Print Sermon

Os manuscritos dos sermões e videos do site www.sermonsfortheworld.com alcançam agora cerca de 1.500.000 computadores em mais de 215 países por ano. Centenas de outros assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O Youtube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos em 36 idiomas para por volta de 120.000 pessoas por mês. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, assim pregadores podem usá-los sem nossa autorização. Por favor clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de espalhar o Evangelho para todo o mundo, incluindo as nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do rlhymersjr@sbcglobal.net.




COMO PREPARAR UM SERMÃO EVANGELÍSTICO –
VERDADES ESQUECIDAS NECESSÁRIAS PARA VERDADEIRAS CONVERSÕES–

HOW TO PREPARE AN EVANGELISTIC SERMON –
FORGOTTEN TRUTHS NEEDED FOR REAL CONVERSIONS
(Portuguese)

por Dr. C. L. Cagan e Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Noite de Sábado, 14 de outubro de 2017
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Saturday Evening, October 14, 2017

“Faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério”
(II Timóteo 4:5).


O Apóstolo disse essas palavras a Timóteo pouco antes de Paulo ter sido morto sob perseguição do Imperador Nero. Timóteo era discípulo de Paulo. Paulo treinou-o para o ministério. Timóteo tornou-se o pastor da igreja na cidade de Éfeso. O principal trabalho de Timóteo era ser pastor.

Timóteo não teve o mesmo ministério de "Filipe o evangelista" (Atos 21: 8). Filipe ia de um lugar para outro. Filipe foi a Samaria e ali pregou sobre Cristo (Atos 8:5). Filipe foi ao deserto e levou o Eunuco etíope a Cristo (Atos 8:26-39). Filipe pregou em outras cidades (Atos 8:40). Enquanto Filipe era um evangelista itinerante, Timóteo era o pastor de uma igreja local.

Por que Paulo disse a Timóteo para "fazer o trabalho de um evangelista"? Porque cada pastor é chamado a fazer o trabalho de um evangelista! Paulo disse a Timóteo para "cumprir cabalmente” [seu] ministério" (II Timóteo 4:5). Qual era o cumprimento cabal de seu ministério? Fazer o trabalho de um evangelista! Todo pastor é chamado para fazer o trabalho de um evangelista. Se você não fizer isso, você não está fazendo tudo o que Deus lhe ordenou que fizesse!

Todo pastor prega em sua igreja. Esse é o seu chamado. E cada pastor deve pregar sermões evangelísticos em sua igreja - e pregá-los com frequência! Se você deixar o Evangelho para uma aula de Escola Dominical algumas vezes por ano, você não é um pregador fiel. Se tudo que você faz é ensinar as pessoas, você não é um pregador fiel. Seu ministério não é apenas ensinar a Bíblia. Você deve fazer o trabalho de um evangelista. Você deve pregar sermões evangelísticos e deve fazê-lo regularmente.

O que é um sermão evangelístico? Um sermão evangelístico destina-se diretamente às pessoas perdidas na congregação, das quais sempre há muitas em todos os cultos, embora alguns deles venham à igreja todas as semanas. Todo o sermão evangelístico proclama a verdade sobre o pecado e a salvação em Cristo - para que as pessoas perdidas que o ouvirem confiem em Jesus e sejam salvas. Um sermão evangelístico não é um sermão expositivo de vários versículos da Escritura. Escolha um ou dois versículos para pregar. Os sermões evangelísticos se concentram na verdade de um ou dois versículos no máximo. Exposições de muitos versículos não são sermões evangelísticos. Estude os sermões evangelísticos de Spurgeon. Nenhum deles é o que chamamos hoje de sermões "expositivos". No livro de Atos, todos os sermões, com excessão de um, foram sermões evangelísticos. Existe apenas um sermão "expositivo" em todo o Livro de Atos! Devemos seguir o exemplo dos Apóstolos e Spurgeon quando pregamos sermões evangelísticos!

