Print Sermon

Os manuscritos dos sermões e videos do site www.sermonsfortheworld.com alcançam agora cerca de 1.500.000 computadores em mais de 215 países por ano. Centenas de outros assistem os vídeos noYouTube, mas rapidamente deixam o YouTube, pois cada vídeo os redireciona para nosso website. O Youtube redireciona as pessoas para nosso website. Os manuscritos dos sermões são traduzidos em 35 idiomas para por volta de 120.000 pessoas por mês. Estes sermões manuscritos não estão protegidos por direitos autorais, assim pregadores podem usá-los sem nossa autorização. Por favor clique aqui para saber como fazer uma doação mensal para ajudar-nos nesta grande obra de espalhar o Evangelho para todo o mundo, incluindo as nações muçulmanas e hindus.

Ao escrever para Dr. Hymers, mencione sempre o país no qual você vive, caso contrário ele não poderá responder-lhe. O email do rlhymersjr@sbcglobal.net.




MINHA RESPOSTA SOBRE O FILME NOVO “EXODUS”
E SEUS ATAQUE SOBRE A BÍBLIA!

MY ANSWER TO THE NEW “EXODUS” MOVIE
AND ITS ATTACK ON THE BIBLE!
(Portuguese)

por Dr. R. L. Hymers, Jr.

Sermão pregado no Tabernáculo Batista de Los Angeles
Dia do Senhor de noite, 28 de Dezembro, 2014
A sermon preached at the Baptist Tabernacle of Los Angeles
Lord's Day Evening, December 28, 2014

“Se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?” (João 5:46, 47).


Quando eu tinha dezesete anos de idade, eu senti definitivamente chamado para o ministério. Eu não estava salvo ainda, mas eu soube que Deus quis que eu fosse um pregador. Eles me disseram que eu tive que ter um título acadêmico. Eu pensei sobre isto por um longo tempo. Eu tive saído no meio de colegial, assim faculdade não iria me aceitar. Eu voltei de andar no colegial. Eu estava bem velho de voltar a andar em colegial normal, então eu fui para uma escola especial para “alunos mal.” Eu não era um aluno mal, mas isto foi o único colegial que iria me aceitar. Depois de um ano ou dois eu formei e comecei a pensar sobre faculdade. Durante este tempo eu li um livro sobre James Hudon Taylor, o grande missionário pioneiro à China. Eu pensei, “Isto é o que vou fazer. Eu irei tornar-se um missionário para Chineses.”

Eu tinha dezenove anos de idade quando eu uni com o First Chinese Baptist Church of Los Angeles. Isso foi um pouco mais de um ano quando Dr. Timothy Lin virou pastor. No mesmo ano, em outono, eu matriculei como estudante no Biola College (agora universidade). Eu não tinha dinheiro e sem ajuda de minha família, então eu me empreguei de meio expediente nas tardes e andei na faculdade de manhã. Eu não tinha carro, então eu tive que pegar ônibus desde Los Angeles até La Mirada, aonde a faculdade estava localizado. Eu não sabia como estudar bem. A longa viagem de ônibus cada manhã cedo e as horas de trabalho nas tardes foram pesados para mim manejar. Eu falhei em maioria das classes no Biola e retirei-me desde a escola depois de um semestre. Mas algo aconteceu no Biola que mudou minha vida para sempre.

Cada semestre Biola trouxe um palestrante especial por uma semana inteira em séries de sermões na capela cada manhã. O palestrante naquele semestre foi Dr. Charles J. Woodbridge (1902-1995). Ele teve sido um dos professors fundadores de Fuller Theological Seminary em Pasadena, California. Mas Dr. Woodbridge havia resignado desde corpo docente em Fuller uns poucos meses atrás porque ele podia ver que o seminário estava já inclinando-se à liberalismo.

