uma figura do amor entre Cristo e Sua igreja. Quarto, retrata o amor de Cristo pelo cristão individual e a comunhão da alma com Cristo. Muitos grandes santos de Deus experimentaram isso. Cantares de Salomão era o livro favorito de Robert Murray McCheyne, pregador escocês que testemunhou grandes ondas de avivamento durante o seu ministério. A respeito de McCheyne foi dito: "Ele pregou com a eternidade estampada em sua fronte", embora ele tivesse apenas 29 anos quando morreu. Cantares de Salomão era o seu livro da Bíblia favorito. Quando Robert McCheyne pregava em Cantares de Salomão, homens fortes caíam chorando de joelhos e os pecadores endurecidos inclinaram seus corações a Cristo. Foi também o livro bíblico favorito do grande pregador escocês Samuel Rutherford (1600-1661), DL Moody (1837-1899) e Harry Ironside (1876-1951), e como eu disse, Spurgeon pregou 63 sermões em Cantares de Salomão. . O avivamento veio à ilha de Lewis quando Duncan Campbell pregou em Cantares de Salomão.

Agora, então, chegamos ao texto. A noiva disse sobre seu marido: “Ele é totalmente desejável”. Assim, também, os verdadeiros santos cristãos dizem a respeito de Jesus: “Ele é totalmente desejável”. Quando contemplei pregar sobre este versículo, eu pensei, como Spurgeon, “É muito elevado, eu não posso alcançá-lo. ” Textos profundos como esse às vezes me impressionam grandemente. Se eu, todavia, não puder mostrar todo o seu significado, tentarei, pelo menos, trazer um pouco dele nesta manhã. É melhor um breve olhar para Jesus do que ver toda a glória do mundo por toda a vida, pois somente Ele “é totalmente desejável”. Deixe-me por alguns momentos trazer duas visões contrastantes de Jesus - a do mundo e a do verdadeiro cristão.

I. Primeiro, o mundo perdido não acha que Jesus seja de modo algum desejável.

Você já percebeu como hoje o mundo O está excluindo? Parece que eles nem querem ouvir Seu nome. Eu ouvi dizer que os capelães da Força Aérea dos Estados Unidos não podem mais orar em nome de Jesus. Quando os pastores são solicitados a orar em funções cívicas, eles são especificamente solicitados a não terminar suas orações em nome de Jesus. Essa antipatia pelo nome de Jesus não é coisa nova, mas se torna mais intensa a cada ano. Olhando bem atrás, dos primórdios do cinema, sempre que cristãos eram retratados em oração, os magnatas dos estúdios impediam que eles dissessem: "Em nome de Jesus, Amém". Suponho que tais magnatas pensassem que não perceberíamos quando eles removessem o nome de Jesus. Mas, como sempre terminamos nossas orações “em nome de Jesus”, notamos, e isso nos fez perceber o quanto aqueles homens odiavam Jesus.

Seu ódio pelo Salvador tornou-se ainda mais evidente quando publicaram o filme blasfemo “A Última Tentação de Cristo”, retratando o Salvador como um tolo louco por sexo. Nosso pastor Dr. Hymers sentou-se em sua cadeira em sua sala de estar e pensou sobre aquele filme quando leu do seu lançamento. E Deus disse a ele: “Você vai permitir que eles façam uma coisa dessas?” Dr. Hymers disse: “Pai, eu não posso fazer nada.” E Deus disse: “Se você não o fizer, ninguém o fará. E assim fomos e defendemos Jesus. Eles colocaram nossa demonstração em todos os canais no noticiário da noite. Eles o colocaram na primeira página do New York Times e do Wall Street Journal. Eles colocaram no programa Nightline, no Tonight Show, no Crossfire, e até colocaram uma foto e uma reportagem sobre nossa demonstração no TV Guide! Foi noticiado internacionalmente na Inglaterra, França, Itália, Grécia, Austrália e Israel, de onde um amigo ligou e disse ao Dr. Hymers que ele estava na primeira página do Jerusalem Post. Existe um livro intitulado “Hollywood Under Siege”, de Thomas R. Lindlof (2008, The University Press, de Kentucky). Na capa há uma fotografia colorida de meu pai, o Dr. Cagan, com cerca de 125 pessoas de nossa igreja segurando cartazes protestando contra aquele filme imundo e blasfemo. O cartaz principal, com cerca de nove metros de comprimento, dizia: "Wasserman – Deixe Jesus de fora!" Lew Wasserman foi o homem que produziu o filme. Dr. Hymers foi citado em treze lugares diferentes nesse livro. Eles não apenas odiavam Jesus, mas odiavam o Dr. Hymers e meu pai, e nossa igreja, por ousar defender o Salvador! O livro é chamado "Hollywood Under Siege". Imagine isso, 125 pequenos batistas tinham todos de Hollywood "sob cerco"! Os grandes e poderosos magnatas do cinema estavam “sitiados” por algumas dezenas de pequenos batistas de uma igreja da cidade! Mas o Dr. Hymers sabe o quanto Hollywood e a elite de Beverly Hills, Nova York e Washington odeiam o Senhor Jesus Cristo. De Bill Maher a George Clooney, de Anderson Cooper a Wolf Blitzer - eles todos desprezam e rejeitam o Filho de Deus. E eu não acho que isso vá acabar até que haja uma perseguição aberta contra as igrejas, e eu creio que você ainda vai ver isso em sua vida.