Pouquíssimos pastores hoje pregam sermões evangelísticos. Muitos não os pregam de maneira alguma. Na América, raramente ouvimos sermões evangelísticos hoje em dia. E não é muito diferente em outros países. Os pastores ensinam a Bíblia ao seu povo - ou eles pregam curas, prosperidade e como se sentir bem - tudo menos o Evangelho de Cristo! Eles não estão obedecendo a Bíblia, que diz: "Faça o trabalho de um evangelista".

Você pode dizer: "Mas como posso preparar um sermão evangelístico? O que devo fazer? " Esta mensagem é sobre isso. Eu vou dizer-lhe como pregar um sermão evangelístico.

Um sermão evangelístico é um sermão centrado no evangelho. O que é um sermão centrado Evangelho? Para pregar o Evangelho, você deve saber o que é o Evangelho. O apóstolo Paulo disse:

“Venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei... que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras; que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (I Coríntios 15:1,3, 4).

Mais uma vez o Apóstolo Paulo diz:

“Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores” (I Timóteo 1:15).

Há duas partes em um sermão evangelístico. A primeira parte sobre problema do pecado do homem; e segundo, o que Cristo fez para salvar as pessoas de seus pecados.

I. Primeiramenteo, você deve pregar a lei - que diz às pessoas sobre seus corações pecaminosos.

Na primeira parte de um sermão evangelístico, você deve pregar a lei. Por que alguém deveria confiar em Jesus? Qual é o motivo? Por que Jesus morreu na cruz? Muitos sermões dizem às pessoas que confiem em Jesus para que possam ter uma vida melhor, ou se felizes, ou encontrem amor e amizade. Mas não é por isso que Jesus morreu na Cruz! Alguns sermões dizem às pessoas que confiem em Jesus para que possam ir ao Céu. Mas essa mensagem não é Evangelística se não disser por que eles precisam de Jesus para ir ao Céu. A Bíblia diz: "Cristo morreu por nossos pecados". A Bíblia diz: "Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores".

Se as pessoas não se sentem pecadoras, por que elas deverim vir a Cristo? Elas não virão! As pessoas podem fazer uma oração. Podem levantar a mão. Elas podem vir à frente ao final de um sermão. Mas elas não serão salvas! Por quê? Porque elas não têm do que serem salvas!

Como você pode mostrar às pessoas que elas são pecadoras? Pregando-lhes a lei de Deus. A Bíblia diz:

"A lei nos serviou de aio para nos conduzir a Cristo (Gálatas 3:24).

A lei mostra às pessoas que elas são pecadoras. Depois de serem condenadas pelo pecado de seus corações, elas podem vir a Cristo. Muitos pastores têm medo de pregar a lei. Eles têm medo de irritar as pessoas. Iain H. Murray disse que este é "O principal problema no Evangelismo". Em seu livro, The Old Evangelicalism (Banner of Truth, 2005, leia as páginas 3 a 37), Murray corretamente nos diz que o medo de ofender o perdido é o principal motivo pelo qual a pregação evangelística é tão ineficaz hoje.

Seja o que for que você faça, não pregue contra pecados individuais. "Faça isso. Não faça aquilo." Isso é falar dos pecados reais ou específicos das pessoas. Mas o pecado vai muito mais fundo. Eles são pecadores em seu interior. Eles têm um coração pecaminoso, herdado de Adão. É por isso que Davi disse: "Em iniqüidade fui formado; e em pecado me gerou a minha mãe " (Salmo 51:5). É por isso que a Bíblia diz: "Enganoso é o coração acima de todas as coisas, e desesperadamente perverso" (Jeremias 17:9). E a Bíblia diz: "A mente carnal [inconversa] é inimizade contra Deus" (Romanos 8:7). É por isso que as pessoas fazem as más coisas que fazem. O que fazem sai daquilo que são. Cristo disse: "Do coração dos homens, procede maus pensamentos, adultérios, fornicações, assassinatos ... Todos estes maus vêm de dentro" (Marcos 7:21, 23). Muito mais do que o que as pessoas fazem é o que elas são. Mesmo que alguém tente ser melhor, ele nunca pode mudar seu coração, do mesmo jeito que uma cabra não pode se transformar em uma ovelha. As pessoas não podem ser ensinadas a serem cristãs. É preciso que se pregue a elas como eu explico neste sermão. Deus condena o coração humano e as ações humanas. A Bíblia diz: "Todos estão sob o pecado" (Romanos 3:9). Todos estão sob o poder e a pena do pecado antes da conversão.