Durante os cultos em capela no Biola, Dr. Woodbridge pregou versículo por versículo através de II Pedro. Ele foi nascido em China porque seus parentes foram missionários. Isto fez ele parecer muito importante para mim. Eu escutei ao ele mais intensamente que eu jamáis tinha escutado a qualquer outro pregador em minha vida. Quando ele chegou ao II Pedro 2:1-3, ele falou duro contra o liberalismo incipiente de Fuller, e o liberalimo de máximo explosão em muitos outros seminários. Ele não foi tolo. Ele havia formado com Doutorado em História de Igreja desde Princeton University e fez estudos adiantes no Duke University. Dr. J. Gresham Machen apontou ele como o diretor de Independent Board por Presbyterian Foreign Missions. Depois de escutar ele por uma semana, eu fui convertido. Não somente fui salvo, mas eu acreditei na inspiração de palavra por palavra da Bíblia, a inerrância absoluta de Antigo Testamento Hebraico e Novo Testamento Grego. Eu somenti atendi Biola por um semestre. Mas foi lá que Jesus me salvou, e foi lá que eu aprendi de crer as palavras de Santa Escritura. Os Fariseus em primeiro século disseram que eles acreditavam o Antigo Testamento, mas eles atualmente rejeitaram as profecias em relação Cristo. E Ele disse para eles,

“Se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?” (João 5:46, 47).

Dr. W. A. Criswell apontou que, “No mínimo isto está inferido na [afirmação] do Jesus que é qual Moisés de fato escreveu as Escrituras e que os Judeus sabiam aos qual que Ele refereu-se” (The Criswell Study Bible; nota sobre João 5:45-47). Dr. R. C. H. Lenski disse, “…os Judeus não estão crendo o que Moisés disse e assim também não estão crendo o que Jesus diz” (The Interpretation of St. John’s Gospel; nota sobre João 5:46). E Dr. Charles John Ellicott diz, “Eles não haviam acreditados Moisés, e por entanto não haviam acreditados Ele” (Ellicott’s Commentary on the Whole Bible; nota sobre João 5:46).

“Se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?” (João 5:46, 47).

Dr. Lenski disse que as palavras de Jesus são “...merecidos mais que toda coisa tal chamado ‘pesquisa’ que jamáis tem sido colocado e isto situa defronte [contra] estes críticos” (Lenski, ibid.).

Agora nós temos este filme chamado “Exodus: Gods and Kings” – dirigido e parcialmente produzido por Ridley Scott. De acordo com Wikipedia, “Em 2013 Ridley afirmou que ele é um ateu.” Por entanto nós não devemos estar surpresos que Dr. Albert Mohler disse, “O que nós vemos no filme é Moisés sem o supernatural” (www.albertmohler.com). Não é de se estranhar! O co-produtor e diretor de filme é um ateu! Como pode um homem que não acredita em Deus produzir um filme sobre Êxodo que é verdade sobre Escrituras e verdade ao testemunho de Senhor Jesus Cristo? Não é de se estranhar que Ridley Scott retrata Deus como um menino de onze anos! Não é de se estranhar que ele “apresenta pragas e milagres como eventos não-supernaturais com uma explicação naturalista” (Mohler, ibid.). Mas Dr. Mohler disse, “A Bíblia claramente apresenta o Êxodo como história, e a história de Cristianismo é montado sobre esta fundação histórica” (ibid.).

Mas Ridley Scott “…fez claro que ele não acreditou que Moisés jamáis viveu – e que a história de Êxodo não foi de ser aceitado como historicamente real. Ele disse que Religious News Service [Serviços Novos Religiosos] que ele observou em [seu] filme é como ele observar em ficção científica, ‘Por que eu nunca acreditei em isso...” (Mohler, ibid.). Então Mr. Scott coloca seu próprio julgamento contra o que o Senhor Jesus Cristo disse,

“Se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?” (João 5:46, 47).

Em 13 de Abril, 2001 (p. A-1) o Los Angeles Times teve um artículo na página de frente entitulado, “Duvidando a História de Êxodo” por Teresa Watanabe, escritora de religião de Times. O artículo foi um ataque sobre “Êxodo, bem similar ao perversões dentro do filme, “Exodus: Gods and Kings.” Eu irei ler os pontos principais de artículo de Times e depois responder eles.