“Não tinha parecer nem formosura; e, olhando nós para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos. Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.” (Isaías 53:2-3).

É assim que o homem natural, em uma condição não salva, vê Jesus. "Não há beleza para que o desejássemos " e assim eles " O desprezam e rejeitam". Assim foi com o Dr. Hymers. Quando ele era um garotinho, ele costumava vaguear e entrar em uma igreja católica quase todos os dias. Eles mantinham as portas abertas tempo o todo nos anos 40. E ele entrava porque lá era bem quieto e calmo. Havia uma estátua de Jesus em tamanho real naquela igreja, carregando Sua cruz, com o sangue escorrendo pelo seu rosto. Dr. Hymers via Jesus como uma figura trágica, um mártir que morreu por nenhuma outra razão a não ser o ódio de seus inimigos. Esse pensamento permaneceu com ele até alguns dias antes de sua conversão no dia 28 de setembro de 1961, aos vinte anos de idade. Até aquele dia, Dr. Hymers pensava em Jesus como uma figura trágica e terrivelmente incompreendida, que foi pregada na cruz e morreu sem motivo algum. Mas no dia em que o Dr. Hymers converteu-se, ele O viu pela primeira vez como um Salvador vivo e ressurreto que triunfou sobre a morte e estava vivo à destra de Deus no Céu, que o salvaria de seus pecados e transformaria sua vida. . Quando ele viu Jesus naquela manhã, Cristo foi pela primeira vez totalmente desejável!

II. Segundo, o verdadeiro Cristo o vê como totalmente desejável.

Cristo, nome doce para mim,
   Tão amável, meigo é meu Jesus,
Por isso eu O amo tanto assim;
   Oh, Cristo, nome doce para mim.
(Tradução livre de “Jesus is the Sweetest Name I Know” por Lela Long, 1924).

Pode vir a você repentinamente, como aconteceu com nosso pastor. Ou você pode gradualmente ir vendo quão desejável Ele é, até que você se proste diante dEle e confie nEle como seu Salvador e seu Deus. No momento em que o Dr. Hymers creu em Jesus, ele pode cantar como Charles Wesley,

Minhas cadeias Ele já quebrou
   Liberto a Cristo seguindo eu vou?
O Grande amor do Salvador!
   Quem poderá Seu amor contar?
(Tradução livre de “And Can It Be?” por Charles Wesley, 1707-1788).

Na realidade, esse hino foi cantado na manhã que Dr. Hymers foi salvo por Jesus!

Por muito tempo minh’alma viveu em prisão
   Escrava do pecado andando em escuridão
Um raio difundiu do teu olhar, meu bom Jesus
   E eu despertei e em minhas trevas brilhou Tua luz;
Minhas cadeias Ele já quebrou
   Liberto a Cristo seguindo eu vou
O Grande amor do Salvador!
   Quem poderá Seu amor contar?

Naquele momento, nosso pastor poderia ter gritado com McCheyne ou Spurgeon: “Ele é completamente desejável!” Ele poderia ter cantado a plenos pulmões aquele velho hino alemão,

Formoso Cristo, Rei da natureza,
   Divino Ser nascido aqui!
Com glória e honra quero exaltar-te,
   Coroa e gozo achei em Ti!

Meu lindo Salvador! Senhor de toda a terra!
   Maravilhoso Homem-Deus!
Desejo honrar-te, e adorer-Te,
   Hoje e pra sempre Tu és meu!
(Tradução livre de “Fairest Lord Jesus,”
      Traduzido para o Inglês por Joseph A. Seiss, 1823-1904).

“Ele é totalmente desejável.”

Este é Jesus:

“Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste. Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus. E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante Ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis.” (Colossenses 1:15-22).