É imperativo que você pregue a lei para que as pessoas vejam e sintam que seus corações são pecaminosos. Agora, todos admitem ser pecadores de alguma forma. Nunca conheci alguém que afirmou ser perfeito. Um homem disse a um pregador: "Suponho que sou [um pecador], mas não sou o que você poderia chamar de mal pecador. Eu acho, sim, que sou um bom pecador. Eu sempre tento fazer o melhor que posso. "Esse homem não estava pronto para ser salvo! Antes de ser salvo, ele precisa ver que é um "mau" pecador. É por isso que você deve pregar sobre seus corações pecaminosos.

Sem a lei de Deus, as pessoas não verão por que precisam do Evangelho de Cristo. É por isso que você deve pregar a lei antes de pregar o Evangelho. A Bíblia diz: "A lei nos serviu de áio para nos conduzir a Cristo" (Gálatas 3:24). Como um professor, a lei mostra às pessoas por que elas precisam de Cristo. Primeiro a lei. Então, o Evangelho. O que Lutero disse estava exatamente certo. Você deveria estudar cuidadosamente o que ele disse se quiser aprender como pregar sermões evangelísticos. Lutero disse:

“É necessário, para que se converta, que você se torne [incomodado], isto é, que sua consciência esteja alarmada e trêmula. Então, depois que essa condição foi criada, você deve entender o consolo que não vem de qualquer trabalho seu, mas da obra de Deus. Ele enviou Seu Filho Jesus a este mundo para proclamar aos pecadores aterrorizados a misericórdia de Deus. Este é o caminho para a conversão. Todos as outras maneiras são formas falsas ways (Martin Luther, Th.D., What Luther Says, Concordia Publishing House, 1994 reprint, Number 1014, page 343).

Eu disse: "Você deve pregar a lei para que as pessoas vejam e sintam sua pecaminosidade interior ". Não disse:" Você deve pregar sobre o inferno ". Sim, Cristo falou sobre o inferno. O Inferno é real. Mas você deve ter cuidado ao pregar sobre o inferno. Ninguém pode ser salvo por ter medo do inferno. Eles podem tentar ser melhores pessoas. Eles podem se tornar muito religiosos. Mas ter medo do inferno nunca salvou ninguém. Cristo morreu por nossos pecados. O inferno é apenas um resultado do pecado. O verdadeiro problema é o pecado, não o inferno. Temos descoberto que sermões inteiros sobre o Inferno não convertem as pessoas. A primeira parte de um sermão evangelístico deve expor seu pecado - não apenas pecados individuais, mas o pecado de seus corações.

Para mostrar às pessoas o seu pecado, você deve pregar contra seus corações pecadores e rebeldes. Mas você não deve terminar por aí. A lei não pode salvar ninguém. A lei apenas mostra às pessoas o pecado de seus corações. A Bíblia diz: "Visto que ninguém será justificado diante Dele por obras da lei,... porque pela lei vem o pleno conhecimento do pecado" (Romanos 3:20). A Bíblia diz que salvar as pessoas é “impossível à lei” (Romanos 8:3). Somente o próprio Cristo pode mudar o coração do pecador. Somente o Sangue de Cristo pode lavar o pecado. E isso me leva ao segundo ponto.