Duvidando a História de Êxodo

Muitos acadêmicos têm silenciosamente concluídos que o épico de Moisés nunca aconteceu, e até clérigos Judeus estão levantando questões...

Os nomes de estes acadêmicos não foram dado, todavia. E somente um Judeu “clérigo” foi citado, o rabino num sinagoga em Westwood, perto de Los Angeles. Mas o artículo não disse que isto não é um sinagoga ortodoxo. E o artículo não disse que o rabino é um liberalista quem nunca levou o Antigo Testamento seriamente, enquanto os rabinos ortodoxos fazem. E o artículo não disse que existia muitos acadêmicos de Antigo Testamento como Dr. Gleason Archer de Trinity Evangelical Divinity School, Dr. Charles L. Feinberg de Talbot School de Theology, e Dr. Timothy Lin quem foi o presidente de China Evangelical Seminary em Taiwan. Estes homens ensinaram que o Livro de Êxodo foi literalmente verdade. Mas homens como eles não foram mencionados em artículos de Times. Somente acadêmicos liberalistas de teologia foram mencionados, dando a impressão que nenhum acadêmico escolar existiu. O artículo continuou a dizer,

Arqueologistas dizem qur não existe evidência conclusiva que os Israelitas estavam em Egito, que foram escravizados, que perambularam no deserto de Sinai por 40 anos ou até conquistaram a terra de Canaã (ibid.).

Eu li isto para meu filho Leslie. Quando o journal saiu, eles tinha 17 anos de idade. Logo depois que eu li isto para meu filho e ele disse, “Se estas coisas [em Êxodo] havia acontecido em um parte normal de mundo, como China ou Inglaterra, eles iriam ter encontrado a evidência bem antes. Mas isto não foi ‘normal’ no Oriente Médio. Eles tevem guerra e fricção constante. Desde que o Livro de Êxodo foi escrito, os Judeus têm duas vezes estado espalhados por toda parte de mundo. Os lugares na Bíblia [em Êxodo] têm sido saqueado e encurralado e destruído por milhares de anos. Nós não esperamos de encontrar evidências ordenados perfeitamente depois de tudo isso.” Quando ele disse isto, eu pensei a mim mesmo, “Este menino de dezesete anos tem mais cérebro que um crítico liberal de Bíblia.”

Rabino David Eliezrie, presidente de Rabbinical Council de Orange County, foi citado em este tempo de artículo, dizendo,

Justamente uns poucos anos atrás, o mesmo arqueólogo que duvidou o Êxodo disse à nós que o Rei Davi nunca viveu. Esta teoria foi [defendido] quando uma inscrição sobre o Rei Davi foi descoberto em Israel (Citado em Jewish Journal, 4/20/01, p. 11).

Um amigo meu em Israel escreveu para mim dizendo que, justamente uns poucos anos antes de artículo do Times, arqueólogos excavaram uma peça de cerâmica, desde o tempo exato de vida de Davi, o qual tinha as palavras “Rei Davi” claramente escrito em isso.

Dr. W. A. Criswell foi um escolar brilhante. Ele teve um Doutorado em linguagens Bíblicas desde o Southern Baptist Theological Seminary em Loisville, Kentucky. Ele foi o autor de muitos livros, incluindo comentários sobre muitos livros da Bíblia. Ele foi o pastor de First Baptist Church de Dallas, Texas por mais de 50 anos. Ele foi duas vezes eleito como o Presidente de Southern Baptist Convention, a maior denominação de “Protestante” na América. Ele podia facilmente ter sido o presidente de um seminário de teologia! Em seu livro de marca, Why I Preach that the Bible is Literally True [Porque Eu Prego que a Bíblia é Literalmente Verdade] (Broadman Press, 1969) Dr. Criswell disse,

