Print Sermon

Os manuscritos dos sermões e videos do site www.sermonsfortheworld.com alcançam agora cerca de 1.500.000 computadores em mais de 215 países por ano. Centenas de outros assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O Youtube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos em 36 idiomas para por volta de 120.000 pessoas por mês. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, assim pregadores podem usá-los sem nossa autorização. Por favor clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de espalhar o Evangelho para todo o mundo, incluindo as nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do rlhymersjr@sbcglobal.net.




JONAS – DA MORTE PARA A VIDA!

JONAH – FROM DEATH TO LIFE!
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Um sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Manhã do Dia do Senhor, 5 de junho de 2016
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Morning, June 5, 2016


Em primeiro lugar, uma palavra sobre o monstro marinho. Vejamos Jonas 1:17. "O Senhor havia preparado um grande peixe para engolir Jonas." A palavra hebraica usada para "preparado" é “mănăh.”. A palavra significa "constituir", "preparar." Foi especialmente constituído e preparado. Nada assim antes ou depois. Ele foi preparado pelo Senhor Deus. Em seguida, o peixe em si. A palavra hebraica usada é "Dag" que significa uma criatura marinha - enorme, capaz de engolir um homem inteiro, sem mastigá-lo. E isso nos traz nosso texto,

“Eu desci até aos fundamentos dos montes; os ferrolhos da terra correram-se sobre mim para sempre; mas tu livraste a minha vida da perdição, ó SENHOR, meu Deus” (Jonas 2:6).

Comentando sobre o Livro de Jonas, o grande reformador João Calvino disse:

    Que nisto [Cristo] seria como a Jonas, porque Ele seria um profeta trazido de volta à vida novamente ... como Jonas converteu Nínive, depois de ter voltado à vida. Então este é o significado mais simples da passagem. Daí Jonas não ser um tipo de Cristo, por ter sido enviado aos gentios, mas por haver voltado à vida novamente ... (traduzido de John Calvin, Commentaries on the Twelve Minor Prophets, Baker Book House, 1998 reprint, volume 3, página 21).

Notem as palavras de Calvino - Jonas foi "u profeta trazido à vida novamente" A ressurreição de Jonas dos mortos foi um tipo da ressurreição de Cristo no terceiro dia.

O Dr. M.R. DeHaan também disse: "Quando o profeta Jonas foi lançado ao mar e engolido por um grande peixe, tornou-se um tipo claro da morte e ressurreição de Cristo" (traduzido de M. R. DeHaan, M.D., Jonah – Fact or Fiction?, Zondervan Publishing House, 1957, p. 80). Dr. J. Vernon McGee disse a mesma coisa em Thru the Bible Commentary.

O Dr. Murphy Lum ensinou hebraico em um seminário no sul da Califórnia. Dr. Lum me disse: "Jesus nos deu o melhor comentário sobre Jonah em Mateus 12:40". Naquele versículo Jesus disse:

“Porque, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre [de um grande peixe]; Assim estará o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra” (Mateus 12:40).

Três lições vêm da declaração de Cristo:

1. Jonas é um retrato da morte e ressurreição de Cristo.

“Porque, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre [de um grande peixe]; Assim estará o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra” (Mateus 12:40).

2. Jonas é, portanto, uma imagem da salvação pela graça.

“E a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força. Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos...” (Efésios 1:19-20)

A ressurreição de Cristo é então, aplicada ao convertido.

“E vos [vivificou], estando vós mortos em ofensas e pecados” (Efésios 2:1)

E, novamente nos é dito:

“Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com ele... em Cristo Jesus” (Efésios 2:5-6)

Estes versículos mostram que os não convertidos estão mortos no pecado e devem ser vivificados em Cristo. A experiência da conversão da "morte para a vida" está conectada e energizada pela morte e ressurreição de Cristo - e por isso é retratada pelo que aconteceu a Jonas (cf. Mateus 12:40).