II. Em segundo lugar, é imperativo que você pregue o Evangelho - que diz às pessoas o que Cristo fez para salvá-los do pecado

Na segunda parte do seu sermão evangelístico, você deve pregar o Evangelho. O evangelho não é um ensinamento sobre como ser melhor. O evangelho não é uma mensagem sobre a igreja, nem mesmo sobre o céu. O Evangelho é a boa nova que "Cristo morreu por nossos pecados de acordo com as escrituras" (I Corinthians 15:3). O Evangelho é dizer que "Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores" (I Timóteo 1:15).

O evangelho não é um conjunto de regras. O Evangelho mostra que Deus ama o pecador de tal maneira que Cristo veio morrer por ele. O evangelho não é feito de lei. É puro amor e graça. Como Lutero disse:

O Evangelho ... não prega o que devemos fazer ou evitar. Não configura requisitos, mas inverte a abordagem da lei, faz o oposto e diz: "Isto é o que Deus fez por você; Ele deixou seu Filho ser feito carne por você, deixou que ele fosse morto por sua causa "... o Evangelho ensina ... o que nos foi dado por Deus e não ... o que devemos fazer ou dar a Deus (tradução de “How Christians Should Regard Moses,” 1525).

O Evangelho oferece ao pecador um coração novo, e o perdão do pecado através do que Cristo fez na Cruz e no túmulo vazio! Aquele que confia em Jesus é

"justificado gratuitamente por Sua graça mediante a redenção que há em Cristo Jesus: a quem Deus propôs, no Seu sangue, como propiciação [pagamento pelo pecado] mediante a fé." (Romanos 3:24, 25)

A Bíblia diz que "Deus [mostra] o seu amor para conosco, em que, enquanto ainda éramos pecadores, Cristo morreu por nós ... [nós somos] agora justificados pelo seu sangue" (Romanos 5:8,9). Cristo morreu no lugar do pecador para pagar por seu pecado. Como Isaías disse: "O Senhor colocou sobre ele [Cristo] a iniqüidade de todos nós" (Isaías 53:6). O evangelho é a gratuita graça do perdão do pecado através de Jesus Cristo.

Ao pregar o Evangelho, não pregue apenas a morte de Cristo. Pregue a ressurreição de Cristo! É parte do Evangelho o fato de que Cristo "ressurgiu novamente ao terceiro dia de acordo com as escrituras" (I Corinthians 15:4). A ressurreição de Cristo é essencial. A Bíblia diz: "Se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé; e ainda permaneceis nos vossos pecados "(I Corinthians 15:17). Cristo não permaneceu morto em seu túmulo. Ele ressuscitou da morte para dar aos pecadores um novo coração (ver Ezequiel 11:19; 36:26, 27).

Não apenas pregue a morte de Cristo. Pregue o Sangue de Cristo! Lembre-se de que as pessoas são salvas "através da fé no seu sangue" (Romanos 3:25). Somos "justificados pelo seu sangue" (Romanos 5:9). E a Bíblia diz: "Sem derramamento de sangue não há remissão [não há perdão]" (Hebreus 9:22). É impressionante que muitos pregadores sigam o Dr. John MacArthur quando ele diz que o Sangue de Cristo não é necessário para a salvação, e que hoje não há sangue de Cristo. Mas pastores fiéis e bons pregam o Sangue de Cristo! O Dr. Martyn Lloyd-Jones estava certo quando disse: "Em períodos de reavivamento ... [a igreja] se gloria no sangue ... só existe uma maneira pela qual podemos entrar com ousadia no mais sagrado [lugar], e isso é através do sangue de Jesus." (tradução de Revival, Crossway Books, 1992 edition, p. 48). Pregue o Sangue! Pregue o sangue! “O sangue de Jesus Cristo Seu Filho nos purifica de todo o pecado” (I João 1:7).