     Antigamente isto foi o pensamento incrível que Moisés podia ter escrito o Pentateuco [os primeiro cinco livros de Bíblia] desde que ele viveu antes da invenção de escrita. Isto foi um dos resultados assegurados de crítica moderno [liberal]. Nós agora sabemos, todavia, que escrita no Oriente Médio foi uma arte bem estabelecido 2,000 anos antes de Cristo.
     Outro testemunho arqueológico ao verdade da Bíblia é encontrado na cidade tesouro de Pithom o qual foi construído por Ramsés II pelos Hebreus durante o tempo de seus cativeiro difícil em Egito. Esta cidade tem recentemente sido escavado, e as paredes das casas foram encontrados de ser tijolos queimados por sol, alguns com palha e outros sem palha, exatamente de acordo com Êxodo 5:7...Uma vez mais história da Bíblia tem provado de ser exato, enquanto a zombadeira de críticos [liberalistas] têm provado de ser ridículo e absurdo.

Mas eu irei além. Os críticos liberais, quem foram professores em Golden Gate Baptist Theological Seminary, quando eu atendi lá e graduei lá, disseram a nós estudantes que não existia nenhum registro de Hebreus de estar em Egito. Eu trouxe um foto para eles, mostrando as pessoas com barbas produzindo tijolos, como nós somos contados que eles fizeram no quinto capítulo de Êxodo. Eu mostrei para professores estas fotos, tirados desde os muros de um pirâmide. Todavia eles zombaram e deram risada, e disseram que eu era um fanático porque eu acreditava nas Escrituras. Mas uma foto de um destes homem com barba podem ser vistos em Historical Atlas of the Jewish People (cf. The Jewish Journal, 4/20/01, p. 11). Desde que todos Egípcios foram sem barba, o homem com barba produzindo tijolo, claramente aponta aos Hebreus na terra de Egito em tempos de Êxodo! O Rabino Ortodoxo, David Eliezrie disse sobre o artículo de Times, em relação os críticos liberalistas de Êxodo,

O estilo de vida e educação deles produzem um pensamento que cria uma perspectiva predisposto contra qualquer prova de Êxodo. Somente quando eles absolutamente não têm alternativa testamento eles aquiescem [admitem] que algo em Torá [o Antigo Testamento] pode ser verdade (The Jewish Journal, 4/20/01, p. 11).

De novo, o artículo de Times estava de modo risonho, absurdo, errado quando disse, “O caso contra Êxodo começou cristalizando quase 13 anos atrás...O que os acadêmicos têm sabido por mais de década.” Isto é completamente uma mentira. Críticos de Bíblia têm estado dizendo coisas assim por mais de 200 anos! Johann Semler (1725-1791) começou esta crítica da Bíblia em Alemanha no século 18. Dr. Harold Lindsell disse,

Em 1757 ele [tornou] a cabeça da faculdade teological no Halle. Ele foi a pessoa quem desenvolveu os princípios de crítica textual da Bíblia. Ele partiu-se desde a ortodoxia do pai dele quando ele desafiou a idéia de inspiração verbal das Escrituras (Harold Lindsell, Ph.D., The Bible in the Balance, Zondervan Publishing House, 1979, p. 280).

O artículo de Times disse que acadêmicos liberalistas têm somente conhecido sobre estes tão-chamado “falhas” em Êxodo por uns poucos anos – 10 a 13 anos quando o artículo foi escrito em 2001. Isto iria significar que os críticos não começaram a demascar Êxodo até quase 1988 ou 1991. Então porque eu escutei tudo isse no Golden Gate Seminary em 1972 e 1973 – quase 15 anos antes? E porque o Dr. Henry M. Morris perguntou a questão seguinte em 1951, quase 50 anos antes que o artículo de Times saiu? Em 1951 Dr. Morris disse,

Como isso é possível que nenhum, pelas centenas, parece de ter havido a menor suspição que as escritas não foram obras genuínas de Moisés até os críticos eminentes modernos continuaram de trabalhar em istos? (Henry M. Morris, Ph.D., The Bible and Modern Science, Chicago: Moody Press, 1951, p. 102).