3. A ressurreição de Jonas é, portanto, também, um retrato do batismo por imersão de um convertido. Romanos 6:3-4 diz:

“Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida” (Romanos 6:3-4).

Pela fé, o convertido é imerso em Cristo, unido com Cristo em Sua morte e ressurreição. Dr. MacArthur corretamente diz: "Certamente batismo nas águas retrata essa realidade..." (ibid, nota sobre Romanos 6:3.). Assim, a experiência da conversão, retratada pelo batismo nas águas, aponta para a morte e ressurreição de Cristo, que foi tipificada por Jonas (cf. Mateus 12:40).

Para recapitular,


1. Jonas retrata a morte e ressurreição de Cristo.

2. Jonas retrata a morte espiritual e a ressurreição da conversão.

3. Jonas retrata o batismo do convertido.


Cristo realmente morreu? Sim. Uma pessoa não convertida está realmente morta em seus delitos e pecados? Sim. Uma pessoa convertida está realmente ressurreta dos mortos? Sim. Um pregador experiente pode até mesmo ver a mudança em seus rostos e expressões.

Estava Jonas realmente morto dentro do grande peixe? Eu creio que a resposta é óbvia! Como o Dr. Lum disse: "Jesus nos deu o melhor comentário sobre Jonah em Mateus 12:40".

“Porque, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre [de um grande peixe]; Assim estará o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra.”

Jesus estava realmente morto - assim a comparação que Jesus faz mostra que Ele acreditava que Jonas estava realmente morto. Isso resolve o argumento! Jonas deixou isso claro ao dizer:

“Eu desci até aos fundamentos dos montes; os ferrolhos da terra correram-se sobre mim para sempre; mas tu livraste a minha vida da perdição, ó SENHOR, meu Deus” (Jonas 2:6).

A palavra hebraica para corrupção é "shachath." Ela quer dizer "sepultura", e significa a morte de Jonas.

Os dois primeiros capítulos de Jonas também trazem uma imagem de conversão. De muitas maneiras ilustra a minha própria conversão. Deus falou ao coração de Jonas e disse-lhe que fosse pregar em Nínive. Deus falou ao meu coração e disse-me que eu fosse testemunhar Dele. Jonas fugiu da presença de Deus. Entrou em um navio e velejou o mais longe que pode de Nínive. Eu saí da igreja em Huntington Park e andei pelas ruas de Los Angeles em escuridão e medo. Assim como Jonas eu fugi. Deus, todavia, enviou uma grande tempestade a Jonas naquele navio. Eu fui jogado de um lado para outro e me senti sem esperança. Jonas foi lançado ao mar e foi engolido por um grande monstro marinho. Eu fui para uma igreja chinesa e tentei ir para a faculdade. Eu fui tragado pela depressão e desesperança. Eu não pudia ir à faculdade porque não tinha carro. Eu tinha que viajar horas em um ônibus para ir e voltar. Eu tive que trabalhar, quando voltei do colégio. Eu não tinha tempo para estudar. Eu sabia que estava indo mal nas minhas aulas. Eu senti que estava sendo engolido pelo Diabo. Não havia luz. Não havia esperança. Não havia paz. Eu me senti como Jonas no interior do estômago do grande monstro do mar.

“As águas me cercaram até à alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça. Eu desci até aos fundamentos dos montes; os ferrolhos da terra correram-se sobre mim para sempre...” (Jonas 2:5, 6).

Foi assim que eu me senti. Eu não tinha percebido isso, mas Deus estava me mostrando a vaidade e falta de esperança desta vida. E os meus pecados estavam sempre diante de mim!

