Print Sermon

Os manuscritos dos sermões e videos do site www.sermonsfortheworld.com alcançam agora cerca de 116.000 computadores em mais de 215 países a cada mês. Centenas de outros assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os direciona para nosso website. O Youtube direciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos em 34 idiomas para milhares de pessoas a cada mês. Por favor clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de espalhar o Evangelho para todo o mundo, incluindo as nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net.




A FORÇA DO CARÁTER DE UM HOMEM –

UM TRIBUTO AO DR. HYMERS EM SEU 75º ANIVERSÁRIO

THE STRENGTH OF A MAN’S CHARACTER –
A TRIBUTE TO DR. HYMERS ON HIS 75TH BIRTHDAY
(Portuguese)

por Dr. C. L. Cagan

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Noite do Dia do Senhor, 10 de abril de 2016
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord’s Day Evening, April 10, 2016

“Se te mostrares fraco no dia da angústia, a tua força é pequena”
(Provérbios 24:10).


Como se deve medir o valor de um homem? O mundo o faz em termos de dinheiro. Mas Jesus disse: “A vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui” (Lucas 12:15). Não é dinheiro - ou títulos, ou prestígio, ou prazeres - que mostram o verdadeiro valor. O quê então? Nosso texto diz:

“Se te mostrares fraco no dia da angústia, a tua força é pequena” (Provérbios 24:10).

A palavra “adversidade” significa “momentos em que as coisas estão contra você.” “Fraco” significa “desistir”. Matthew Poole, em seu comentário diz: “Este é um sinal de que tens pouca coragem ou força cristã, porque isso se faz mais conhecido pela adversidade.” Uma pessoa é provada pelo que esta faz quando as coisas estão contra ela! A Bíblia de Estudo de Genebra de 1599 diz: “O homem não tem sua força provada até que esteja em apuros” (nota 'b' em Provérbios 24:10).

Essa é a real prova pela qual passa um homem - não quando tudo está brilhante, mas quando tudo está escuro. Nessa prova, o nosso pastor, Dr. Hymers é um cristão excepcional! Sua vida foi cheia de adversidades. Mesmo sentindo-se fraco, ele jamais desistiu. Dr. Bob Jones (1883-1968) disse: “O teste do seu caráter é suficiente para pará-lo.” Vamos colocar isso de outra maneira. “O teste do seu caráter é o que não o impedirá.” “Se nada pode pará-lo, você tem um grande caráter.” Isso é o que o nosso pastor tem!

Esta noite nós comemoramos seu 75º aniversário. A maior parte de sua vida foi cheia de adversidades. Coisas estiveram contra ele. Pessoas estiveram contra ele. Mas ele sempre seguiu avante. Não por sua própria força. Seu versículo de vida é Filipenses 4:13: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece.” Hoje honramos nosso pastor - e damos graças a Deus!

Eu quero falar-lhes sobre a vida Dr. Hymers pelo ponto de vista do que ele teve que enfrentar. Sua vida é uma história de força, perseverança e vitória através de Cristo! A profundidade da adversidade mostra a profundidade de sua força.

Até mesmo o início da vida de nosso pastor foi cheio de adversidades. Ele não foi criado em um lar cristão. Na verdade, ele veio de um lar desfeito. Seu pai os abandonou quando ele tinha dois anos de idade. Sua mãe, Cecília, o amou e cuidou dele até os doze anos. Dali para frente ele, então foi mudando de um lugar para outro, vivendo com parentes. Ele passou por 22 escolas diferentes até formar-se no ensino médio. Na escola ele sempre era o “garoto novo” - um estranho. Em sua vida ele era um “órfão virtual” - sem apoio, amor ou cuidado.