O evangelho é o dom gratuito da graça de Deus em Cristo. O pecador não pode por si só tornar-se bom. Há apenas uma coisa que o pecador pode que fazer. Ele deve confiar em Jesus. Apenas crer em um fato sobre Cristo não o salvará. Ele deve confiar no próprio Jesus. O apóstolo Paulo disse ao cárcere de Filipos: "Creia [grego epi = sobre] no Senhor Jesus Cristo, e serás salvo" (Atos 16:31). Se um pecador crer em Jesus, ele será salvo. E o que todo o pecador deve fazer é confiar em Cristo. Jesus faz o resto. Ele dá ao pecador um novo coração no novo nascimento (Efésios 2: 5, João 3: 6, 7) e Ele purifica o pecador de todo pecado com Seu Sangue (Hebreus 9:14; Apocalipse 1: 5b; 5: 9b) . "Apenas creia nele, somente creia nele, apenas creia nele agora. Ele o salvará, Ele o salvará, Ele o salvará agora "("Creia somente em Cristo"por John H. Stockton, 1813-1877).

No final do seu sermão, convite os pecadores a confiarem em Jesus. Convide-os a entrar em outro local onde você possa falar com eles em particular. Seu trabalho não está terminado eles falam com você. "Vir à frente" não é o mesmo que crer em Jesus. "Levantar a mão" ou dizer uma "oração do pecador" não é o mesmo que crer em Jesus. Crer em Jesus é crer em Jesus - nada mais. É por isso que você deve falar com as pessoas que respondem ao seu convite após o sermão. E é também por isso que você também deve ouví-los com atenção. Ao ouvir, você conhecerá as falsas idéias nas quais eles acreditam, para que você possa corrigi-los. Fale com cada um pessoalmente e faça o seu melhor para levá-los a Cristo. Mas esse é o assunto de outra mensagem. Que Deus o abençoe enquanto você prega sobre os pecados do coração e sobre o perdão através do Sangue de Cristo.


AO ESCREVER PARA DR. HYMERS, VOCÊ PRECISA MENCIONAR O PAÍS DO QUAL VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO, CASO CONTRÁRIO ELE NÃO PODERÁ RESPONDER SEU E-MAIL. Se estes sermões o abençoam envie um e-mail para o Dr. Hymers para dizer-lhe, mas sempre inclua o país do qual você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é: rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para Dr. Hymers em qualquer idioma, mas, se puder, escreva em Inglês. Se você quiser escrever para Dr. Hymers pelo correio, seu endereço é: P. O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode contatá-lo via telefone: (818) 352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.


O ESBOÇO DO

COMO PREPARAR UM SERMÃO EVANGELÍSTICO –
VERDADES ESQUECIDAS NECESSÁRIAS PARA VERDADEIRAS CONVERSÕES–

HOW TO PREPARE AN EVANGELISTIC SERMON –
FORGOTTEN TRUTHS NEEDED FOR REAL CONVERSIONS

por Dr. C. L. Cagan and Dr. R. L. Hymers, Jr.

“Faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério”
(II Timóteo 4:5).

(Atos 21:8; 8:5, 26-39, 40; I Coríntios 15:1, 3, 4;
I Timóteo 1:15)

I.   Primeiro, você deve pregar a lei - que diz às pessoas sobre seus corações pecaminosos, Gálatas 3:24; Salmo 51:5; Jeremías 17:9; Romanos 8:7; Marcos 7:21, 23; Romanos 3:9, 20; 8:3.

II.  Em segundo lugar, é imperativo que você pregue o Evangelho - que diz às pessoas o que Cristo fez para salvá-los do pecado,
I Coríntios 15:3; I Timóteo 1:15; Romanos 3:24, 25; 5:8, 9; Isaías 53:6;
I Coríntios 15:4, 17; Ezequiel 11:19; 36:26, 27; Hebreus 9:22;
I Jo ão 1:7; Atos 16:31; Efésios 2:5; João 3:6, 7; Hebreus 9:14;
Apocalípse 1:5b; 5:9b.