Eu me senti como o Sergio Melo, um dos nossos jovens. Sob profunda convicção de pecado, Sergio disse, “eu não posso segurar este fardo por mais tempo. Eu estava profundamente perturbado... Eu estava passando por um momento terrívelmente tumultuoso pela a culpa do meu pecado ... Nada me alegrava ou me tirava para fora desse problema ... eu disse para mim mesmo: 'E se eu morrer agora?", "Eu não posso morrer agora, não em um estado como este. 'Eu, então, fiquei olhando para os rostos de cada pessoa que passava por mim, e recordei-me que o Dr. Hymers em um sermão disse que ele via pessoas andando como zumbis, sem qualquer preocupação com a sua alma. "Assim estava Sergio, andando para casa naquela manhã, sob profunda convicção de pecado, como Jonas no fundo do oceano.

John Cagan teve uma experiência semelhante. John disse, "Naquelas semanas [antecedentes] à minha conversão, eu me senti como se estivesse morrendo; Eu não dormia, eu não sorria. Eu não conseguia encontrar qualquer forma de paz ... Eu rejeitava todo e qualquer pensamento que sobre Deus e conversão, eu recusava-me a pensar sobre isso, mas eu não conseguia encontrar qualquer paz ... Eu não conseguia parar de sentir-me tão atormentado ... eu comecei a me odiar, a odiar meu pecado e como isso me fazia sentir ... meus pecados tornaram-se cada vez pior. "

Soriay Yancy disse: "O Dr. Hymers pregou dura e fortemente sobre o pecado... Lembrei-me todas as coisas erradas que eu havia feito. O pecado de meus pensamentos, as mentiras e muitos [outros] pecados. Senti-me envergonhada e eu não conseguia encarar Deus ... eu chorei. Eu pensei, “nunca vou encontrar Cristo”"... Eu chorei e chorei. Eu pensei que nunca fosse ter Cristo como meu Salvador ".

Jonas disse: "As águas me cercaram até à alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça ... e as tuas ondas passaram sobre mim" (Jonas 2: 5, 3) .

E foi assim que me senti até que Cristo veio a mim, e Cristo derramou Seu amor sobre mim e eu cantei: Que grande amor, como há de ser, que fez Jesus por mim morrer. E Jonas clamou e disse: "a salvação é do Senhor" (Jonas 2: 9).

“E o Senhor falou ao peixe, e ele vomitou a Jonas em terra seca” (Jonas 2:10).

Louvado seja Deus! No momento em que você confiar em Jesus, você será "vomitado" dos seus pecados! Você vai ser vomitado das garras do diabo! Você vai ser vomitado da morte – para uma nova vida em Jesus Cristo! Meus queridos amigos, se vocês se voltarem para Jesus vocês irão vai descobrir que Jonas estava certo - ". A salvação é do Senhor" como tradução moderna coloca, "a salvação vem do Senhor." É um dom gratuito de Deus em Cristo.

Você vê a sua necessidade de salvação? É natural não sentir a necessidade. Os seres humanos em seu estado natural, seu estado normal não sentem essa necessidade de maneira alguma. É preciso um milagre para que alguém se senta como Sergio sentiu-se, ou como John Cagan, ou Soriya, ou Jonas sentiram-se - ou como eu me senti quando era um jovem de vinte anos, andando sozinho pelas ruas de Los Angeles. É preciso um trabalho milagroso do Espírito Santo para convencer uma pessoa. Apenas um ato do Espírito Santo pode fazer uma pessoa dizer no seu coração: "Meu pecado está sempre diante de mim" (Salmo 51:3).

Você já examinou a si mesmo? Você já realmente olhou para seu próprio coração? Não há esperança para você, se você não fizer isso. A maioria das pessoas está fugindo disso - como Jonas fugiu da presença de Deus. Pessoas preenchem o tempo para evitar de pensar em seus pecados. Alguns assistem infindos jogos de vídeo para não pensar, para se esconder de Deus. Outros estão sempre correndo por aí fazendo alguma coisa - para não pensar. Outros mergulham no trabalho ou no estudo, ou procuram uma carreira, ou qualquer coisa que os faça não pensar em seu pecado. Dr. Lloyd-Jones disse: "Você tem que lutar por sua vida e você tem que lutar por sua alma. O mundo vai fazer de tudo para impedi-lo de enfrentar a si mesmo”- para impedí-lo de pensar em seu pecado. (Traduzido de “The Sinner’s Confession”)

Você tem que pensar em suas transgressões. Transgressão significa rebelião, o desejo de fazer as coisas do seu próprio jeito, o desejo de fazer o que você sabe que está errado. Significa fazer aquilo que a sua própria consciência sabe que está errado. É um ato deliberado de pecado. Sua consciência disse "não" - mas você fez de qualquer maneira. Isso é uma transgressão!