Deus já era bom para ele, até mesmo lá atrás. A Bíblia diz: “O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas obras” (Salmo 145: 9). Deus cuida de Seus filhos, mesmo antes de serem salvos. Um professor de oratória e drama do Dr. Hymers, Ray Phillips, reconheceu seu talento para atuar e falar em público. Ele interessou-se por nosso pastor dando-lhe um cuidado genuíno. O Sr. Phillips foi amável e bom para com ele. Mas fico feliz que o Dr. Hymers mais tarde viu que o teatro era vaidade, e tornou-se um pregador do Evangelho!

Dr. Hymers não cresceu em uma igreja. Ele não teve uma família normal. Se assim fosse, ele teria sido desinibido e sociável - uma pessoa extrovertida. Mas todas aquelas mudanças e rejeição transformaram-no em uma pessoa introvertida - que olha para dentro. Ele olhava seriamente para dentro de si mesmo, e pensava em Deus. Você pode não pensar em Dr. Hymers como uma pessoa introvertida, uma vez que ele prega tão bem e está frequentemente conversando com as pessoas. Mas interiormente ele é uma pessoa sensível, consciente de suas próprias fraquezas. Ele depende não de si mesmo, mas de Deus.

À aquela vida de adversidade, Deus enviou Seu amor através, do que eu chamo, de “janelas de graça.” Dois vizinhos de nosso pastor, o Dr. E a Sra McGowan, foram uma janela de graça para ele. Eles eram amáveis. Eles o chamavam para jantar. Eles o trouxeram a sua igreja, onde se tornou Batista. Deus foi bom para o nosso pastor, quando ele era um jovem solitário.

Ainda adolescente Dr. Hymers decidiu que não seria como seus parentes. Ele os via beber e maldizer. Ele tomou a determinada decisão de ir à igreja e viver como um cristão. Ele ainda não era convertido. Ele era como Abraão quando Deus lhe disse: “Sai-te da tua terra, da tua parentela ... para a terra que eu te mostrarei” (Gn 12: 1). E

“Pela fé, Abraão, quando ele foi chamado para ir para um lugar que havia de receber por herança, obedeceu; e ele saiu, sem saber para onde ia” (Hebreus 11: 8).

Abraão não sabia plenamente o que Deus tinha em mente. Ele ainda não era convertido. Todavia ele “obedeceu; e saiu.” Isso foi o que Dr. Hymers fez. Ele ainda não era convertido. Mas ele mudou sua vida. Teólogos chamam isso de “fé antes da fé” - responder a Deus antes da conversão.

Nosso pastor não recebeu qualquer apoio ou elogio por estar indo à igreja. Seus parentes zombavam dele e diziam: “Robert é religioso.” Mas com toda a essa zombaria, nosso pastor seguiu o chamado de Deus. Nosso texto diz: “Se te mostrares fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.” Graças a Deus ele não esmoreceu. Sua força não era pequena, pois Deus lhe deu força!

Jesus disse: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o atrair” (João 6:44). O que é esse “atrair”? Nós normalmente pensamos nisso como Deus se movendo sobre a alma de uma pessoa no momento em que esta confia em Cristo, ou logo antes de sua conversão. Mas o “atrair” de Deus pode começar muito antes disso. Quando Deus usou os McGowans para levarem Dr. Hymers à uma igreja Batista, era Deus “atraindo-o”.

Aos dezessete anos de idade Dr. Hymers ouviu seu pastor Dr. Maples dizer: “Há um jovem rapaz aqui que precisa render-se ao ministério.” Dr. Hymers admirava seu pastor e queria ser como ele. Quem colocou esse pensamento lá? Foi Deus. Dr. Hymers entregou sua vida ao ministério. O quê o moveu a fazer isso? Era Deus “atraindo-o”. Embora tenha falhado miseravelmente as primeiras vezes que pregou, ele seguiu adiante. Mais tarde, ele desejou ser missionário entre os chineses. Ele, então, foi para a Primeira Igreja Batista Chinesa. Isso também fazia parte desse “atrair” de Deus.