Aleluia! Este é Jesus! "Sim, ele é totalmente desejável!" Passamos de desprezá-Lo e rejeitá-Lo a prostrarmo-nos a Seus pés em agradecido louvor - porque Ele morreu na Cruz para nos salvar e ressuscitou dos mortos para nos dar vida! Aleluia! "Ele é totalmente desejável!" "Sim, ele é totalmente desejável!"

Cristo, nome doce para mim,
   Tão amável, meigo é meu Jesus,
Por isso eu O amo tanto assim;
   Oh, Cristo, nome doce para mim.

Venha como aquela mulher pecadora que "beijou Seus pés" (Lucas 7:38). E Jesus disse a ela: “os teus pecados estão perdoados” (Lucas 7:48). “Beije o Filho”. A Bíblia diz para fazer isso! “Beijai o Filho ... Bem-aventurados todos os que confiam nele” (Salmos 2:12). Você beijará o Filho de Deus nesta manhã e colocará sua confiança nEle? "Beijar o Filho de Deus?", você diz. Sim! Sim! Beije-o pela fé e confie nele, pois Ele é totalmente desejável! Spurgeon disse:

     Você não precisa ter medo de vir a Jesus, pois “ele é totalmente desejável”. Não diz que ele é totalmente terrível - essa é sua concepção errônea sobre ele; não diz que é um pouco desejável e às vezes disposto a receber certo tipo de pecador; mas “ele é totalmente desejável” e, portanto, está sempre pronto para receber o mais vil [dos pecadores]. Pense no nome dele. É Jesus, o Salvador. Não é um nome adorável? Pense em sua obra. Ele veio para buscar e salvar o que estava perdido. Esta é sua ocupação. Isso não é amável? Pense no que ele fez. Ele redimiu nossas almas com seu sangue. Isso não é adorável? Pense no que ele está fazendo. Ele está [orando] diante do trono de Deus pelos pecadores ... Isso não é amável? [Qualquer maneira que você olhe para Ele] Jesus é desejável para os pecadores que precisam Dele. Venha, então, venha e seja bem-vindo, não há nada que possa mantê-lo afastado, há tudo [chamando você] para vir. Possa este mesmo dia de sábado em que eu tenho pregado a Cristo, e o exaltado, ser o dia em que você é atraído para Ele, jamais mais deixá-lo, mas para ser seu para sempre e para sempre. Amém. ( tradução de C. H. Spurgeon, “Altogether Lovely,” The Metropolitan Tabernacle Pulpit, Pilgrim Publications, 1977 reprint, volume 17, pages 407-408).

"Sim, ele é totalmente desejável." E Ele chama você para vir a Ele e crer nEle, e ser salvo do pecado para todo o sempre, e por toda a eternidade - porque Ele o ama! Porque ele o ama! Porque ele o ama! Venha a Ele - porque Ele o ama! Ele não vai afastar-se de você- porque Ele o ama!

Triste e sombrio foi meu viver,
   Longe de ti, meu Redentor,
mas alegria vim conhecer
   Junto de ti, Senhor.
Foi grande a luta e a tentação;
   Tenho sofrido muita aflição.
Pra confortar o meu coração,
   Eu venho a ti, Senhor.

Ouça, agora uma outra estrofe deste hino:

E nem a morte recearei:
   Perto de mim tu ficarás;
E lá no céu a glória terei,
   Junto de ti, Senhor.
Longe do mal desejo viver,
   Todo pecado vou combater,
Com alegria te obedecer,
   Meu Rei e meu Senhor.
(“Triste e Sombrio foi meu Viver” por William T. Sleeper, 1819-1904).

Jesus o ama. Venha a Jesus nesta manhã. Confie nele. Você verá que Ele é “totalmente desejável”. Seu Sangue lavará todo o seu pecado. Se você gostaria de falar conosco sobre como crer em Jesus, enquanto todos sobem para almoçar, venha e sente-se nas duas primeiras fileiras. Amém


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Solo cantado antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
     “Fairest Lord Jesus” (translated from German by Joseph A. Seiss, 1823-1904).


O ESBOÇO DO

DESPREZADO, PORÉM DESEJÁVEL

DESPISED BUT LOVELY!

Sermão escrito pelo Dr. R. L. Hymers Jr.
e pregado pelo Rev. John Samuel Cagan

“Ele é totalmente desejável” (Cantares de Salomão 5:16).

I.   Primeiro, o mundo perdido não acha que Jesus seja de modo algum desejável. Isaías 53:2-3.

II.  Segundo, o verdadeiro Cristo o vê como totalmente desejável.
Colossenses 1:15-22; Lucas 7:38, 48; Salmo 2:12.