Em seguida, você precisa pensar em sua iniqüidade. Isso significa aquilo que você pensou ou fez coisas que não é direito, que é pervertido - os maus pensamentos, a maldade torcida, feia e suja – em seu coração e em sua vida!

Em seguida, há a palavra "pecado". Isso significa "errar o alvo". É como um homem atirando em um alvo, mas errando. Isso significa que você não é o que você deveria ser. Isso significa que você não está vivendo da maneira que você deveria estar vivendo. Isso significa que você tem errado o alvo. Você não tem vivido da maneira que Deus quer que você viva. Não é de se admirar que você esteja tão infeliz!

Quando o Espírito de Deus traz essas coisas à sua mente, não os afaste. Então você será convicto. Certifique-se de que você não afastará esses pensamentos. Se fizer isso, talvez nunca mais possa ter outra chance. Talvez Deus nunca mais o traga sob convicção. E se Deus não o fizer você estará condenado, eternamente perdido, mesmo continuando a viver neste mundo.

Nós oramos para que o Espírito Santo faça com que você fique insatisfeito consigo mesmo, que Ele faça com que você se sinta totalmente perdido, enojado consigo mesmo, perdido - sem esperança! Só então você poderá dizer: “Pois as minhas iniquidades ultrapassam a minha cabeça; como carga pesada são demais para as minhas forças." (Salmo 38: 4). Você, então, sentirá que Jesus é o único que pode ajudá-lo. Só então você vai sentir que nada pode fazer você limpo, a não ser o sangue de Jesus vertido na cruz. Só então você vai parar de brincar consigo mesmo. Só então você vai odiar seu pecado, voltar para Jesus, e confiar somente nele. Só então você será capaz de dizer com Jonas, "A salvação vem do Senhor" (Jonas 2: 9). Só então será capaz de fazer o que a canção diz,

Eu venho a Jesus!
Venho agora a Ti!
Lava-me, limpa-me em teu Sangue
Que verteste no calvário por mim.
   (Tradução livre de “I Am Coming, Lord” por Lewis Hartsough, 1828-1919).

Se você gostaria de falar conosco sobre como ser limpo pelo Sangue de Jesus, por favor, saia do seu assento e siga Dr. Cagan e John Cagan para o fundo do auditório. Eles vão levá-lo para uma sala tranquila onde poderemos conversar e orar. Amém.

Se este sermão lhe abençoou o Dr. Hymers gostaria de ouvir de você. QUANDO VOCÊ FOR ESCREVER PARA O DR. HYMERS VOCÊ TEM QUE DIZER-LHE DE QUAL PAÍS VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO OU ELE NÃO PODERÁ RESPONDER AO SEU E-MAIL. Se estes sermões lhe abençoou envie um e-mail para o Dr. Hymers e conte para ele, mas sempre inclua o país de onde você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para o Dr. Hymers em qualquer idioma, mas escreva em Inglês se você puder. Se você quiser escrever para o Dr. Hymers por correio, o seu endereço é P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode ligá-lo por telefone para (818)352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Você pode enviar e-mail ao Dr. Hymers para rlhymersjr@sbcglobal.net (Clique Aqui)
ou você pode escrever para ele a P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015.
Ou ligar para ele (818) 352-0452.

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Trecho das Escrituras Lido Antes do Sermão por Abel Prudhomme: Jonas 2:1-9.
Solo Cantado Antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
“I Am Coming, Lord” (por Lewis Hartsough, 1828-1919).