No outono de 1961 o nosso pastor entrou para o Biola College. Dr. Charles J. Woodbridge pregou por uma semana na capela. Dr. Woodbridge havia nascido na China. Ele havia deixado o Seminário Fuller por causa do liberalismo que estava chegando ali. Assim, por estas duas razões, Dr. Hymers ficou impressionado com este pregador e ouviu-o atentamente. Quem planejou, arranjou isso? Foi Deus! Naqueles cultos na capela Dr. Hymers cantou o hino de Charles Wesley, “Grandioso Amor” Como pôde ser, que Tu, meu Deus, vieste por mim morrer? “Ele viu que Jesus o amava e morreu por ele. E , enquanto Dr. Woodbridge pregava, às 10:30 da manhã do dia 28 de setembro de 1961, Dr. Hymers creu em Cristo e foi convertido!

Assim, ele começou a sua vida cristã. Não foi fácil. Ele teve que ir para a faculdade. Isso foi difícil para ele. Nenhum de seus parentes haviam frequentado uma faculdade. Ele não teve incentivo nem dinheiro. Ele sentiu-se incapaz de fazê-lo. Mas para tornar-se um missionário ele tinha que ir para a faculdade, e ele, então, foi. Deus lhe deu seu versículo vida, “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13). Na força de Cristo, ele fez o que sentia-se incapaz de fazer! Ele trabalhava tempo integral durante o dia e frequentava a faculdade à noite - ano após ano, e fazia isso enquanto trabalhava por muitas horas na igreja. Embora a estrada tenha sido longa e difícil ele não esmoreceu. Ele não só obteve seu diploma de bacharelado e mestrado, como também três doutorados. Em Cristo, ele teve força. “Se te mostrares fraco no dia da angústia, a tua força é pequena” (Provérbios 24:10). Mas em Cristo, sua força foi grande!

Dr. Hymers pediu-me que mencionasse uma outra pessoa. Uma senhora de meia-idade que era datilógrafa onde o Dr. Hymers trabalhava. Durante aqueles longos anos de escola noturna ele sentiu-se muito deprimido. Essa senhora, chamada Gwen Devlin, todos os dias depois do expediente, conversava com ele e o encorajava. Ele muitas vezes me disse que sem ela ele jamais teria conseguido formar-se.

Após haver pregado este sermão Dr. Hymers pediu-me que mencionasse quatro outras pessoas que o ajudaram. Murphy e Lorna Lum, um jovem casal na igreja chinesa. Assim que o Dr. Hymers começou a ir lá, eles cuidaram dele, trataram-no como um irmão. Eles o levaram para a sua casa. Eles levavam-no para jantar após o culto da noite quase todos os domingos e foram para ele verdadeiros amigos. A terceira pessoa que Dr. Hymers pediu-me que mencionasse é o Sr. Eugene Wilkerson. Ele era um homem branco já idoso que frequentava a igreja chinesa. Ele era o secretário da igreja chinesa e fazia muitas outras coisas lá. Ele tornou-se um grande amigo do Dr. Hymers. Nosso pastor passava muito tempo com ele e o levava para casa aos sábados, tarde da noite, depois de ter digitado o boletim da igreja. Quando ele faleceu sua família pediu ao Dr. Hymers que realizasse seu funeral na Primeira Igreja Batista Chinesa. Outro amigo que ajudou Dr. Hymers foi Jackson Lau, um jovem chinês que tornou-se seu melhor amigo.

Na igreja chinesa, Dr. Hymers trabalhou sob a direção de seu pastor, Dr. Timothy Lin (1911-2009). Dr. Lin era um exceptional estudioso da Bíblia. Ele era um homem santo, que cria que o cristianismo não era algo externo, mas uma realidade viva. Deus colocou o nosso pastor sob a tutela do Dr. Lin com o fim de treiná-lo para ser um poderoso homem do próprio Deus.