E se estes ataques sobre Êxodo justamente começou uns poucos anos atrás, porque Winston Churchill escreveu sobre isso em 1932? Por mais de 82 anos atrás Churchill defendeu Moisés e Êxodo contra os críticos liberalistas da Bíblia em tempo dele. Churchill disse,

Nós rejeitamos, com desprezo, todos aqueles que aprenderam e obraram mitos que Moisés foi uma figura legendário sob quem o sacerdócio e as pessoas penduraram ordinâncias essenciais de social, moral e religião. Nós acreditamos que a maior vista científica, o mais atualizado e racionalista concepção, irá encontrar seu mais completo satisfação em aceitar a história da Bíblia [em Êxodo] literalmente, e em identificar um dos seres humanos mais notáveis [Moisés] com o mais decisivo impulso para frente jamais discernível na história humana. Nós permanacemos impassível pelas [escristas] de Professor Gradgrind e Dr. Dryasdust [os críticos liberalistas da Bíblia]. Nós talvez temos a certeza que todos aquelas coisas [em Êxodo] aconteceram justamente enquanto eles começaram de acordo com as Escritas Santas...nós colocamos com garantia sob ‘O impermeável rocha de Santa Escritura’ (Winston S. Churchill, “Moses,” in Amid These Storms, New York, Scribners, 1932, p. 293).

Churchill não foi um acadêmico de Bíbila. Mas ele ganhou um Nobel Prize de historiador (1953). Como um historiador ele soube que o Livro de Êxodo tive que ser baseado em acontecimentos reais ao invés de mitos. A percepção histórica dele concedeu entendimento bem mais grande que “Dr. Dryasdust” ou qualquer outro crítico da Bíblia. Isso foi o mesmo tipo de percepção que deixa ele ver Hitler como um louco perigoso, quando o resto dos líderes de Inglaterra e América, incluindo o pai de including John F. Kennedy, viram Hitler como um grande “estadista” nos anos de 1930.

A razão verdadeiro que os críticos, e homens como Ridley Scott em seu filme sobre Êxodo, não acreditam a Bíblia porque eles são cegos espiritualmente. A Bíblia diz,

“O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” (I Coríntios 2:14).

As coisas de Deus estão escondidos ao “homem natural.” Não até que o homem se humilha a si mesmo, e crê Cristo, seus olhos espirituais são abertos para ver a verdade de Escritura.

“Se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?” (João 5:46, 47).

Jesus Cristo morreu na Cruz para pagar o castigo por seus pecados. Ele ressucitou fisicamente desde a morte para lhe dar vida. Cristo disse, “Necessário vos é nascer de novo” (João 3:7). Somente quando você é nascido de novo, pelo poder de Deus, você irá conseguir a entender a maior verdade de Êxodo, e a Bíblia inteira. Amém. Dr. Chan, por favor lidere nós em oração.

(FIM DE SERMÃO)
Você pode ler sermões do Dr. Hymers cada semana no Internete
em www.realconversion.com ou www.rlhsermons.com.
Clique no “Sermão em Português.”

Você pode mandar correio eletrônico para Dr. Hymers em Inglês rlhymersjr@sbcglobal.net
– ou você pode escrever para ele a P.O. Box 15308, Los Angeles, CA 90015.
Ou liga ele para (818)352-0452.

Estes manuscritos de sermão não estão protegidos pelos direitos autorais. Você pode usar
eles sem permissão de Dr. Hymers. Porém, todos os messagens de video de Dr. Hymers
estão protegidos e pode somente ser usados por permissão.

Escritura Lido Antes de Sermão por Mr. Abel Prudhomme: João 5:39-47.
Solo Cantado Antes de Sermão por Mr. Benjamin Kincaid Griffith:
“I Know the Bible is True” (por Dr. B. B. McKinney, 1886-1952).


PLANO DE

OUTLINE