Aqueles não foram anos fáceis. Dr. Hymers era o único jovem branco na igreja. O trabalho era pesado, pregando e ensinando sexta à noite, sábado à noite e todo o dia de domingo. A disciplina era rígida. Mas foi para o bem. A Bíblia diz: "É bom para um homem suportar o jugo na sua mocidade" (Lamentações 3:27). Deus usou isso para torná-lo um poderoso homem de Deus. Esse foi seu verdadeiro seminário. Deus usou esse tempo para mostrar-lhe o que realmente vem a ser o ministério cristão. Aqueles anos foram difíceis. A dureza do caminho mostra a força do caráter de nosso pastor. Dr. Hymers não esmoreceu. Duro foi o caminho – todavia grande foi sua força!

A igreja chinesa pertencia à Convenção Batista do Sul. Dr. Hymers, assim, foi para um Seminário Batista do Sul. Mas aquele era um seminário liberal onde os professores atacavam a Bíblia. Deus ensinou o nosso pastor levantar-se em defesa da Bíblia, mesmo que tivesse de estar só. Deus o fortaleceu e confortou quando ele se sentiu solitário e triste. “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13).

Como ministro, Dr. Hymers foi ousado e fiel. Hoje em dia, muitos pregadores vão pelo caminho fácil. Eles não dizem nada e não fazem nada. Eles são como os pregadores em Israel quando Jeremias disse:

“Desde o profeta até o sacerdote, cada um usa de falsidade ... dizendo: Paz, paz; quando não há paz” (Jeremias 6:13, 14).

Dr. Hymers, todavia, falou a verdade quando não era fácil. Ele levantou-se contra o liberalismo nos seminários Batistas do Sul. Ele escreveu um livro expondo isso, e enviou literatura para todas as igrejas, expondo isso constantemente. Hoje, esses seminários são conservadores.

Ele levantou-se contra antinomianismo - a idéia de que você pode ser cristão e viver uma vida de pecado. Os novos-evangélicos faltavam à igreja no domingo, dançando, fumando maconha, e tendo relações sexuais fora do casamento. Dr. Hymers disse então - e diz hoje - que pessoas que assim vivem não são completamente cristãs!

Nosso pastor levantou-se contra o aborto. Isso não foi fácil. Com risco de surra e prisão, Dr. Hymers sentou-se em frente a clínicas de aborto com policiais do outro lado da rua. Mas nossa igreja fechou duas clínicas de aborto. A adversidade foi grande, mas o Dr. Hymers não esmoreceu. Que homem de Deus!

Hollywood produziu um filme blasfemo chamado "A Última Tentação de Cristo." É bem verdade que haviam outros que não concordaram com o filme. Todavia somente o Dr. Hymers lutou arduamente contra ele! Ele foi o que os soldados chamam de "linha de frente", o homem que vai à frente dos outros correndo o risco de fogo inimigo. A adversidade foi grande, mas o Dr. Hymers não esmoreceu. Em Agosto de 1988, na revista Christianity Today, Dr. Bob Jones, Jr., reitor da Bob Jones University, disse: “Parece-me que as manifestações do Dr. Hymers foram as únicas que tiveram qualquer efeito!” Hollywood nunca mais fez um filme como aquele! A dificuldade e dor do seu caminho mostra que tipo de homem Dr. Hymers é. Presidente Theodore Roosevelt disse:

Não é o crítico que conta; nem o que aponta o tropeço do homem forte ou onde o benfeitor poderia ter feito melhor. O crédito pertence ao homem que realmente está na arena, cujo rosto é marcado pela poeira, suor e sangue, que se esforça corajosamente ... que se gasta em uma causa digna, que melhor sabe, no final, os triunfos da alta conquista e que, na pior das hipóteses, se falhar, pelo menos falha tendo ousado algo grande, de modo que seu lugar nunca será junto às almas frias e tímidas que não conhecem nem a vitória nem a derrota.

Dr. Hymers é um homem na arena, que se esforça através de suor e sangue - por seu Salvador!

Como pastor, Dr. Hymers trabalhou fielmente. Fundou duas igrejas. Sendo uma delas a nossa igreja. Mas em todos os lugares houve adversários e perigos, através de quase quarenta anos de batalhas e fortes reveses. Foi como o apóstolo Paulo disse: “Uma porta grande e eficaz se me abriu; e há muitos adversários" (I Coríntios 16:9). Foram quarenta anos de tempos difíceis, e com muitos adversários. Foi como o apóstolo Paulo disse: “Em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos” (II Coríntios 11 : 26). Dr. Hymers carregou o mesmo fardo que Paulo carregou, “o cuidado de todas as igrejas” (II Coríntios 11:28). No entanto, Dr. Hymers não desistiu. Por vezes sentiu-se inadequado, até mesmo deprimido. Mas nunca desistiu. A força de seu caráter foi imensa!

Sim, houve janelas de graça. Deus deu ao Dr. Hymers uma esposa maravilhosa e dois filhos - e uma neta. E melhor que tudo, pessoas converteram-se. Muito poucos pastores hoje em dia podem ter pessoas convertidas vindas do mundo. Eles, ao invés disso, recebem pessoas transferidas de outras igrejas. É um tributo ao Dr. Hymers o fato dele ganhar almas para Cristo de origens não-cristãs. Toda a honra a ele!

Todavia, esses foram anos de batalhas, traições e reveses. Eram dois passos à frente, um passo para trás - e muitas vezes dois passos para a frente, três passos para trás. Dr. Hymers foi tratado como entulho, assim às vezes sentiu-se. Mas foi fiel. Ele não esmoreceu!

Veio a ele uma grande adversidade. Um “ex-líder” de nossa igreja saiu levando consigo 400 adultos. Nossa igreja quase perdeu este edifício. Nós quase foi à falência. Um famoso pregador ofereceu ao Dr. Hymers uma igreja perto de San Jose. Ele disse: “Esta é sua última chance de sair.” Muitos pastores teriam saído. Mas, com membros saindo e a igreja em dificuldade financeira - Dr. Hymers ficou! Por causa dele e dos “Trinta e Nove” fiéis, um grupo de pessoas que deu seu tempo e dinheiro, temos uma igreja para você!

Eu sabia, então, que a prova de um homem vem através do que ele faz em tempos de angústia. Por vinte anos, tudo parecia ruim. Os problemas enfrentados por nosso pastor mostram a força de seu caráter. Grande foi a adversidade. Quão grande foi a força!

Aqui não há nenhuma divisão agora. Mas há um tipo diferente de adversidade. Alguns anos atrás, Dr. Hymers me disse que ainda havia muitas provas para ele passar. Ele já tinha mais de 70 anos de idade. E eu mesmo com mais de sessenta anos. Eu, não entendi. E disse: “O quê? Você não vai negar a Cristo em seu leito de morte! “No entanto, sim, havia provas, e em Cristo nosso pastor passou pelas provas da terceira idade com honra e distinção.

Aos 75 anos, com câncer e com a fraqueza causada pelo tratamento médico, a maioria dos homens teria se aposentado. Mas nosso pastor segue avante por nossa igreja e por Deus! Eu já o vi arrastar-se para o púlpito e pregar, mal conseguindo andar, com dores de estômago e muito poucas horas de sono na noite anterior. E como ele prega? Como um leão! Seu sermão mais cansado é o melhor que você ouvirá em qualquer outro lugar que eu conheça. É por isso que mais de 140.000 pessoas leram os manuscritos de seus sermões e os assistiram em vídeos em 217 países no mês passado. É por isso que pastores pelo mundo todo pregam seus sermões em suas igrejas. Ele é prova viva de seu versículo de vida, “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13).

Eu oro para que ele vença o câncer e tenha mais anos de ministério. Mas Dr. Hymers não viverá para sempre. A Bíblia diz: “Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios" (Salmo 90:12). A maioria das pessoas não pensa sobre a brevidade da vida. A maioria dos pastores também não. Eles não planejam o que vai acontecer quando eles se forem. Assim, suas igrejas ou explodem e se dividem, ou lentamente se enfraquecem e morrem. Graças a Deus nosso pastor preocupa-se com a nossa igreja! Não é por fraqueza ou auto-piedade que ele fala de sua morte e –os exorta, jovens - é um ato de coragem e fidelidade! Quando ele incentiva jovens cristãos a irem tão longe quanto possam no ministério - é um ato de responsabilidade e dever, de respeito e amor!

Hoje nosso pastor enfrenta a idade, a enfermidade e brevidade da vida. A medida de um homem é vista na adversidade, quando as coisas estão contra ele. Em Dr. R. L. Hymers, Jr., nós vemos um homem grandioso de fato!

Como ele fez todas essas coisas? Como conseguiu? Em Cristo! Nosso pastor de bom grado diria que ele pode “fazer todas as coisas [somente] por meio de Cristo que fortalece [ a ele].” Onde está a força? Em Cristo, Cristo, e novamente Cristo!

O apóstolo Paulo disse: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo” (I Coríntios 11: 1). Eu digo a vocês, sejam seguidores de nosso pastor, como ele é de Cristo. Confie em Cristo. Sirva-O tanto quanto puder. Eu lhes digo, Cristo, Cristo, e novamente Cristo!

Nesta noite nós celebramos o 75º aniversário de nosso pastor. Temos uma oferta de amor para ele. Mas há algo mais importante que você poderia dar. Dê a ele uma grande igreja! Eu penso no que a nossa igreja poderia ser, no que pode ser, e no que, pela graça de Deus, ela virá a ser! Dê-lhe uma igreja cheia de jovens! Ore, e evangelize e ame as pessoas até que tenhamos a igreja que Deus deseja! Dê a ele uma grande igreja!

Agora eu lhe pergunto, você tem o Cristo de nosso pastor? Você tem o seu Salvador? Você tem confiado em Jesus? Sem Cristo você não tem nada, a não ser o pecado. Se você confiar Nele você terá perdão através do Seu sangue. Se confiar nele, você vai nascer de novo para a vida eterna. Eu oro para que você confie em Jesus em breve. Amém.

Se este sermão lhe abençoou o Dr. Hymers gostaria de ouvir de você. QUANDO VOCÊ FOR ESCREVER PARA O DR. HYMERS VOCÊ TEM QUE DIZER-LHE DE QUAL PAÍS VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO OU ELE NÃO PODERÁ RESPONDER AO SEU E-MAIL. Se estes sermões lhe abençoou envie um e-mail para o Dr. Hymers e conte para ele, mas sempre inclua o país de onde você está escrevendo. O e-mail do Dr. Hymers é rlhymersjr@sbcglobal.net (clique aqui). Você pode escrever para o Dr. Hymers em qualquer idioma, mas escreva em Inglês se você puder. Se você quiser escrever para o Dr. Hymers por correio, o seu endereço é P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015. Você pode ligá-lo por telefone para (818)352-0452.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana na Internet
em www.sermonsfortheworld.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Você pode enviar e-mail ao Dr. Hymers para rlhymersjr@sbcglobal.net (Clique Aqui)
ou você pode escrever para ele a P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015.
Ou ligar para ele (818) 352-0452.

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos com direitos autorais. Você pode usá-
los sem permissão do Dr. Hymers. Porém, todas as mensagens de vídeo do Dr. Hymers
estão com direitos autorais e podem ser usados somente com permissão.

Trecho das Escrituras Lido Antes do Sermão por Abel Prudhomme: Salmo favorito do Dr. Hymers: Salmo 27:1-14.
Solo Cantado Antes do Sermão por Benjamin Kincaid Griffith:
“The Master Hath Come” (por Sarah Doudney, 1841-1926).